Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Príncipe Harry e Meghan Markle se casam em Windsor

Príncipe Harry e Meghan Markle se casam em Windsor

19/05/2018 Deutsche Welle

Casal oficializou união com a presença de 600 convidados – entre eles muitas celebridades.

Príncipe Harry e Meghan Markle se casam em Windsor

O príncipe Harry e a atriz norte-americana Meghan Markle casaram-se neste sábado (19/05) na Capela de São Jorge, no castelo de Windsor, a oeste de Londres.

A cerimónia religiosa começou às 12h06 locais (08h06 em Brasília) e foi conduzida pelo deão de Windsor, o reverendo David Conner. O arcebispo da Cantuária, Justin Welby, por sua vez, oficializou a união entre Harry, de 33 anos, e Meghan Markle, de 36 anos.

"Declaro-vos marido e mulher", declarou o arcebispo.

O casamento real também contou com um sermão do bispo americano Michael Curry, primeiro afro-americano a presidir a igreja Episcopal. "Nós temos que redescobrir o poder de redenção do amor. E, quando fizermos isso, faremos desse velho mundo um novo mundo", disse Curry, que é conhecido nos EUA pelas sua posições progressistas.

Após, a fala do bispo, ocorreu uma apresentação do The Kingdom Choir,um coral cristão formado por membros de uma comunidade no sudeste da Inglaterra. O coral apresentou a canção Stand by Me, originalmente gravada por Ben E. King. Outras músicas na cerimônia incluíram uma apresentação de um violoncelista que executou "Ave Maria", de Shubert.

Jane Fellowes, tia materna de Harry e irmã da princesa Diana, também fez um breve discurso durante a cerimônia.

Chegada e convidados

Meghan entrou sozinha na capela, acompanhada por dez crianças que fizeram pares de damas de honra e pajens, entre eles o príncipe George e a princesa Charlotte, filhos do príncipe William e de Kate Middleton. O príncipe Charles conduziu a noiva até o altar – o pai da noiva não compareceu à cerimônia alegando "motivos de saúde”.

Harry chegou à capela acompanhada pelo irmão, William, que é o padrinho. Harry é o sexto na linha de sucessão ao trono da Inglaterra, depois do pai, o príncipe Charles, do irmão e de seus três sobrinhos.

A cerimônia contou com forte presença de celebridades, como os atores George Clooney e Idris Elba, o casal Victoria e David Beckham, o cantor Elton John e a apresentadora Oprah Winfrey. Também estiveram presentes duas ex-namoradas de Harry, Chelsy Davy e Cressida Bonas.

O vestido da noiva foi criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da casa de alta-costura francesa Givenchy. Meghan usou também uma tiara de diamantes, emprestada pela rainha Elisabeth II. Harry, por sua vez, usou um uniforme militar do regimento de cavalaria Blues & Royals.

Ao todo, 600 pessoas foram convidadas para a cerimônia. Não havia nenhum político de destaque entre eles. Nem mesmo a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, foi convidada. Apenas o ex-primeiro-ministro John Major compareceu, mas apenas por ser membro de uma exclusiva ordem de cavalaria concedida pela rainha.

A decisão de não incluir líderes políticos foi tomada por causa do tamanho da igreja e pelo fato de a cerimônia não ser considerada um evento de Estado.

Após deixar a capela, o casal seguiu em uma carruagem que percorreu algumas ruas de Windsor para saudar as milhares de pessoas que foram até a cidade para acompanhar a cerimônia.

Após a cerimônia religiosa, o novo casal saiu da capela como portando os nomes de "altezas reais duques de Sussex", já que a rainha Elizabeth II outorgou ao príncipe este título de nobreza poucas horas antes de os noivos seguirem para a capela.

"A rainha tem hoje o prazer de conceder um ducado ao príncipe Harry de Gales. Seus títulos serão duque de Sussex, conde de Dumbarton e barão de Kilkeel", anunciou o Palácio de Buckingham pouco antes da cerimônia. 



Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Até o fim do ano, serão distribuídos 60 milhões de testes.

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade

Implantação de novos equipamentos em trechos sob responsabilidade do DER-MG ocorrerá de forma gradativa e com ampla divulgação.

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade

Pecuarista de Minas Gerais recebe prêmio por silagem de alta qualidade

Desafio – Qualidade de Silagem Premium, realizado pela Sementes Biomatrix, reconhece os melhores produtores.

Pecuarista de Minas Gerais recebe prêmio por silagem de alta qualidade

BTG Pactual traz executivos do mercado em preparação para abertura de filial em BH

Time com vasta experiência em alta renda e Private vai liderar escritório de assessoria de investimento na capital mineira.



Ruas tomadas de alegria

Lembro-me bem quando tudo começou. Foi minha primeira eleição, para governador, em 1982.

Ruas tomadas de alegria

Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas

Cesta mais cara é a de Porto Alegre, que custa R$ 664,67.

Cesta básica sobe em 13 das 17 capitais pesquisadas

Governo de Minas publica edital para concessão do Mineirinho

Empresa vencedora deverá promover reforma completa do imóvel e investir R$ 41 milhões nos dois primeiros anos de operação.

Governo de Minas publica edital para concessão do Mineirinho

Norte e Nordeste são regiões com maior insegurança alimentar, aponta estudo

Enani 2019 mostra que 47,1% das famílias brasileiras com crianças menores de 5 anos de idade vivem com algum grau de insegurança alimentar.

Norte e Nordeste são regiões com maior insegurança alimentar, aponta estudo

Porque o povo rejeita a política e os políticos

Os mal-acostumados querem voltar aos tempos fáceis.

Porque o povo rejeita a política e os políticos

Manifesto em defesa da democracia é lançado em BH

Nomes como Salim Mattar, Modesto Araújo e Cledorvino Belini se reúnem em documento que será entregue a autoridades.

Manifesto em defesa da democracia é lançado em BH

A retomada dos eventos-teste como um possível início do pós-pandemia

Como se adaptar e fornecer os melhores produtos e soluções frente a um cenário.

A retomada dos eventos-teste como um possível início do pós-pandemia