Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Fifa investirá US$ 100 milhões no futebol brasileiro

Fifa investirá US$ 100 milhões no futebol brasileiro

20/01/2015 Divulgação

Fifa anunciou que investirá US$ 100 milhões no desenvolvimento do futebol no Brasil.

Os recursos são do Fundo de Legado da Copa do Mundo de 2014 e serão direcionados para os 15 estados que não sediaram jogos do Mundial.

A maior parte do montante (60%) será destinada a obras de infraestrutura e 30% a ações de apoio a atletas em formação (categorias de base) e ao futebol feminino.

O primeiro projeto contemplado pelo fundo foi um centro de treinamento em Belém, no qual foram construídos quatro campos de futebol (três artificiais e um com grama natural). O Centro Esportivo da Juventude fica próximo ao Estádio Olímpico da capital paraense. Rondônia e Tocantis serão os próximos a receber projetos com recursos da Fifa, que já negocia a compra de terrenos para construção de locais de treinamento nesses estados. Estão previstos ainda projetos para conscientização, prevenção de doenças e benefício de comunidades carentes.

A aplicação do dinheiro será gerida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A Fifa, no entanto, participará dos processos de decisão dos projetos e acompanhará os investimentos. “No passado, seria possível usar os recursos sem aprovação da Fifa. Hoje, isso é impossível. Todo dinheiro repassado pela Fifa é submetido a regulamentações claras e acompanhado para ser usado da maneira correta”, destacou o secretário-geral da federação, Jérôme Valcke. Ele garantiu que a Fifa tem mecanismos para controlar o uso dos recursos.

Valcke informou que os investimentos fazem parte do compromisso da Fifa com o desenvolvimento local. “Estamos trabalhando duro para cumprir o acordo de continuarmos presentes no Brasil, após a Copa do Mundo. Não ir embora, como disse parte da mídia. Isso não é verdade. A Fifa está comprometida em apoiar e desenvolver o futebol nos lugares onde organiza seus eventos”, acrescentou.

O secretário executivo do Ministério do Esporte, Luís Fernandes, enfatizou a boa imagem passada pelo país com a organização do evento, além dos ganhos em infraestrutura, como melhoria dos aeroportos. “Na Copa do Mundo, o Brasil apresentou a imagem de um país eficiente, empreendedor, hospitaleiro e aberto. Isso é um legado que carregaremos daqui para frente e que potencializará os ganhos econômicos e sociais”, afirmou.

Fonte: Agência Brasil



Metade de calorias consumidas por brasileiros vem de alimentos frescos

Arroz, leite, carnes de aves e feijão são os alimentos mais consumidos.

Metade de calorias consumidas por brasileiros vem de alimentos frescos

Mídia chinesa: imprensa ou propagandista?

O governo dos EUA há muito tempo recebe jornalistas estrangeiros.

Mídia chinesa: imprensa ou propagandista?

Campanha de doações gratuitas viabiliza compra de testes de Coronavírus para favelas do RJ

Ação da Ribon e Favela Sem Corona fornecerá gratuitamente testes rápidos para serem usados exclusivamente em áreas carentes no Rio de Janeiro.

Campanha de doações gratuitas viabiliza compra de testes de Coronavírus para favelas do RJ

Decathlon doa estoque de máscaras no Brasil

A empresa, de origem francesa, já possui 23 lojas em nosso país.


Caixa começa a pagar saque-aniversário do FGTS

Trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro receberão dinheiro.

Caixa começa a pagar saque-aniversário do FGTS

IREE promove conferências on line abertas ao público sobre reflexos da pandemia

Qualquer pessoa pode assistir gratuitamente aos eventos.


Indústria, Hospital Mater Dei e governo de Minas se unem para atender pacientes

Unidade Betim-Contagem terá quase 250 leitos para internação e tratamento intensivo de pacientes da COVID-19.


Armazenamento doméstico em tempos de crise

No relato bíblico sobre as pragas que assolaram o Egito, observamos padrões de comportamento muito semelhantes aos adotados nestes últimos dias.


Olimpíada de Tóquio começará em 23 de julho de 2021

Os Jogos de Tóquio (Japão) estão oficialmente remarcados.

Olimpíada de Tóquio começará em 23 de julho de 2021

Poupança ainda é o investimento mais escolhido pelos brasileiros

Levantamento CNDL/SPC Brasil mostra que dos 34% que costumam fazer reserva financeira, 62% apostam na caderneta de poupança e 27% ainda preferem guardar as economias em casa.

Poupança ainda é o investimento mais escolhido pelos brasileiros

Caixa e Banco do Brasil passam a operar em horário reduzido

Agências terão horário reduzido devido ao coronavírus,

Caixa e Banco do Brasil passam a operar em horário reduzido

Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio são adiadas para 2021

Em sua 32ª edição, a previsão era de que 11 mil atletas, de pelo menos 204 países, disputassem os Jogos.

Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio são adiadas para 2021