Portal O Debate
Grupo WhatsApp

PF investiga fraudes em empréstimos do BNDES à JBS

PF investiga fraudes em empréstimos do BNDES à JBS

12/05/2017 Divulgação

Aportes do BNDES ao grupo JBS chegam a R$ 8,1 bilhões entre 2007 e 2011.

PF investiga fraudes em empréstimos do BNDES à JBS

A Polícia Federal (PF) fez nesta sexta-feira (12/05) uma operação para investigar fraudes e irregularidades em aportes concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A Operação Bullish busca cumprir 37 mandados de condução coercitiva, sendo 30 no Rio e sete em São Paulo, e 20 mandados de busca e apreensão, sendo 14 no Rio e seis em São Paulo.

De acordo com investigações da PF em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) do Distrito Federal, o suposto favorecimento foi ao grupo JBS, que atua no ramo de frigoríficos, e envolveu – considerando todas as operações realizadas – cerca de R$ 8,1 bilhões. Os aportes ocorreram entre 2007 e 2011.

Entre os problemas citados aparecem a compra, pelo BNDESPar – braço do banco voltado para a participação acionária em outras empresas – de ações da empresa frigorífica por valores acima dos praticados pelo mercado, além da não devolução de recursos que haviam sido liberados pelo banco de fomento para uma aquisição empresarial que não se concretizou.

Os autores do pedido citam ainda prejuízos decorrentes de operações com debêntures, a dispensa de garantias no momento da subscrição de papéis da empresa e a mudança de percepção do banco público em relação aos riscos do aporte de capital feito no grupo econômico investigado.

As investigações da PF e do Ministério Público verificou que, depois de contratar uma empresa de consultoria ligada a um parlamentar à época, os desembolsos da BNDESPar ocorreram de forma muito rápida. Além disso, de acordo com a PF, as transações foram feitas sem as garantias e sem a exigência de prêmio contratualmente previsto. Isso teria gerado prejuízos de R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

“Outro fato que chama a atenção foi o exíguo prazo da análise das operações financeiras complexas e da ausência de relatórios de diligências”, destaca o juiz federal Ricardo Augusto Soares Leite, em um trecho da decisão que acatou os pedidos de medidas cautelares.

Além dos mandados de condução coercitiva e de busca e apreensão, a Justiça decretou a indisponibilidade de bens de pessoas físicas e jurídicas suspeitas de participar direta ou indiretamente da composição acionária do grupo empresarial investigado.

Os controladores do grupo também estão proibidos, ainda em razão da decisão judicial, de promover qualquer alteração societária na empresa investigada e de se ausentar do país sem autorização judicial prévia. A Polícia Federal monitora cinco dos investigados que se encontram em viagem ao exterior.

O grupo alimentício JBS informou, por meio de nota, que não foi favorecido em qualquer operação financeira envolvendo a BNDESPar.

BNDES

Por meio de nota, o BNDES informou que está buscando informações sobre a operação da PF e dando apoio aos seus empregados. “O BNDES colabora com as autoridades na apuração. A presidente Maria Silvia Bastos Marques está em compromisso em Brasília, retornando ao banco nas próximas horas. O BNDES fará novo pronunciamento até o fim do dia”, diz o texto.

Em nota, a defesa do ex-presidente do BNDES, Luciano Coutinho, informou que todas as operações com a JBS foram feitas dentro "da mais absoluta regularidade, e Coutinho está e sempre esteve à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos solicitados por autoridades sobre a questão".

"A defesa do ex-presidente ainda não teve acesso aos autos, mas tem convicção de que demostrará, ao longo do processo, a lisura de todas as ações feitas durante sua gestão. Coutinho está absolutamente tranquilo e encontra-se no exterior em compromisso profissional previamente agendado, regressando ao Brasil no começo da semana que vem, quando poderá prestar todos os esclarecimentos pertinentes sobre o caso," diz a nota.

Fonte: Agência Brasil 



Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Poluição e escassez de água potável também preocupam.

Pesquisa mostra brasileiros mais preocupados com pobreza e pandemia

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

De acordo com o IBGE, a expectativa de vida no Brasil era de 76,8 anos em 2020.

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da Covid-19

A Glamourização do Alcoolismo

Junto com a pandemia do Covid 19 surgiu uma outra pandemia, sutilmente disfarçada de status ou “momento de relaxamento”: o consumo excessivo de álcool.

A Glamourização do Alcoolismo

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Auxílio será destinado às famílias inscritas no CadÚnico

Governo sanciona lei que institui o auxílio gás

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Os salões de festas e churrasqueiras estão novamente disponíveis aos moradores para receber seus convidados.

Regras para as confraternizações de fim de ano em condomínios

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Na Black Friday os cuidados devem ser enormes, pois sofremos com uma avalanche de promoções.

Black Friday é o Natal dos golpistas – veja 8 caminhos para se proteger

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Com recorde de pontos de atendimento físico no país, seis capitais devem receber milhares de brasileiros para consulta e renegociação de dívidas entre 23 e 27 de novembro

Belo Horizonte recebe o maior “Feirão Limpa Nome” de todos os tempos

Em 10 anos, Lei de Acesso à Informação contabiliza 1 milhão de pedidos

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

De acordo com o IBGE foi a maior alta desde 1984.

Registros de óbitos no Brasil têm alta de 14,9% em 2020

Governo lança nova versão do ID Jovem

Beneficiários terão transporte coletivo com desconto.

Governo lança nova versão do ID Jovem

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

Corrida será no próximo domingo, no Autódromo de Interlagos

GP de Fórmula 1 deve gerar R$ 810 milhões para o estado de São Paulo

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico

Programa contribui para o desenvolvimento local, com geração de emprego e renda e estímulo ao turismo.

BNDES apoiará 21 projetos de patrimônio histórico