Portal O Debate
Grupo WhatsApp


“Schumacher não consegue andar”, afirma advogado

“Schumacher não consegue andar”, afirma advogado

20/09/2016 Deutsche Welle

Em Processo movido contra revista, advogado nega especulações sobre possível melhora do estado de saúde do ex-piloto.

“Schumacher não consegue andar”, afirma advogado

O advogado de Michael Schumacher, Felix Damm, afirmou nesta segunda-feira (19/03) que o ex-piloto de Formula 1 alemão não consegue andar. A declaração foi feita no Tribunal Regional de Hamburgo durante um processo movido pelos familiares do heptacampeão contra a revista alemãBunte.

Em dezembro do ano passado, a revista publicou uma matéria na qual uma fonte afirmava, em anonimato, que o ex-piloto havia se recuperado e conseguia andar com ajuda de fisioterapeutas. Na época, a agente de Schumacher desmentiu a reportagem. Os familiares entraram na Justiça contra a publicação, acusando a Bunte de violação de privacidade.

"Schumacher não consegue andar", confirmou Damm perante o tribunal.

Em entrevista ao jornal alemão Express, o advogado ressaltou ainda que a afirmação da revista de que Schumacher estaria conseguindo dar passos com ajuda de fisioterapeutas também não é verdadeira.

Damm afirmou ainda que as informações sobre o estado de saúde do piloto são sigilosas e não dizem respeito ao público. No processo contra a revista, a família pede uma indenização que pode chegar a 100 mil euros.

Detalhes sobre o estado de saúde do piloto são mantidos em sigilo após o heptacampeão mundial ter sofrido graves ferimentos na cabeça em um acidente de esqui em dezembro de 2013, na estação de Méribel, na França.

As últimas declarações sobre Schumacher foram feitas pelo ex-presidente da Ferrari Luca di Montezemolo, que lamentou o estado de saúde do ex-piloto. "Infelizmente não é bom, não é tão bom como eu gostaria. Todo o mundo tem dito que ele era um esquiador veloz. Isso não é verdade. É por uma daquelas circunstâncias da vida que ele se encontra ainda na presente situação."



Portabilidade de crédito imobiliário cresce 200% em 2019

Número representa 6,4% dos contratos que poderiam ser alterados.

Portabilidade de crédito imobiliário cresce 200% em 2019

Casos de feminicídio crescem 22% em 12 estados durante pandemia

Números da violência contra a mulher caíram em apenas três estados.

Casos de feminicídio crescem 22% em 12 estados durante pandemia

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

O motivo da queda, segundo o IBGE, foi a pandemia do novo coronavírus.

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

Por que plano de saúde está tão caro?

Não é de hoje que os planos de saúde estão ficando cada vez mais caros.

Por que plano de saúde está tão caro?

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

De janeiro a abril foram 4.999.981 admissões e 5.763.213 demissões.

Brasil perde mais de 860 mil empregos formais em abril

Correios serão opção para fazer cadastro para auxílio emergencial

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Cliente vai receber R$ 15 mil por danos morais.

Banco é condenado por falha ao compensar cheque

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Do momento em que os casos de covid-19 começaram a aparecer fora da China, a moeda norte-americana acelerou o movimento de alta dos preços.

Dólar nas alturas: será que só existe desvantagem?

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

As fake news estão ultrapassando os prejuízos financeiros e de credibilidade nas empresas e invadindo o judiciário com dezenas de processos.

Fake news: da mídia à justiça (e vice-versa)

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Somente o BC pode emitir moeda e somente o TN pode emitir títulos e pagar as despesas do Governo Federal.

Por que emitir moeda em tempos de pandemia?

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O projeto-piloto que autoriza a realização de casamentos civis por videoconferência e escritura pública digital foi ampliado.

Cartórios do interior já podem realizar casamentos virtuais

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?

A crise causada pelo Coronavírus já vinha elevando o preço do dólar que, nos últimos tempos, estava apresentando patamares históricos.

O que está acontecendo com o dólar com a saída do Moro?