Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Árvores da Mata Atlântica são mapeadas com sensores remotos

Árvores da Mata Atlântica são mapeadas com sensores remotos

06/07/2016 Divulgação

Mapeamento está sendo realizado por pesquisadores do Inpe, Unicamp e UFRGS.

A localização exata de grupos de oito espécies de árvores nativas da Mata Atlântica foi mapeada na reserva florestal de Santa Genebra, na região de Campinas (SP), por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Para determinar a distribuição espacial de todas as 273 árvores mapeadas, os pesquisadores analisaram imagens aéreas feitas com tecnologia de sensoriamento remoto hiperespectral, que utiliza equipamentos capazes de “enxergar” além da luz visível ao olho humano e de formar imagens em alta resolução de todo o espectro eletromagnético, provendo detalhes sobre as propriedades físico-químicas dos materiais presentes na superfície observada, incluindo sua composição química ou bioquímica e sua morfologia.

“O levantamento de espécies arbóreas para mensuração da biodiversidade em florestas tropicais costuma ser feito por meio de trabalhos de campo, que são excessivamente dispendiosos e morosos. O mapeamento por meio de sensoriamento remoto reduz drasticamente os custos e o tempo do processo sem prejuízos à acurácia da identificação das espécies, facilitando o trabalho de conservação das árvores e da biodiversidade de toda a floresta, a começar pelo dossel florestal”, disse Matheus Pinheiro Ferreira, do Inpe, responsável pelo trabalho "Estudo da diversidade química e espectral de espécies arbóreas da Floresta Atlântica: implicações para o monitoramento por sensoriamento remoto", realizado com apoio da FAPESP.

O dossel florestal é o estrato superior das florestas, formado pela copa das árvores e que guarda a maior biodiversidade do planeta, contendo até 65% das formas de vida das florestas tropicais, onde atinge de 30 a 60 m de altura.

A precisão do mapeamento da distribuição espacial de espécies arbóreas fornece informações valiosas para ecologistas e gestores florestais, que as utilizam, entre outros propósitos, para localização de árvores matrizes, em torno das quais são recolhidas sementes para o trabalho de restauração florestal.

Das oito espécies mapeadas, três estão em risco de extinção: Aspidosperma polyneuron, a peroba-comum, muito utilizada em carpintaria, na fabricação, entre outros objetos, de vigas, tacos e móveis pesados; Cariniana legalis, a jequitibá-rosa, considerado a maior árvore nativa do Brasil, podendo atingir até 50 m de altura e um tronco com diâmetro de até 7 m; e Hymenaea courbaril, o jatobá, cuja madeira é, junto ao ipê e ao mogno, uma das mais valiosas e negociadas do mundo.

Fonte: Exame




Série mostra diversidade marinha da região de Abrolhos, na Bahia

Projeto Coral Vivo disponibiliza  o episódio ‘Amar o Mar’ no Youtube.

Série mostra diversidade marinha da região de Abrolhos, na Bahia

Boas expectativas para o saneamento

O novo marco legal do saneamento finalmente pode avançar.

Boas expectativas para o saneamento

Nova espécie de dinossauro é descoberta na Argentina

Fóssil teria cerca de 80 milhões de anos

Nova espécie de dinossauro é descoberta na Argentina

Precisamos falar sobre segurança hídrica

O debate pela segurança hídrica é interdisciplinar e envolve os campos político, social e científico.

Precisamos falar sobre segurança hídrica

Estudo mostra que 70% dos resíduos do mar brasileiro são plástico

Os dados foram divulgados pelo projeto Lixo Fora D’Água.

Estudo mostra que 70% dos resíduos do mar brasileiro são plástico

Projeto de Monitoramento de Praias registra mais de 8 mil aves marinhas

Lixo lançado no mar tem sido o grande inimigo das aves marinhas na costa brasileira.

Projeto de Monitoramento de Praias registra mais de 8 mil aves marinhas

O etanol do Brasil na luta contra mudanças climáticas

A ampliação do número de destinos reduz a dependência dos norte-americanos como compradores de nosso etanol.

O etanol do Brasil na luta contra mudanças climáticas

Qualidade da água é regular em 73% dos rios brasileiros, diz relatório

Relatório foi divulgado hoje pela Fundação SOS Mata Atlântica,

Qualidade da água é regular em 73% dos rios brasileiros, diz relatório

Mudanças climáticas agravam escassez de água

No Dia Mundial da Água, neste 22 de março, há pouco o que comemorar, diz o ambientalista Carlos Bocuhy.

Mudanças climáticas agravam escassez de água

Chegou a vez da bioeconomia

O dia 21 de março foi estabelecido como Dia Internacional das Florestas pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2012.

Chegou a vez da bioeconomia

Educação ambiental: os esforços começam na sala de aula

O mês de março é lembrado por comemorar anualmente, no dia 16, o Dia Nacional da Conscientização sobre Mudanças Climáticas.

Educação ambiental: os esforços começam na sala de aula

Brasileiro descobre novas espécies de samambaias na América do Sul e no Caribe

As descobertas mais recentes foram publicadas na edição de dezembro da revista científica do Jardim Botânica de Nova York.

Brasileiro descobre novas espécies de samambaias na América do Sul e no Caribe