Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

04/10/2021 Divulgação

Objetivo é coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

A partir de desta segunda-feira (4/10), as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h terão limite de R$ 1 mil. A medida foi aprovada pelo Banco Central (BC) em setembro, com o objetivo de coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

As contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pelas novas regras. A restrição vale tanto para transações por Pix, sistema de pagamento instantâneo, quanto para outros meios de pagamento, como transferências intrabancárias, via Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos.

O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos serão efetivados de 24 horas a 48 horas após o pedido, em vez de ser concedidos instantaneamente, como era feito por alguns bancos.

As instituições financeiras também devem oferecer aos clientes a possibilidade de definir limites distintos de movimentação no Pix durante o dia e a noite, permitindo limites mais baixos no período noturno. Ainda será permitido o cadastramento prévio de contas que poderão receber Pix acima dos limites estabelecidos, mantendo os limites baixos para as demais transações.

Na semana passada, o BC estabeleceu medidas adicionais de segurança para o sistema instantâneo de pagamentos, que entrarão em vigor em 16 de novembro. Uma delas é o bloqueio do recebimento de transferências via Pix a pessoas físicas por até 72 horas, caso haja suspeita de que a conta beneficiada seja usada para fraudes.

Para mais informações sobre PIX clique aqui.

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Agência Brasil




Lançada pedra fundamental da nova Apac Juvenil de Pouso Alegre

Frutal, no Triângulo Mineiro, foi a primeira cidade do país a inaugurar uma Apac Juvenil

Lançada pedra fundamental da nova Apac Juvenil de Pouso Alegre

Banco do Brasil prorroga inscrições para concurso

Candidatos podem se inscrever até 7 de agosto..


Minas Gerais tem novo prazo para exigência do CRLV

Certificado de 2019 passa a ter validade até 31 de dezembro de 2021.

Minas Gerais tem novo prazo para exigência do CRLV

Receita libera consulta a segundo lote de restituição do IR

Lote será o maior da história em valor e em número de contribuintes.

Receita libera consulta a segundo lote de restituição do IR

Dia Livre de Impostos promete descontos de até 70%

Na data, lojas vão vender online produtos sem taxa de tributação.

Dia Livre de Impostos promete descontos de até 70%

Alemanha contrata profissionais de enfermagem brasileiros

Enfermeiros e enfermeiras brasileiro(a)s que planejam trabalhar na Alemanha, podem realizar o exame de proficiência do Goethe-Institut.


Como o Coronavírus vai mudar os esportes para sempre

Veja quais mudanças que o Coronavírus causou no esporte e que podem ficar para sempre.

Como o Coronavírus vai mudar os esportes para sempre

Mudanças no Código de Trânsito alertam para segurança dos motociclistas

As alterações que atingem diretamente os motoqueiros já estão em vigor e podem mudar a forma de garantir uma pilotagem segura.

Mudanças no Código de Trânsito alertam para segurança dos motociclistas

Caixa inicia campanha de arrecadação de alimentos

Expectativa é doar 160 toneladas de mantimentos em 2021.

Caixa inicia campanha de arrecadação de alimentos

Outra pandemia assusta as famílias brasileiras: a da fome!

Falta alimentos para mais de 10 milhões de brasileiros e a LBV conta com a sua ajuda para continuar atendendo famílias em vulnerabilidade social e em risco alimentar. Não deixe pra depois, faça a sua parte. Colabore!


Violência doméstica já pode ser registrada no MG app

Serviço on-line funciona como canal direto com a Polícia Civil.

Violência doméstica já pode ser registrada no MG app