Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Tite: muita estratégia e pouca coragem

Tite: muita estratégia e pouca coragem

10/07/2018 Alexandre Prates

Um gestor precisa fazer a coisa certa na hora certa!

Tite: muita estratégia e pouca coragem

Quem me acompanha sabe que assim como o Tite eu sou um adepto ao foco no desempenho. Em diversas declarações, o técnico da seleção brasileira enfatizou a importância de analisar e atuar nas diversas variáveis que envolvem o jogo, afinal, o resultado é consequência. Eu concordo com isso. E o Tite, em seus inúmeros discursos mostrou estar no controle da situação.

Eu não duvido que as variáveis estivessem todas mapeadas, que as ações foram bem planejadas, mas uma coisa é fato: estratégia sem coragem para fazer o que precisa ser feito, não gera um pleno desempenho e resultados.

Um gestor precisa fazer a coisa certa na hora certa!

O Tite não conhecia o temperamento do Neymar? Será que essa não foi uma variável analisada? Foram três jogos de quedas, firulas, encenações e provocações com os adversários. Somente nos dois últimos jogos, o Neymar decidiu se portar como um profissional do seu porte. As firulas tinham que ser sanadas no primeiro intervalo. “Mas e se isso desmotivar o Neymar?”. Tire o Neymar. Um membro do time não pode – jamais – ser desculpa para a subserviência do gestor.

O Gabriel Jesus é um craque, isso é incontestável. Os analistas de futebol disseram que ele estava jogando bem, se apresentando, movimentando etc. Mas ele é um camisa 9, espera-se que faça gols. Roberto Firmino o substituiu no jogo contra a seleção do México e marcou um gol alguns minutos depois. Obviamente, está em uma melhor fase. Um gestor precisa saber avaliar isso e dar a oportunidade para quem está em uma melhor fase. Isso não quer dizer que descartarei um craque, mas é preciso saber a hora de utilizar as peças que possui. Foram quatro jogos sem gols, precisamos perder no quinto para perceber que faltou um goleador no time? “Mas ele é boa pessoa, não quero que sinta-se mal”. Pensar nas pessoas é digno, mas se isso prejudica a estratégia, você deixou de pensar em todas as outras que dependiam da sua decisão.

E outa coisa, que história é essa de um capitão por jogo? Como isso? Todo time precisa de um líder e no futebol, o capitão tem esse papel. Como podemos chegar em uma Copa do Mundo sem um líder forte, um capitão que o time ouça e respeite? Um time sem líder não tem referência e, quando a pressão se apresenta, alguém precisa chamar a responsabilidade, erguer o time, ser a voz que acalma e motiva.

Como um bom corinthiano, sou fã do Tite, mas é nítido que ele tinha a estratégia nas mãos, mas faltou ser um gestor, de fato. Decisões difíceis precisam ser tomadas sem postergação. Os problemas não se resolvem, você resolve os problemas.

E para finalizar, um ponto de atenção e aprendizado para todos nós: não se exponha mais do que o necessário. Isso traz uma pressão desnecessária para você e todo o time. Será que era a hora do Tite fazer tantas campanhas publicitárias? O Neymar realmente precisava daqueles diversos cortes de cabelo? As famílias dos jogadores realmente deveriam estar tão presentes com os atletas? Quando vivemos a pressão de um momento importante, cuidar do nosso foco é fundamental? Tudo o que não contribuí com o desempenho deve ser evitado.

Eu sinceramente espero que a CBF não afaste o Tite, pois o maior erro de todos é não aproveitar a curva de aprendizado que a derrota pode proporcionar.

Texto: Alexandre Prates



Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

A medida passa a valer a partir do dia 7 de maio.

Postos terão duas formas de mostrar preços de combustíveis

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

Versão digital entra em operação até final do ano.

Governo lança portal com informações sobre o FGTS Digital

Os desafios de lidar com maternidade e realização profissional

A experiência da maternidade é o momento mais importante na vida da mulher, no entanto um dos mais preocupantes também.


Explore seu universo de possibilidades

Você sabia que o ser humano enfrenta em média 23 adversidades por dia?


Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Trabalho conjunto das Forças de Segurança, ação terá programação durante todo o mês.

Maio Amarelo alerta população sobre impactos dos acidentes de trânsito

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

Índice de endividados chegou a 77,7% em abril. O cartão de crédito é o principal motivo das dívidas.

Percentuais de endividados e inadimplentes são os maiores em 12 anos

A esperança é o combustível da vida

A esperança corresponde à aspiração de felicidade existente no coração de cada pessoa.

A esperança é o combustível da vida

Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


Propaganda eleitoral antecipada

A propaganda para as eleições neste ano só é permitida a partir do dia 16 de agosto.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros

Atualmente, os pets fazem parte da vida de mais de 80 milhões de lares brasileiros.

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros