Otan e o tio do pavê

O que o presidente dos EUA aprontou na cúpula da Otan prejudica a todos – especialmente a ele mesmo.


Max Houfmann (av)

13/07/2018 - 16:22

Não há quem não conheça aquele tio chato que aparece em todas as festas da família e fica o dia inteiro falando a mesma besteira de sempre. De certa maneira, ele faz parte do evento, mas ninguém mais o leva a sério.

Só que esse tio não tem o comando do maior arsenal armamentista e das mais poderosas Forças Armadas do mundo. Por isso, para os Estados-membros da Otan a coisa não é tão simples assim. Apesar disso, o presidente americano, Donald Trump, está prestes a cair numa categoria semelhante à do tio chato perante seus parceiros da Aliança Atlântica.

Como é que a Alemanha, por exemplo, vai poder levar a sério alguém que de manhã faz uma cena por causa da importação de gás russo; de tarde afirma que o país e os Estados Unidos têm "uma relação muito, muito boa"; à noite, então, coloca mais um tuíte maléfico no mundo; só para voltar a elogiar a Alemanha na coletiva de imprensa seguinte? É cenoura e chicote em ritmo desenfreado.

Além disso, o discurso dele é quase sempre o mesmo. De fato, ele vive descobrindo novas facetas, mas no tocante à Otan, o que o interessa é só o dinheiro. Os demais aliados precisam finalmente pagar, senão... Sim, senão o que, mesmo? Ele não quer dizer abertamente, mas está na hora de os rublos, desculpem, os dólares fluírem.

Para Trump tanto faz se, já em 2014, portanto antes de ele ser presidente, todos os membros da Otan começaram a incrementar seus gastos com defesa, em parte significativamente. Numa cólera cega, ele bate sempre na mesma tecla. À chanceler federal alemã, Angela Merkel, só restou sinalizar: já entendemos isso há muito tempo, e estamos agindo.

Isso sem falar nas inverdades sobre as façanhas inventadas – próprias e dos EUA: que a contribuição do país para a Otan é de 90% – mas de quê? Do orçamento da aliança? A participação americana é de pouco mais de 20%, e mesmo com a melhor boa vontade, não se encontra nenhuma categoria em que os EUA arquem sozinhos com 90% dos encargos.

Nessas circunstâncias, quem é que vai querer ainda escutar esse Tio Sam? Isso mesmo: praticamente ninguém. E é exatamente o que a Otan começa a colocar em prática.

Trump está se queimando. Diante de sua mensagem sempre igual, em breve os demais integrantes da Otan vão só balançar a cabeça, como quem diz: estamos fazendo o que podemos, se não basta, então a porta de saída é ali. Isso, de fato, significaria o fim dessa aliança,mas o Canadá e os europeus não vão aguentar ser infinitamente chantageados pelo chefe da Casa Branca. Aí ele terá jogado a última cartada, e seu principal instrumento de pressão, perdido o efeito.

Também em casa, Trump não parece estar fazendo muito sucesso com as ameaças veladas de que os EUA talvez venham a seguir seu próprio caminho. Pois, mesmo entre seus eleitores mais fiéis, países como a Alemanha e o Reino Unido são vistos como aliados próximos, e colocar a Otan em questão desse jeito poderá contrariar muitos deles.

Por isso, Trump nunca fala do sentido militar da organização: ele só trata da parte dos negócios, que acredita conhecer bem. E todo o estardalhaço, sob a alegação de suposto tratamento injusto, "cola" para grande parte de seu eleitorado.

O presidente dos Estados Unidos tem uma única arma em seu arsenal: um enorme porrete. Talvez ele tenha ajudado a colocar os parceiros da Otan em movimento, conferido uma certa urgência à meta de elevar os gastos militares. Mas para o futuro ela é totalmente inapropriada, só destrói aquilo que Trump (talvez) tenha ajudado a impulsionar. E os parceiros não vão esquecer.

Quando, dentro de alguns anos, eles talvez tenham alcançado autonomia militar, vão se lembrar dessa situação. E aí os EUA (talvez sem esse presidente) vão receber a conta pela reputação que Trump dilapidou.

Mesmo que alguns americanos aclamem descerebradamente o presidente em sua turnê de destruição, isso que Trump aprontou na cúpula da Otan em Bruxelas não pode ser no interesse do país. Cabe torcer que uma maioria dos cidadãos dos EUA registre que, o mais tardar agora, ninguém mais acredita ou confia no chefe de Estado deles. Em breve, ninguém mais vai escutá-lo. Assim como acontece com aquele tio super chato nas festas de família. 





China inaugura maior ponte marítima do mundo

Obra de 55 km que inclui túnel subaquático e interliga Hong Kong, Macau e China continental é inaugurada com dois anos de atraso e custo acima do previsto.


A profissão do futuro

Educação & Capacitação

A profissão do futuro

No ano passado, três das mais respeitadas instituições de educação, pesquisa e inovação do mundo se uniram para tentar descobrir quais seriam as profissões da próxima geração.


