Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Fraudes corporativas afetaram 69% das empresas de saúde

Fraudes corporativas afetaram 69% das empresas de saúde

08/04/2016 Da Redação

Aumento da terceirização e das operações offshore estão entre os principais motivos para o aumento das fraudes.

De acordo com a última edição do Global Fraud Report, da Kroll, líder mundial em soluções de risco, mais de dois terços (69%) das empresas do setores de saúde, medicamentos e biotecnologia foram vítimas de algum tipo de fraude.

Os resultados mostram que os tipos mais comuns de fraude nestes setores referem-se à gestão de conflito de interesses (17%) na área de saúde, sendo este o segundo maior número de empresas entre todas as que foram consultadas.

Em seguida, vêm os casos de fraudes resultantes do roubo de ativos físicos ou em estoque (14%) e falhas de compliance (14%). Mais de uma a cada dez empresas (13%) do setor sofreu alguma fraude relacioanda ao roubo de propriedade intelectual, sendo este o maior número entre todas os setores pesquisados.

Estes números fazem parte da pesquisa encomendada pela Kroll à Economist Intelligence Unit, em nível global, sobre a fraude e seus efeitos nos negócios.

Um total de 768 executivos de nível sênior participou da pesquisa, de diversas indústrias, incluindo Serviços Financeiros, Serviços Profissionais, Varejo e Atacado, Tecnologia, Mídia e Telecomunicações, Saúde e Farmacêuticos, Viagens, Lazer e Transportes, Bens de Consumo, Construção, Engenharia e Infraestrutura, Recursos Naturais e Manufatura.

A pesquisa também mostra que quatro a cada cinco (78%) empresas dos setores de saúde, medicamentos e biotecnologia disseram que sua exposição a fraudes aumentou em 2014.

Os principais motivos foram a alta rotatividade (28%) e o aumento da terceirização e de operações offshore (19%), sendo este um caminho fácil para o roubo de propriedade intelectual.

Embora 19% tenham reportado o aumento na terceirização e nas operações offshore, apenas 18% disseram incrementar a proteção de propriedade intelectual este ano.
Snežana Gebauer, diretora do escritório da Kroll em São Paulo, diz:

“Um dos resultados mais reveladores do relatório é o quanto as empresas estão se sentindo vulneráveis às fraudes.

De um jeito ou de outro, o fantasma da fraude surge em todas as relações de negócios.

O que o relatório da Kroll põe em evidência é que, com frequência, a fraude é um “trabalho interno” e que as empresas devem buscar tanto nas relações internas e externas se elas são mais eficientes para a proteção do seu dinheiro, de sua propriedade e de seus dados”, diz a executiva.

O relatório mostra que as empresas do setor de saúde não estão tomando medidas quanto à exposição aos riscos de fraudes, com apenas 36% das empresas informando que vão investir em controles de gestão este ano.

“Enquanto a tecnologia possibilitou novas maneiras de se cometer uma fraude, nosso trabalho diário com os clientes confirma o que o relatório também revela – o roubo, o suborno e a propina ainda são efetivas e generalizadas.

Com a natureza humana sendo o que é, a fraude sempre estará ao nosso lado, quer ela ocorra no escritório da empresa ou em algum lugar no mundo da cadeia de suprimentos.

No entanto, existem diversas estratégias, recursos e melhores práticas disponíveis para as empresas que podem ajudá-las a proteger a si próprias e seus investimentos”, conclui Snežana. 



Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais

País foi punido por quatro anos pela Wada por falsificação de dados.

Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais

Moto com tradição centenária chega à BH

É a primeira concessionária em Minas Gerais da marca Royal Enfield.


E se alguém alegar ser o dono do imóvel que você comprou?

É preciso se precaver e manter todos os documentos em dia.

E se alguém alegar ser o dono do imóvel que você comprou?

Rede Cidades Criativas de Minas Gerais é lançada em Belo Horizonte

O evento, que acontece no CCBB-BH, terá Vesperata de Diamantina, experiência gastronômica e sessão de cinema.

Rede Cidades Criativas de Minas Gerais é lançada em Belo Horizonte

Inflação registra maior alta para um mês de novembro desde 2015

​A alta de 8,09% no preço das carnes foi o item que mais influenciou a inflação oficial de novembro.

Inflação registra maior alta para um mês de novembro desde 2015

Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Norte e Nordeste têm menos equipamentos culturais.

Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Entre os nomes masculinos, Miguel segue no topo do ranking desde 2011.

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Para grande parte da população, os feriados são uma das poucas opções de descanso e período para viagens.

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Jogador argentino se isola como maior vencedor da história da premiação da revista France Football.

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Pequenos negócios ganham mais espaço na pauta do Poder Legislativo mineiro

Forum vai debater os desafios e as oportunidades para estimular a economia dos municípios.


Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Número de brasileiros com carteira de trabalho assinada no setor privado, chega a 33,2 milhões de pessoas.

Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

De acordo com o TSE, os títulos podem ser cancelados.

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria