Portal O Debate
Grupo WhatsApp


O que o Brasil deve esperar de Donald Trump?

O que o Brasil deve esperar de Donald Trump?

09/11/2016 Mariana Santos (DW)

O Brasil sequer foi mencionado pelo agora presidente dos Estados Unidos.

O que o Brasil deve esperar de Donald Trump?

Com exceção das inflamadas promessas para imigração, a América Latina foi tema periférico na corrida à Casa Branca para Donald Trump. Pouco se falou de concreto sobre a região – e o Brasil sequer foi mencionado pelo agora presidente dos Estados Unidos.

Mas a forma como Trump trata questões como economia, relações comerciais e diplomáticas com o resto do mundo pode dar pistas sobre o que o Brasil pode esperar de seu período na Casa Branca.

Além da questão migratória, as fortes críticas à China e a política protecionista apregoada por Trump são vistas como um sinal, segundo analistas, de que o Brasil pode ter muito a perder com ele como o próximo presidente.

Segundo Timothy Power, diretor do programa de estudos brasileiros da Universidade de Oxford, um governo Trump – que em 2014 sequer sabia quem era Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista à revista Veja – será um "desastre não apenas para os EUA e o Brasil, mas para a ordem internacional”.

Uma vitória de Donald Trump também é vista com preocupação pelo cientista político David Fleischer, da Universidade de Brasília. Ele acredita que a política externa restritiva e conservadora do candidato republicano poderá ser bastante prejudicial ao Brasil.

Economia

Além de limitar o comércio exterior para obter saldo positivo na balança comercial – o que afetaria as exportações brasileiras para os EUA, segundo maior parceiro do Brasil –, na Casa Branca o magnata poderá ainda atrapalhar o plano do governo Michel Temer de atrair investidores estrangeiros, entre eles americanos.

Fleischer ainda destaca a questão da imigração. "Está cheio de brasileiro sem documentação nos EUA. Se Trump decidir expulsar todos os estrangeiros em situação irregular, muito brasileiro vai ser deportado também."

Já a política econômica defendida por Trump traz ingredientes que podem levar a uma recessão global ou até a um "colapso do comércio mundial”, segundo Cláudio Frischtak, presidente da Inter.B Consultoria Internacional de Negócios.

O especialista afirma que, na prática, o magnata republicano dá sinais de que não seguirá as regras da OMC. "Não há um único economista de peso que o apoie”, argumenta.

Outra preocupação, apontada por Zeina Latif, economista-chefe da XP Investimento, é com um eventual retrocesso no diálogo com a China. Ela acredita que isso afetaria negativamente todo o mundo emergente indiretamente, incluindo o Brasil.

A economista, no entanto, tenta enxergar os discursos protecionistas de Trump de maneira cética. "Apesar de ele ter um discurso que beira a irresponsabilidade, não acredito que isso se traduziria de forma concreta numa agenda econômica. A tendência é ele descer do palanque e ter uma gestão mais responsável”, aposta. 



Uso de máscara se torna obrigatório em todo o país

Obrigatoriedade do uso da proteção facial engloba vias públicas e transportes públicos coletivos.

Uso de máscara se torna obrigatório em todo o país

Por que não se deve mentir no CV

"O que parece ser uma boa estratégia para ganhar vantagem entre os concorrentes, na verdade é o pior erro que se pode cometer na busca por emprego", explica especialista.

Por que não se deve mentir no CV

Minas Gerais atrai empresas globais do segmento de bebidas

Companhias internacionais possuem centros de distribuição em implantação ou operação no estado

Minas Gerais atrai empresas globais do segmento de bebidas

Pouco mais de 1 milhão de declarações do IR caíram na malha fina

Omissão de rendimentos e deduções são principais problemas.

Pouco mais de 1 milhão de declarações do IR caíram na malha fina

Marcas mais valiosas do mundo totalizam US$5 trilhões em 2020

Amazon mantém 1º lugar e é responsável por um terço do crescimento total das Top 100. O TikTok entra no ranking pela primeira vez em 79º lugar.

Marcas mais valiosas do mundo totalizam US$5 trilhões em 2020

Brasil registra retração de 331,9 mil postos de trabalho em maio

Todas as regiões extinguiram empregos com carteira assinada.

Brasil registra retração de 331,9 mil postos de trabalho em maio

Petrobras ultrapassa os R$ 4,5 bilhões em recursos recuperados

Companhia recebe mais de R$ 265 milhões referente à segunda parcela do acordo de leniência celebrado pela Technip


9,7 milhões de trabalhadores ficaram sem remuneração em maio, diz IBGE

Nordeste tem a maior proporção de pessoas afastadas entre as cinco regiões do país.

9,7 milhões de trabalhadores ficaram sem remuneração em maio, diz IBGE

Adiar as eleições sem prorrogar mandatos

O importante é que no dia 1º de janeiro os eleitos tomem posse.

Adiar as eleições sem prorrogar mandatos

Nova lei permite doação de refeições não vendidas

A doação deverá ser gratuita e não configurará relação de consumo.

Nova lei permite doação de refeições não vendidas

Especialista explica se “fake news” podem caracterizar crime

O advogado Dr. Euro Bento Maciel Filho comenta a respeito das chamadas "fake news" e explica as situações nas quais poderá ser caracterizado algum crime pela legislação brasileira.

Especialista explica se “fake news” podem caracterizar crime

No agronegócio, transformação deve ser rotina

Do ponto de vista de negócios, transformação é a rotina.

No agronegócio, transformação deve ser rotina