Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Inadimplentes levam mais de um ano para limpar o nome

Inadimplentes levam mais de um ano para limpar o nome

25/03/2019 Da Redação

Estudo aponta que o principal vilão dos endividados é o cartão de crédito

Inadimplentes levam mais de um ano para limpar o nome

Apesar de encerrada a crise econômica, o brasileiro ainda sente seus efeitos e enfrenta dificuldades em limpar o nome. É o que revela pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais com consumidores que estiveram inadimplentes nos últimos 12 meses e já saíram dos cadastros de devedores.

Os dados mostram que, em média, foram necessários 14 meses para o pagamento das dívidas responsáveis pela negativação de seus CPFs.

Na hora de quitar as contas responsáveis pela negativação, os maiores obstáculos encontrados foram obter um bom desconto no valor total da dívida (27%) e negociar prazos e formas de pagamentos (24%), enquanto 19% disseram não ter conseguido renda extra para quitar os compromissos em atraso.

Entre os motivos que impossibilitaram o pagamento dessas contas estão a redução da renda (42%), a perda de controle dos gastos (38%) e o surgimento de imprevistos (36%).

Ao investigar as dívidas que levaram o brasileiro a ficar com nome sujo, o estudo aponta como principal vilão o cartão de crédito (33%). Em seguida aparece o crediário (17% — percentual que sobe para 25% nas classes C, D e E), os gastos com telefone fixo ou celular (16% — com maior participação nas classes A e B, com 21%), além dos empréstimos contraídos (12%).



Condomínios: quando as contas aprovadas podem ser revisadas

O síndico deve prestar contas aos condôminos em assembleia ou quando exigido.

Condomínios: quando as contas aprovadas podem ser revisadas

Número de homicídios no Brasil tem queda de 23% em 2019

No primeiro bimestre do ano foram registrados 6.543 homicídios dolosos no país

Número de homicídios no Brasil tem queda de 23% em 2019

Trabalho infantil e a tolerância da sociedade

O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil é celebrado em 12 de junho

Trabalho infantil e a tolerância da sociedade

Seis dicas para levar filhos ao mercado sem estresse

Especialista explica como fazer compras pode se tornar uma atividade tranquila e cheia de aprendizados para a família

Seis dicas para levar filhos ao mercado sem estresse

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Produtor aprende a cumprir lei ambiental e a lucrar sem degradar bioma

Projeto mostra que é possível integrar agricultura e preservação

Brasil tenta título inédito na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Copa na França reúne 24 equipes divididas em seis grupos

Brasil tenta título inédito na Copa do Mundo de Futebol Feminino

Receita abre nesta segunda consulta ao 1º lote de restituição do IR

Fisco também pagará contribuintes na malha fina desde 2008

Receita abre nesta segunda consulta ao 1º lote de restituição do IR

Preço da cesta básica diminui em 13 capitais, diz Dieese

Em 12 meses, entre maio de 2018 e o mesmo mês de 2019, todas as cidades pesquisadas acumularam alta

Preço da cesta básica diminui em 13 capitais, diz Dieese

Venezuela disputará três amistosos antes de estrear na Copa América

A previsão é de que a Venezuela dispute três amistosos antes de enfrente o Peru, em sua estreia da Copa América, que acontecerá na Arena Grêmio.

Venezuela disputará três amistosos antes de estrear na Copa América

Empréstimo de nome é responsável por 24% dos casos de inadimplência

32% dos entrevistados emprestaram nome sem saber a quantia que seria usada, mostra pesquisa CNDL/SPC Brasil

Empréstimo de nome é responsável por 24% dos casos de inadimplência

Receita Federal identifica mais de R$ 1 bilhão em sonegação fiscal de empresas

81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria

Pesquisa mostra que apenas 19% possuem planejamento para alcançar os seus objetivos

81% dos brasileiros dependem exclusivamente do INSS para aposentadoria