Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Lançamento da revista especializada em pesquisas médicas

Lançamento da revista especializada em pesquisas médicas

05/12/2006 Da Redação

Pesquisa Médica, lançamento da Segmento Farma Editores, chega ao mercado para suprir a demanda dos profissionais de saúde por atualização sobre temas relevantes e atuais no campo da ciência e da pesquisa.

As matérias são escritas por jornalistas, tendo médicos e pesquisadores como fonte. A revista aborda pesquisas em desenvolvimento no país e no mundo, sempre com a preocupação de levar aos profissionais de saúde o que há de mais atual neste tema. O conteúdo e o visual atrativos tornam fáceis e prazerosa a leitura de Pesquisa Médica.

A revista pretende suprir a necessidade de informação do público em todo o país com matérias como a de capa dessa primeira edição. O texto apresenta portais da web de referências científicas onde o profissional pode encontrar, por preços baixos ou mesmo sem nenhum custo, literatura médica de qualidade para uso imediato na prática clínica ou para aperfeiçoamento e atualização.

Pesquisa Médica começará a ser distribuída a partir de janeiro e sai com periodicidade trimestral, tiragem inicial de 30 mil exemplares e circulação nacional. Cada edição terá 64 páginas no formato 20,5 x 27,5 cm. Poderá ser comprada em bancas e livrarias selecionadas, pelo preço de capa, pelo site www.revistapesquisamedica.com.br , pelo telefone 0800-770-5669 ou, ainda, pelo sistema de assinatura individual, além de ser distribuída em bibliotecas com a intenção de facilitar o acesso dos médicos às pesquisas. 

Além disso, empresas do setor de saúde poderão adquirir assinaturas customizadas para distribuição exclusiva em especialidades médicas de sua escolha.

Tacla Consultoria de Comunicação



Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Norte e Nordeste têm menos equipamentos culturais.

Diferença de acesso à cultura está relacionada à cor e região

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Entre os nomes masculinos, Miguel segue no topo do ranking desde 2011.

Helena lidera ranking dos nomes mais escolhidos de 2019

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Para grande parte da população, os feriados são uma das poucas opções de descanso e período para viagens.

Número de feriados em dias úteis cresce em 2020

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Jogador argentino se isola como maior vencedor da história da premiação da revista France Football.

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez

Pequenos negócios ganham mais espaço na pauta do Poder Legislativo mineiro

Forum vai debater os desafios e as oportunidades para estimular a economia dos municípios.


Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Número de brasileiros com carteira de trabalho assinada no setor privado, chega a 33,2 milhões de pessoas.

Brasil tem 12,4 milhões de pessoas desempregadas, diz IBGE

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

De acordo com o TSE, os títulos podem ser cancelados.

Eleitores com mais de 70 anos precisam fazer a biometria

Médicos pelo Brasil é aprovado pelo Congresso Nacional

O programa vai ofertar 18 mil vagas em regiões onde há maior carência de médicos no país para ampliar o acesso do cidadão a cuidados básicos em saúde. Texto segue para sanção presidencial.


Cresce percentual de brasileiros que vão usar 13º salário para comprar presentes

32% dos trabalhadores vão gastar com presentes do que com pagamento de dívidas, aponta pesquisa.

Cresce percentual de brasileiros que vão usar 13º salário para comprar presentes

Ganhador do Prêmio Jovem Empreendedor na Austrália é brasileiro

Ribeirão-Pretano conquista Prêmio Jovem Empreendedor 2019 em Sydney, após 10 anos de sua chegada ao país.

Ganhador do Prêmio Jovem Empreendedor na Austrália é brasileiro

Arrecadação com loterias aumenta 22,7% em 2019

Repasses para programas do governo somam R$ 5,83 bilhões.

Arrecadação com loterias aumenta 22,7% em 2019

Uma cidade em que não há jornal

Por mais inacreditável que pareça, 30 milhões de brasileiros vivem em locais considerados “desertos” de notícia.

Uma cidade em que não há jornal