Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Mais da metade dos brasileiros não guarda dinheiro

Mais da metade dos brasileiros não guarda dinheiro

23/10/2017 Divulgação

Pesquisa revela que, apesar de saber da importância de economizar, população não tem reserva financeira.

Mais da metade dos brasileiros não guarda dinheiro

De acordo, com levantamento realizado pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), 52% da população do Brasil não possui nenhuma reserva financeira para emergências. No entanto, cerca de 85% dos brasileiros tem consciência da importância de guardar um dinheiro para despesas inesperadas.

A pesquisa, quantificada pelo Datafolha, considerou pessoas a partir de 16 anos, economicamente ativas (além de inativos com renda e aposentados) das classes A, B e C, em todas as regiões do Brasil.

Aquiles Mosca, presidente do Comitê de Educação de Investidores da Anbima, diz que a questão monetária requer disciplina. “O comportamento da maioria das pessoas está voltado para consumir, isto é, para o prazer imediato. Poupar significa se privar de algo, mesmo que seja no curto prazo. [...] O brasileiro sabe o que deve fazer, mas ainda tem dificuldade de abandonar velhos hábitos de consumo”, diz Mosca.

Dos entrevistados, 60% afirma que não gosta de se planejar e prefere esperar as coisas acontecerem para só então tomarem alguma atitude. Esse percentual aumenta consideravelmente a partir dos 35 anos, chegando em 67% para pessoas acima de 60 anos.

Ana Leoni, superintendente de Educação e Informações Técnicas da Anbima, sugere associar a economia a algo prazeroso. “Sempre pensamos em reserva financeira para emergências. Mas aconselho a pensar em se preparar para oportunidades que possam aparecer e que, na maior parte das vezes, não estamos financeiramente preparados, como uma viagem, um curso ou um novo negócio”, opina.

Fonte: Portal iG 



Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Poluição e escassez de água potável também preocupam.

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

De acordo com o IBGE, a expectativa de vida no Brasil era de 76,8 anos em 2020.

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

A Glamourização do Alcoolismo

Junto com a pandemia do Covid 19 surgiu uma outra pandemia, sutilmente disfarçada de status ou “momento de relaxamento”: o consumo excessivo de álcool.

A Glamourização do Alcoolismo

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Auxílio será destinado às famílias inscritas no CadÚnico

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Os salões de festas e churrasqueiras estão novamente disponíveis aos moradores para receber seus convidados.

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Na Black Friday os cuidados devem ser enormes, pois sofremos com uma avalanche de promoções.

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Com recorde de pontos de atendimento físico no país, seis capitais devem receber milhares de brasileiros para consulta e renegociação de dívidas entre 23 e 27 de novembro

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Em 10 anos, Lei de Acesso à Informação contabiliza 1 milhão de pedidos

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

De acordo com o IBGE foi a maior alta desde 1984.

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

Governo lança nova versão do ID Jovem

Beneficiários terão transporte coletivo com desconto.

Governo lança nova versão do ID Jovem

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

Corrida será no próximo domingo, no Autódromo de Interlagos

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico

Programa contribui para o desenvolvimento local, com geração de emprego e renda e estímulo ao turismo.

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico