Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Senado aprova projetos para acabar com supersalários

Senado aprova projetos para acabar com supersalários

14/12/2016 Deutsche Welle

Proposta também inclui punição para quem pagar remunerações maiores que o limite permitido.

Senado aprova projetos para acabar com supersalários

O Senado aprovou na noite desta terça-feira (13/12) três projetos da Comissão Especial do Extrateto para acabar com supersalários no serviço público. O pacote reúne três propostas e foi apresentado pela relatora Kátia Abreu (PMDB-TO). As matérias seguem agora para a análise da Câmara dos Deputados.

O principal projeto deste pacote, o Projeto de Lei do Senado (PLS) 449/2016, determina que os rendimentos recebidos pelos agentes públicos, aposentados e pensionistas não poderão exceder o teto mensal de R$ 33,7 mil. Além do salário, este valor inclui benefícios como auxílios-moradia, creche, saúde e estudo.

Pagamentos de 13º salário, auxílio transporte, ajudas de custo para mudanças e bolsas pagas pelo órgão público para cursos de formação e de especialização, por exemplo, não serão contabilizados para o teto de R$ 33,7 mil.

De acordo com o projeto, o limite de rendimentos aplica-se também à soma das verbas recebidas por uma mesma pessoa, ainda que provenham de mais de um cargo ou emprego, de mais de uma aposentadoria ou pensão, ou de qualquer combinação possível entre esses rendimentos – inclusive quando originados de fontes pagadoras distintas.

"Um país onde o salário mínimo é R$ 870 não pode ter um teto do tamanho do que existe no Brasil. Nos outros países essa diferença é muito menor", argumentou Kátia Abreu.

Os senadores também aprovaram o projeto (PLS 451/2016) que estabelece como crime de improbidade administrativa o pagamento de salários acima desse teto constitucional. A medida pune quem pagar acima do teto e obriga o servidor a devolver os recursos recebidos.

Os parlamentares aprovaram ainda o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 450/2016, que prevê medidas para aumentar a transparência no acesso a informações sobre os pagamentos recebidos pelos servidores públicos.

Segundo a proposta, todos os portais de transparência seguirão o formato do Ministério Público Federal, com nomes dos funcionários públicos, CPFs, valores de salários, férias, décimo terceiro e auxílios. O objetivo é facilitar a fiscalização por parte dos órgãos responsáveis e pela sociedade.

"O contribuinte tem o direito de abrir um site e saber quanto ele está pagando para os servidores", disse Kátia Abreu.



Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

A medida passa a valer a partir do dia 7 de maio.

Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

Versão digital entra em operação até final do ano.

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

Os desafios de lidar com maternidade e realização profissional

A experiência da maternidade é o momento mais importante na vida da mulher, no entanto um dos mais preocupantes também.


Explore seu universo de possibilidades

Você sabia que o ser humano enfrenta em média 23 adversidades por dia?


Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Trabalho conjunto das Forças de Segurança, ação terá programação durante todo o mês.

Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Índice de endividados chegou a 77,7% em abril. O cartão de crédito é o principal motivo das dívidas.

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

A esperança é o combustível da vida

A esperança corresponde à aspiração de felicidade existente no coração de cada pessoa.

A esperança é o combustível da vida

Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


Propaganda eleitoral antecipada

A propaganda para as eleições neste ano só é permitida a partir do dia 16 de agosto.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros

Atualmente, os pets fazem parte da vida de mais de 80 milhões de lares brasileiros.

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros