Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Compostagem doméstica: fácil e sustentável

Compostagem doméstica: fácil e sustentável

17/01/2019 Da Redação

Especialista ensina a realizar em casa o processo de transformação do lixo orgânico em adubo.

Compostagem doméstica: fácil e sustentável

A compostagem é o processo de reaproveitamento da matéria orgânica encontrada no lixo, na intenção de transformá-la em uma fonte de nutrientes que quando misturada a terra funciona como fertilizante. A técnica muito utilizada em grande escala na agricultura também pode ser reproduzida domesticamente e aplicada em plantas, hortas e jardins.

Para Bruno José Esperança, diretor geral da Esalflores, maior floricultura e Garden Center do Sul do país, o processo de compostar é um grande aliado no cuidado com o meio ambiente, pois colabora com a redução dos resíduos orgânicos produzidos em residências. “A compostagem permite que restos de alimentos e outros tipos de sobras orgânicas sejam reaproveitadas contribuindo com a diminuição do volume de compostos descartados em lixões. Além de evitar a utilização de fertilizantes sintéticos”, explica Bruno.

O especialista ainda alerta que é preciso ter cuidado com os resíduos utilizados. “Nem todos os restos orgânicos podem ser utilizado na compostagem. Lixo comum, restos de carne, laticínios e óleos não são indicados. Já restos de verduras e legumes, cascas de frutas, borras de café, cascas de ovos e serragem são ideais”, detalha.

Passo a passo para montagem da composteira caseira

O processo de compostagem doméstica é simples e exige apenas 3 caixas plásticas escuras (sendo uma com tampa), folhas secas e galhos pequenos e cerca de 100 minhocas. “As caixas serão empilhadas em três níveis. Nas duas caixas superiores será feira a compostagem, elas devem ter pequenos furos que serão responsáveis pela comunicação entre uma caixa e outra. A caixa inferior será utilizada apenas para coletar o resíduo líquido orgânico”, explica Esperança.

O primeiro passo é forrar o fundo da caixa superior com as folhas secas e pequenos galhos ou serragem. Esta primeira camada vai funcionar como dreno para a composteira. Em seguida deve-se colocar a terra com minhocas e logo acima os resíduos orgânicos. É importante que os resíduos sejam cobertos com outra camada de folhas secas para contribuir com oxigenação.

Depois disso é só fechar a caixa e fazer depósitos diários até que ela seja preenchida. Assim que estiver completa basta passar essa caixa para baixo e subir uma vazia para recomeçar o processo. Não sendo necessário inserir novas minhocas. “Após três meses em média, já é possível coletar o húmus que pode ser utilizado como adubo. Na última caixa ficará acumulado o resíduo líquido orgânico. Diluído ele pode ser usado para regar plantas e hortas”, completa o especialista.

Fonte: P+G Comunicação Integrada 



Projeto no Cerrado recupera área de 110 mil campos de futebol

Ação ensinou 7,8 mil produtores rurais a usar práticas sustentáveis.

Projeto no Cerrado recupera área de 110 mil campos de futebol

A necessária educação ambiental à sociedade civil

A obrigação de conservação da natureza é de todos nós.


IBGE lança mapa com biomas brasileiros

O bioma da Amazônia ocupa 49,5% do território. Em segundo maior bioma é o Cerrado (23,3%),

IBGE lança mapa com biomas brasileiros

UFSCar e Cefet-MG produzem canudos biodegradáveis a base de amido da mandioca

Trabalho conjunto acontece no âmbito do Instituto Midas de Tecnologias Ambientais e aliou experiência na área de Química à Engenharia de Materiais.

UFSCar e Cefet-MG produzem canudos biodegradáveis a base de amido da mandioca

Equipe de vendas da Cerveja Corona vai ajudar a limpar as praias do nordeste

Marca de cerveja libera seus colaboradores de áreas litorâneas para mobilização, que acontece no dia 24 de outubro, em parceria com o IBAMA.

Equipe de vendas da Cerveja Corona vai ajudar a limpar as praias do nordeste

As dificuldades dos municípios no saneamento

A expansão da infraestrutura na área de saneamento é essencial para melhorar a qualidade de vida da população.

As dificuldades dos municípios no saneamento

Bioeconomia é tema de nova página digital da Embrapa

Bioeconomia é um modelo de produção que alia sustentabilidade e renda.

Bioeconomia é tema de nova página digital da Embrapa

Agenda 2030

Qual o papel da tecnologia no plano de ação mais importante do planeta?


Petrobras recolhe 200 toneladas de resíduos de óleo nas praias do Nordeste

Cerca de 1700 agentes ambientais contratados pela companhia atuaram na limpeza das áreas impactadas.

Petrobras recolhe 200 toneladas de resíduos de óleo nas praias do Nordeste

Minas consolida planos diretores em 90% das bacias hidrográficas

Até 2020, todas as 36 bacias presentes no estado serão contempladas.

Minas consolida planos diretores em 90% das bacias hidrográficas

A Gestão da Educação Ambiental

A gestão pública por meio da Educação Ambiental necessita difundir o conceito de futuras gerações.

A Gestão da Educação Ambiental

Processos de outorga de uso da água passa a ser 100% digital em Minas

Portaria do Igam também consolida normas em um só instrumento e padroniza prazo para apresentação de informações complementares.

Processos de outorga de uso da água passa a ser 100% digital em Minas