Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Programa Proteção de Fronteiras bate recorde de apreensões

Programa Proteção de Fronteiras bate recorde de apreensões

05/11/2019 Da Redação

Crimes fronteiriços são de contrabando, narcotráfico, tráfico de armas, tráfico de pessoas, lavagem de dinheiro, mineração ilegal e tráfico de recursos naturais.

Programa Proteção de Fronteiras bate recorde de apreensões

O Programa de Proteção Integrada das Fronteiras, criado em 2016, aprendeu neste ano 34 toneladas de cocaína e 589 armas de fogo. Os dados são da Receita Federal e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência (GSI), relativos a resultados obtidos até meados do 3º trimestre deste ano.

Apenas uma operação da Polícia Federal no Rio Paraná, iniciada em 15 de abril deste ano, com o aumento de fiscalização de lanchas próxima à ponte Ayrton Senna, que liga Guaíra (PR) a Mundo Novo (MS), suspendeu o contrabando de 150 mil cigarros por dia -  volume que desde aquela data até o final de setembro poderia ter rendido R$ 4,5 bilhões a organizações criminosas, conforme a  Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública.

Política Nacional
O governo federal prepara para meados do próximo ano a Política Nacional de Fronteiras, integrando as atuais políticas de segurança pública, defesa, inteligência e desenvolvimento regional.

As fronteiras terrestres do Brasil totalizam uma linha de 16,8 mil quilômetros, que separa 11 estados de 10 países vizinhos. A chamada “fronteira marítima” tem 7,3 mil quilômetros de extensão na costa de 17 estados. O país tem 99 aeroportos (18 internacionais) e quase 2,5 mil aeródromos (áreas para pouso e decolagem). No litoral e nos rios há 235 portos.

Os principais crimes considerados fronteiriços são de contrabando, narcotráfico, tráfico de armas, tráfico de pessoas, lavagem de dinheiro, mineração ilegal e tráfico de recursos naturais.

Fonte: Agência Brasil



Especialistas comentam investimentos externos de US$ 75 bilhões em 2019

“Há uma ampla perspectiva de aumento de investimentos no Brasil por conta do ajuste fiscal e da reforma administrativa".

Especialistas comentam investimentos externos de US$ 75 bilhões em 2019

Brasil cai em ranking de percepção da corrupção

O Brasil ocupa a 106ª posição de 180 países avaliados , segundo a Transparência Internacional.

Brasil cai em ranking de percepção da corrupção

Apreensões da Receita batem recorde em 2019

Valor chega a R$ 3,26 bilhões e supera em 3,22% o volume de apreensões no ano anterior.

Apreensões da Receita batem recorde em 2019

Brasileiros apontam saúde pública e combate ao desemprego como prioridades para 2020

Pesquisa CNDL/SPC Brasil mostra que os brasileiros estão, em algum grau, otimistas com o cenário para 2020.

Brasileiros apontam saúde pública e combate ao desemprego como prioridades para 2020

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Documento ressalta o reconhecimento dos direitos indígenas nos artigos 231 e 232 da Constituição Federal de 1988.

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Bilionários do mundo têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas

Dado consta de relatório da organização não governamental Oxfam.

Bilionários do mundo têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas

População da China aumenta para 1,4 bilhão de habitantes

Número é divulgado pelo Departamento Nacional de Estatísticas.

População da China aumenta para 1,4 bilhão de habitantes

Carnaval ascende alerta para o uso do preservativo

O mau hábito de não usar camisinha durante a relação sexual é a principal causa do contágio do HPV.

Carnaval ascende alerta para o uso do preservativo

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019

Destaque foi no comércio de milho, carnes e algodão.

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019

Valor da cesta básica subiu em 16 das 17 capitais pesquisadas em 2019

Preço da cesta básica caiu apenas em Aracaju, diz Dieese

Valor da cesta básica subiu em 16 das 17 capitais pesquisadas em 2019

Por que o futebol brasileiro anda tão atrasado?

O dinheiro tem sido tão importante quanto a qualidade do futebol.

Por que o futebol brasileiro anda tão atrasado?

Despesas de início de ano ‘apertam’ brasileiros

Em cada dez brasileiros, apenas um tem renda suficiente para pagar despesas de início de ano, mostra pesquisa CNDL/SPC Brasil.

Despesas de início de ano ‘apertam’ brasileiros