Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Qual tipo de investidor você é?

Qual tipo de investidor você é?

24/07/2020 Paulo Cunha

Conservador, moderado ou agressivo: entenda quais podem ser as melhores segmentações de carteiras para seu perfil.

Qual tipo de investidor você é?

Para quem deseja começar a investir, um dos primeiros passos é conhecer seu próprio perfil, pois, dessa maneira, as aplicações em títulos serão mais efetivas. E fazer isso de maneira segura é possível.

Conhecido por “suitability”, a análise do perfil do investidor identifica as expectativas e a predileção em relação aos investimentos, que pode ser realizada com perguntas básicas como, “quanto deseja investir?”, “por qual período?” e “o que você conhece sobre o mercado financeiro?”

O profissional em investimentos e sócio fundador da iHUB Investimentos - escritório afiliado a XP Investimentos - Paulo Cunha, explica a diferença entre os três tipos mais comuns de perfis.

Conservador

Os indivíduos que se encaixam no perfil conservador são cautelosos, com menor grau de risco possível, pois tem receio da instabilidade financeira. Para ter uma certa segurança, os valores investidos precisam ter uma maior liquidez, ou seja, um resgate rápido.

Quando tratamos sobre a carteira de investimentos para esse tipo de investidor, podemos destacar a renda fixa, por títulos como CDBs e tesouro direto.

Moderado

Esse perfil também preza pela segurança, porém está disposto a investir em algo mais arriscado. O investidor moderado conhece um pouco mais sobre o mercado de investimentos, característica que distingue do perfil conservador. Além disso, há uma melhor aceitação sobre perdas, mas não renúncia à proteção de seu patrimônio.

Os investidores moderados investem nos títulos da renda fixa, mas também na renda variável como fundos multimercados, ações e fundos imobiliários.

Agressivo

Dentre os três perfis, esse é o que mais assume os maiores riscos para ter o máximo de retorno possível, além de ter como prioridade o aumento do patrimônio a longo prazo.

A concentração dos investimentos estão em fundos multimercados, fundos de ações e fundos internacionais.

É importante frisar que o perfil agressivo, dependendo do cenário do mercado financeiro, pode retroceder para os tipos moderado e conservador, por deter um conhecimento maior sobre os investimentos.

De acordo com um levantamento feito pela XP Investimentos, no mês de julho, as segmentações mais recomendadas para a carteiras de investimentos, de acordo com cada perfil de investidor são:

Conservador:  85% em renda fixa, 10% em fundos de inflação e 5% em fundos internacionais.

Moderado: 28,5% em fundos multimercado, 27,5% em renda fixa, 18% em fundos internacionais, 15% em fundos de inflação e 11% em renda variável, segundo a XP Investimentos

Agressivo: 28% em fundos internacionais, 27% em fundos multimercados, 25% em renda variável, 15% em fundos de inflação e 5% em renda fixa.

* Paulo Cunha é sócio fundador da iHUB Investimentos, empresa especializada em assessoria de investimentos, com mesa de operação atuante em ações, derivativos e câmbio em tempo real.

Fonte: Agência Contatto



O peso dos idosos na balança eleitoral

Dados consolidados pelo Tribunal Superior Eleitoral, referentes a abril de 2024, mostram que o Brasil possui 33,7 milhões de eleitores com mais de 60 anos.

Autor: Wilson Pedroso

O peso dos idosos na balança eleitoral

Contribuintes podem ajudar vítimas no Rio Grande do Sul através do IR

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda termina em 31 de maio, exceto para as cidades atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Autor: Divulgação


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


A tragédia se repete e a insensibilidade política permanece

É estranho que, mesmo com todos os recursos técnicos hoje disponíveis, não se tenha conseguido evitar uma enchente de proporção ainda maior que a de 1941.

Autor: Samuel Hanan

A tragédia se repete e a insensibilidade política permanece

BH Airport suspende temporariamente arrecadação de doações

Mais de 15 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul chegaram nos pontos de coleta do BH Airport nos últimos 5 dias.

Autor: Divulgação


Após 1500, como os portugueses conquistaram o Brasil?

De início, os portugueses passavam aqui para buscar produtos como o pau-brasil, a caminho da Índia, onde estavam as especiarias.

Autor: Víktor Waewell

Após 1500, como os portugueses conquistaram o Brasil?

Saber escutar nos aproxima das pessoas

Desde que desenvolvemos a linguagem, passamos a valorizar os grandes oradores.

Autor: Roberta Perdomo

Saber escutar nos aproxima das pessoas

5 coisas que (provavelmente) nunca te contaram sobre o Imposto de Renda

A declaração de Imposto de Renda é uma certeza na vida de milhões de brasileiros, mas há detalhes nesse processo que podem passar despercebidos até mesmo pelos mais atentos.

Autor: Divulgação

5 coisas que (provavelmente) nunca te contaram sobre o Imposto de Renda

Lições para ter um matrimônio saudável e duradouro

No livro "Famílias Indestrutíveis", o pastor e especialista em aconselhamento familiar, Rafael Nery, explica como ter um lar estruturado à luz da Bíblia.

Autor: Divulgação


Como a integração entre indústria e universidade pode trazer benefícios

A parceria entre instituições de ensino e a indústria na área de pesquisa científica é uma prática consolidada no mercado que já rendeu diversas inovações em áreas como TI e farmacêutica.

Autor: Thiago Turcato


O setor de máquinas e equipamentos e a necessidade de investimentos

Na última semana do mês de fevereiro, O IBGE divulgou os dados de desempenho da economia brasileira do 4º trimestre de 2023.

Autor: Gino Paulucci Jr.

O setor de máquinas e equipamentos e a necessidade de investimentos

Como lidar com a “Geração Z” no mercado de trabalho

“Ninguém é produtivo o tempo inteiro, ninguém é feliz o tempo inteiro, mas é possível ser mais feliz e produtivo. E isso sem acabar com a saúde mental.”

Autor: Divulgação