Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Juninho Pernambucano pode ser suspenso por dois anos

Juninho Pernambucano pode ser suspenso por dois anos

17/10/2012 Divulgação

Meia corre risco de ser punido pelo STJD por ter ido ao vestiário do Vasco após o jogo contra a Ponte Preta, antes de ir ao controle de dopagem.

Juninho Pernambucano pode ser suspenso pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por até dois anos. Isso porque, no último dia 23 de setembro, no jogo contra a Ponte Preta, o meia foi ao vestiário da equipe antes de ir ao controle de dopagem.

Juninho teria infringido dois artigos do Código Mundial de Dopagem: "recusar-se ou não apresentar uma justificativa válida e submeter-se à coleta de amostra após notificado de acordo com as regras antidoping" (2.3) e "adulteração ou tentativa de alteração de qualquer componente de controle" (2.5).

Com isso, o meia, incluso também no artigo 258 do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), por "assumir qualquer conduta contrária à ética desportiva. Estas penas não são cumulativas, fazendo com que a maior prevaleça. A pena ao jogador de 37 anos varia de advertência até dois anos de suspensão".

Por "deixar de cumprir a obrigação legal e o regulamento, geral ou especial, da competição", o Vasco também será julgado no artigo 191, incisos I e III do CBJD. A multa varia entre R$ 100 a R$ 100 mil.

O jogador e o clube carioca serão julgados no STJD nesta sexta-feira, dia 19, analisados pelos auditores da Quarta Comissão Disciplinar.



Portabilidade de crédito imobiliário cresce 200% em 2019

Número representa 6,4% dos contratos que poderiam ser alterados.

Portabilidade de crédito imobiliário cresce 200% em 2019

Casos de feminicídio crescem 22% em 12 estados durante pandemia

Números da violência contra a mulher caíram em apenas três estados.

Casos de feminicídio crescem 22% em 12 estados durante pandemia

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

O motivo da queda, segundo o IBGE, foi a pandemia do novo coronavírus.

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

Por que plano de saúde está tão caro?

Não é de hoje que os planos de saúde estão ficando cada vez mais caros.

Por que plano de saúde está tão caro?

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

De janeiro a abril foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões.

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Cliente vai receber R$ 15 mil por danos morais.

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Do momento em que os casos de covid-19 começaram a aparecer fora da China, a moeda norte-americana acelerou o movimento de alta dos preços.

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

As fake news estão ultrapassando os prejuízos financeiros e de credibilidade nas empresas e invadindo o judiciário com dezenas de processos.

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Somente o BC pode emitir moeda e somente o TN pode emitir títulos e pagar as despesas do Governo Federal.

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O projeto-piloto que autoriza a realização de casamentos civis por videoconferência e escritura pública digital foi ampliado.

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?

A crise causada pelo Coronavírus já vinha elevando o preço do dólar que, nos últimos tempos, estava apresentando patamares históricos.

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?