Burst: Quais as vantagens para você que é empresário?

Briefing

Burst: Quais as vantagens para você que é empresário?

Aqui você encontra as melhores imagens, já otimizadas, para os mais diversos usos.


Cinco benefícios da aveia que você precisa conhecer

Funcional, a aveia é o mais nutritivo de todos os cereais.



Márcia Fellipe lança clipe com Jerry Smith

Notas Musicais

Márcia Fellipe lança clipe com Jerry Smith

Single “Quem me derá” promete ser o hit da cantora.


Usuários de cartão de crédito desconhecem valor da fatura

Mundo Empresarial

Usuários de cartão de crédito desconhecem valor da fatura

Um terço dos usuários de cartão de crédito não sabem quanto gastaram no mês anterior.


Rock in Rio anuncia três atrações do Palco Mundo

P!nk, Black Eyed Peas e Anitta se apresentarão no dia 05 de outubro de 2019, na Cidade do Rock.


Marketing de referência – Tudo o que você necessita saber

Briefing

Marketing de referência – Tudo o que você necessita saber

No mundo dos negócios é bastante comum que se ouça a expressão “marketing de referência”.


Correios lança selos sobre a história da computação brasileira

Digital

Correios lança selos sobre a história da computação brasileira

Três selos apresentam estudos e projetos de computadores nacionais.


Brasil faz ação para promover carne bovina na Europa

Café Pequeno

Brasil faz ação para promover carne bovina na Europa

Abiec participa da Sial Paris para divulgar a qualidade da carne bovina brasileira.


BH recebe XV Mostra de Cinema Atual Espanhol

Na Tela

BH recebe XV Mostra de Cinema Atual Espanhol

Evento no MIS Cine Santa Tereza propõe um mergulho no cinema espanhol atual.


Como evitar brigas nas redes sociais por política

Café Pequeno

Como evitar brigas nas redes sociais por política

Uma ação que aparenta ser apenas de cunho pessoal pode também prejudicar o campo profissional.


Estudo mostra que casamento ruim prejudica a saúde

Bem Viver

Estudo mostra que casamento ruim prejudica a saúde

Ansiedade e depressão são alguns dos sintomas de uma relação que não vai bem.


Bolsonaro tem 59% dos votos válidos, e Haddad, 41%

Capitão reformado tem mais eleitores convictos, enquanto ex-prefeito tem maior rejeição.


Dengue na gravidez aumenta risco de anomalias congênitas

Saúde

Dengue na gravidez aumenta risco de anomalias congênitas

O estudo foi publicado na edição de setembro da revista Emerging Infectious Diseases.


Ferramenta para detectar fake news é desenvolvida no Brasil

Tecnologia Máxima

Ferramenta para detectar fake news é desenvolvida no Brasil

Acessível via WhatsApp e na internet, plataforma possibilita checar se uma notícia é falsa ou verdadeira.


Apenas 3,3% dos estudantes querem ser professores

Nesta segunda-feira, 15 de outubro, celebra-se o Dia do Professor.



Meio ambiente é essencial para cidades inteligentes

Ciência & Ambiente

Meio ambiente é essencial para cidades inteligentes

IESE - Cidades em Movimento 2018 analisou nove dimensões de 165 cidades pelo mundo.


Roupa Nova lança clipe do 2° single de novo projeto

Notas Musicais

Roupa Nova lança clipe do 2° single de novo projeto

Roupa Nova, a banda com mais tempo em atividade no Brasil, lançou o clipe da inédita Seja Bem-Vindo.


Brasil possui maior índice de aprovação em transplantes

País prevê quebra de recordes em números de procedimentos ainda em 2018.


Como acelerar o acúmulo de milhas aéreas?

Briefing

Como acelerar o acúmulo de milhas aéreas?

Nesta reportagem você vai aprender como viajar mais com menos dinheiro.


As flores mais indicadas para cultivo na primavera

Ciência & Ambiente

As flores mais indicadas para cultivo na primavera

Muitas plantas apresentam desenvolvimento de folhas novas nesse período, o que pode atrair pragas.


Comércio e serviços devem abrir 59,2 mil vagas

Mundo Empresarial

Comércio e serviços devem abrir 59,2 mil vagas

De acordo com pesquisa, as vagas serão abertas até o final deste ano.


Postura confortável não é sinônimo de postura correta

Bem Viver

Postura confortável não é sinônimo de postura correta

Cada pessoa pode apresentar vários tipos de vícios posturais, explica especialista.


FMI reduz projeção de crescimento do Brasil no ano

Café Pequeno

FMI reduz projeção de crescimento do Brasil no ano

Para 2018, projeção de crescimento do PIB caiu para 1,4%.


Eleitor que não votou tem 60 dias para justificar ausência

Utilidade Pública

Eleitor que não votou tem 60 dias para justificar ausência

Quem não votou no primeiro turno e nem justificou não fica impedido de votar no segundo turno.