Portal O Debate
Grupo WhatsApp

ONU: Pobreza diminuiria através das educações primária

ONU: Pobreza diminuiria através das educações primária

23/06/2017 Divulgação

Pobreza pode cair pela metade se adultos completarem ensino secundário, diz ONU.

ONU: Pobreza diminuiria através das educações primária

A pobreza mundial pode cair pela metade se todos os adultos terminarem o ensino secundário, afirma a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco), com base no recém-lançado estudo “Reduzindo a pobreza global através das educações primária e secundária”.

Apesar dessa constatação, novos dados do Instituto de Estatística da agência da ONU mostram altas taxas de jovens fora da escola em muitos países. Isso significa que os níveis de graduação secundária continuarão abaixo das metas para as próximas gerações. A informação é da ONU News.

No próximo mês o Conselho Econômico e Social da ONU realiza na sede das Nações Unidas, em Nova York. um Fórum Político de Alto Nível que terá como foco a erradicação da pobreza. Nesse sentido, o documento da Unesco demonstra a importância de se reconhecer a educação como "a alavanca central" para acabar com a pobreza em todas as suas formas e em todos os lugares.

Boa notícia
A chefe da Unesco, Irina Bokova, disse que a nova análise divulgada pela agência deve ser vista como uma boa notícia para os que trabalham para erradicar a pobreza até 2030, seguindo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) das Nações Unidas.

Ela afirmou que a comunidade internacional tem agora um plano concreto para garantir que as pessoas não tenham que viver com apenas alguns dólares por dia. Segundo ela, esse plano privilegia a educação em primeiro lugar.

A Unesco afirma que 60 milhões de pessoas podem escapar da pobreza se todos os adultos tiverem dois anos de ensino secundário e, no caso de uma graduação, esse número sobre para 420 milhões fora da pobreza.

Fonte: Agência Brasil 



Cresce número de brasileiros que buscam passaporte europeu

Entre 2002 e 2017 mais de 170 mil brasileiros obtiveram cidadania europeia. Passaporte italiano é um dos mais procurados.

Cresce número de brasileiros que buscam passaporte europeu

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

A informação é resultado de estudo divulgado pelo IBGE.

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

Brasil registrou mais de 76 mil divórcios em 2020

Mediação familiar possibilita diálogo entre os protagonistas do conflito em vez de entrar na justiça.

Brasil registrou mais de 76 mil divórcios em 2020

Banco Mundial lança plataforma Brasil Aberto

Ferramenta informará sobre ações da instituição no país de 2018 a 2023.


Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

Objetivo é coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

Brasil ocupa sétima posição em ranking de governo digital

Índice do Banco Mundial avaliou 198 economias.

Brasil ocupa sétima posição em ranking de governo digital

Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

Alta do emprego atingiu todos os segmentos da população.

Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

Brasil tem 3.280 municípios sem nenhum veículo de comunicação local

Projeto da FENAJ de financiamento público do jornalismo pode combater deserto de notícias que atinge 33,7 milhões de brasileiros.

Brasil tem 3.280 municípios sem nenhum veículo de comunicação local

IBGE e ANA lançam dados para orientar análises de recursos hídricos

As publicações apresentam os recortes hidrográficos espaciais do país.

IBGE e ANA lançam dados para orientar análises de recursos hídricos

Consumidor satisfeito é utopia?

Ter clientes satisfeitos sempre foi um dos objetivos de qualquer organização.

Consumidor satisfeito é utopia?

Milhares de brasileiros podem se legalizar nos EUA

Após aprovação de projeto, brasileiros podem ficar de forma legalizada na terra do tio Sam.

Milhares de brasileiros podem se legalizar nos EUA

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Até o fim do ano, serão distribuídos 60 milhões de testes.

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras