Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Grama coberta de lama

Grama coberta de lama

02/12/2005 Divulgação

Tradicionalmente citados como amadores, aventureiros e até mesmo ladrões, os árbitros do futebol brasileiro roubaram as manchetes esportivas em 2005, a critério do que já aconteceu em edições anteriores do Brasileirão.

 Contudo, pela primeira vez, o esquema de corrupção na arbitragem foi, em princípio, desmantelado com a confissão de envolvimento na máfia do apito, por parte do árbitro paulista Edílson Pereira de Carvalho.

Engrossando a lista de juizes que mudaram a história do futebol no Brasil, encabeçada por Edílson mas que conta também com Armando Marques e José Roberto Wright, outros nomes estão vindo à tona. O apito da vez, no caso mais uma vez, é o do mineiro Márcio Rezende de Freitas, federado atualmente pelo estado de Santa Catarina. A não marcação de um pênalti no fim do segundo tempo que culminou na expulsão do atacante Tinga, por simulação, no empate por 1 a 1 entre Internacional e Corinthians, colocou o nome deste juiz em evidência novamente. Em 1995, na decisão entre Santos e Botafogo, que aconteceu no mesmo estádio do Pacaembu, Márcio validou dois gols irregulares, um pra cada equipe, e anulou um gol legal do Peixe, fazendo com que o destino da taça mudasse do litoral paulista para Niterói. Depois do confronto entre Timão e Colorado, o árbitro assumiu seu erro, pediu desculpas, mas pelo jeito tudo vai cair no esquecimento do povo de novo.

O que deve ser colocado em questão é a legitimidade de um campeonato que teve algumas partidas anuladas e depois disputadas novamente, porém não com os mesmos atletas em campo. Essa lambança aconteceu porque Edílson assumiu seu crime, mas será que o pedido de desculpas de Márcio Rezende, pela falha naquela que seria sua despedida do ofício, também não torna necessária uma reedição da partida? Será que isso só não vai ocorrer porque o beneficiado é um grande clube paulista, que por coincidência tem como parceiro um investidor estrangeiro com legalidade suspeita? A resposta foi anulada, a alegação da arbitragem é que esta jogada seria irregular.



Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Poluição e escassez de água potável também preocupam.

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

De acordo com o IBGE, a expectativa de vida no Brasil era de 76,8 anos em 2020.

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

A Glamourização do Alcoolismo

Junto com a pandemia do Covid 19 surgiu uma outra pandemia, sutilmente disfarçada de status ou “momento de relaxamento”: o consumo excessivo de álcool.

A Glamourização do Alcoolismo

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Auxílio será destinado às famílias inscritas no CadÚnico

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Os salões de festas e churrasqueiras estão novamente disponíveis aos moradores para receber seus convidados.

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Na Black Friday os cuidados devem ser enormes, pois sofremos com uma avalanche de promoções.

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Com recorde de pontos de atendimento físico no país, seis capitais devem receber milhares de brasileiros para consulta e renegociação de dívidas entre 23 e 27 de novembro

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Em 10 anos, Lei de Acesso à Informação contabiliza 1 milhão de pedidos

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

De acordo com o IBGE foi a maior alta desde 1984.

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

Governo lança nova versão do ID Jovem

Beneficiários terão transporte coletivo com desconto.

Governo lança nova versão do ID Jovem

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

Corrida será no próximo domingo, no Autódromo de Interlagos

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico

Programa contribui para o desenvolvimento local, com geração de emprego e renda e estímulo ao turismo.

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico