Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Brasil precisará aumentar fornecimento de água 1,6% ao ano

Brasil precisará aumentar fornecimento de água 1,6% ao ano

23/09/2020 Divulgação

Estimativa é de estudo sobre demanda futura por água tratada no país.

Brasil precisará aumentar fornecimento de água 1,6% ao ano

Brasil precisa aumentar o fornecimento de água potável em 4,337 bilhões de metros cúbicos (m³) até 2040. A projeção, a partir da expectativa de crescimento econômico, do aumento da população e do aquecimento global, indica que o crescimento da demanda por água potável nas cidades será de 43,5% até o final da quarta década do século 21 – uma média de incremento de 1,6% ao ano.

O volume é próximo da demanda efetiva de consumo somada nos estados de São Paulo e Minas Gerais em 2017, e equivale ao volume que seria fornecido por 4,4 sistemas do porte do Sistema Cantareira, formado por seis reservatórios que abastecem quase 9 milhões de habitantes da Grande São Paulo.

Os números são do estudo Demanda Futura por Água Tratada nas Cidades Brasileiras – 2019 a 2040, elaborado pelo Instituto Trata Brasil e pela The Nature Conservancy (TNC). O Trata Brasil é uma organização da sociedade civil de interesse público (oscip) formada por empresas da área saneamento básico, e a TNC é uma organização não governamental (ONG) ambiental que tem sede nos Estados Unidos e desenvolve atividades em diversos países, inclusive o Brasil.

Desperdício e preservação ambiental
A eventual diminuição do desperdício de água tratada nas redes de abastecimento e o uso racional dos recursos hídricos podem ajudar no atendimento da demanda projetada, diz o estudo. O volume de água desperdiçada no ano de 2017 foi calculado em 3,815 bilhões de m³  – 88% do volume que, segundo o estudo, deve ser acrescido até 2040. A perda de água causa prejuízo de R$ 12 bilhões.

Fonte: Agência Brasil



Projeto prevê revitalização na bacia do Rio Urucuia em Minas Gerais

Governo Federal lança projeto que prevê plantio de 4,5 milhões de mudas de espécies do Cerrado

Projeto prevê revitalização na bacia do Rio Urucuia em Minas Gerais

Verão na Europa foi um dos mais quentes já registrados

Temperatura entre junho e agosto foi 1º Celsius acima da média.

Verão na Europa foi um dos mais quentes já registrados

Estudo constata redução de 15% da superfície de água no Brasil em 36 anos

Para evitar queimadas, é preciso investir em conscientização ambiental

Os números são alarmantes e indicam que as condições de fogo em todos os cantos do Brasil serão catastróficas.

Para evitar queimadas, é preciso investir em  conscientização ambiental

Ambev transforma suas geladeiras em ecológicas

Além da redução das emissões de gás carbônico, operação desses refrigeradores geraram economia de até 50% de energia elétrica.

Ambev transforma suas geladeiras em ecológicas

A importância da economia circular

Economia circular é todo o processo de produção e descarte sustentável.

A importância da economia circular

Como frear o aquecimento global: a parte que cabe a cada um

Nesta semana, li uma anedota muito interessante. Uma conversa entre duas pessoas.

Como frear o aquecimento global: a parte que cabe a cada um

Pandemia e sustentabilidade

O Brasil já ultrapassou a marca de 570 mil mortos pela Covid-19, o que representa mais de 10% dos óbitos pela doença no mundo (que soma 4,39 milhões de pessoas).

Pandemia e sustentabilidade

Os impactos proporcionados pelos resíduos da construção civil

Segundo a Semad, os detritos gerados pela construção civil podem estar próximos de 70% da massa total de resíduos gerados nos municípios.

Os impactos proporcionados pelos resíduos da construção civil

O frisson pela exploração mineral

Não existe país em todo o mundo com uma política regulatória da extração mineral com tantos avanços, em tão pouco tempo, quanto a do Brasil.

O frisson pela exploração mineral

BNDES cria Fundo Socioambiental para apoiar educação, ambiente e emprego

Banco disponibilizará R$ 100 milhões em recursos não-reembolsáveis para incentivar projetos.


Geração de resíduos domiciliares e urbanos cresce na pandemia

Abrelpe destaca que reciclagem não aumenta na mesma proporção.

Geração de resíduos domiciliares e urbanos cresce na pandemia