Portal O Debate
Grupo WhatsApp

FMI pede medidas urgentes para evitar nova crise imobiliária

FMI pede medidas urgentes para evitar nova crise imobiliária

12/06/2014 Da Redação

Para a organização, o aumento do preço das casas a partir de níveis já elevados representa uma das maiores ameaças à estabilidade da economia global.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) apelou nesta quinta-feira à adoção de medidas urgentes para evitar nova crise imobiliária, já que os preços estão acima da média histórica em muitos países, sobretudo em emergentes como as Filipinas, a China e o Brasil.

“As ferramentas para conter os preços da habitação ainda estão sendo desenvolvidas, mas isso não é desculpa para a inércia. Os preços das casas em muitos países continuam muito acima da média histórica”, disse o diretor adjunto do FMI, Min Zhu.

A advertência foi feita por Min Zhu em discurso, na semana passada, no Bundesbank (o Banco Central alemão), e que foi publicado agora pelo FMI em seu portal na internet.

Para a organização, o aumento do preço das casas a partir de níveis já elevados representa uma das maiores ameaças à estabilidade da economia global.

“A habitação é um setor essencial da economia, contudo, também é uma fonte de vulnerabilidades e crises. Portanto, ainda que a recente recuperação dos mercados imobiliários seja um bom passo, devemos permanecer atentos para evitar um novo boom insustentável”, observou Min Zhu.

Segundo dados do FMI, o preço das habitações tem crescido mais rapidamente em mercados emergentes. São citados como exemplos os casos das Filipinas (com aumentos de 10% em relação ao ano anterior), da China (9%) e do Brasil (7%).

Com a recessão global, os bancos centrais reduziram as taxas de juro para mínimos históricos, o que elevou os preços das casas para níveis que, segundo o FMI, representam risco significativo para economias tão distintas como as de Hong Kong ou de Israel.

Os preços das habitações estão também acima da sua média histórica em países como a Austrália, Bélgica, o Canadá, Reino Unido, a Noruega e Suécia.

Nos países do Sul da Europa mais afetados pela crise verifica-se o cenário contrário: ou seja, queda no preço das habitações.

Fonte: Agência Brasil



Primeira-ministra britânica anuncia renúncia

Theresa May argumenta que não conseguiu concretizar o Brexit

Primeira-ministra britânica anuncia renúncia

Total de domicílios alugados no Brasil cresce 5,3% em um ano

Brasil possui 12,9 milhões de residências alugadas

Total de domicílios alugados no Brasil cresce 5,3% em um ano

Reforma da Previdência e a (in) responsabilidade do legislativo federal

O Brasil vive uma crise sem precedentes, parte por irresponsabilidade dos presidentes anteriores, parte por descaso do Congresso Nacional.

Reforma da Previdência e a (in) responsabilidade do legislativo federal

Dia Livre de Impostos terá Mercado do Imposto na Praça Sete em BH

Ideia é mostrar como a carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo

Dia Livre de Impostos terá Mercado do Imposto na Praça Sete em BH

Minas lança Plano de Segurança para as comunidades próximas às barragens

Documento visa reduzir riscos e mitigar os efeitos da mineração nas cidades mineiras

Minas lança Plano de Segurança para as comunidades próximas às barragens

ANM repassa R$ 271 mi a municípios afetados por exploração de minério

Serão repassados valores acumulados desde junho de 2018

ANM repassa R$ 271 mi a municípios afetados por exploração de minério

Minas tem mais uma comunidade quilombola reconhecida

Povoado da Fazenda Itaipava fica no município de Açucena, no Vale do Aço


81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria

Com o objetivo de mostrar a importância da educação financeira nas empresas, a Associação Brasileira de Educadores Financeiros (ABEFIN), divulga uma pesquisa sobre a saúde financeira dos trabalhadores brasileiros.

81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria

Taxa de desemprego cresce em 14 estados em 2019

Nas outras 13 unidades federativas, a taxa manteve-se estável no primeiro trimestre do ano

Taxa de desemprego cresce em 14 estados em 2019

Governo de Minas faz revisão de orçamento e encontra déficit maior

Orçamento aprovado para 2019 tem rombo de R$ 15,177 bilhões, maior que os R$ 11,443 bilhões anunciados pela gestão passada.


Banheiros químicos adaptados agora são obrigatórios

Sancionada a lei que torna banheiros químicos adaptados obrigatórios em eventos

Banheiros químicos adaptados agora são obrigatórios

Congresso Mundial de Câmaras

Acontece no Rio de Janeiro de 12 a 14 de junho.