Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Costa da Paraíba tem uma nova Área de Proteção Ambiental

Costa da Paraíba tem uma nova Área de Proteção Ambiental

15/07/2019 Da Redação

Área de proteção aumenta para 10,7% a preservação costeira do estado da Paraíba

Costa da Paraíba tem uma nova Área de Proteção Ambiental

Uma nova Área de Proteção Ambiental (APA) localizada na costa da Paraíba aumenta para 10,7% a área de preservação costeira no estado. Antes da criação da APA, nomeada Naufrágio Queimado, apenas 0,5% da costa era protegida. Três embarcações naufragadas também estão incluídas na unidade de conservação.

Considerada atualmente a maior área de proteção do estado, ela se estende pelo litoral de João Pessoa e de Cabedelo e abrange uma área de aproximadamente 420 km² (cerca de 42 mil hectares). A APA vai possibilitar a preservação de recifes, peixes, crustáceos e outros animais – incluindo espécies ameaçadas, como tubarão-lixa, toninha e peixe-boi-marinho e proteção de desovas de tartarugas.

Os navios afundados no século passado, conhecidos como Alice, Alvarenga e Queimado, são atualmente habitados por corais e outras espécies marinhas, além de guardar fragmentos da história.

O projeto da área de proteção foi idealizado por professores e alunos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com financiamento da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Sua implementação tem como pontos principais: proteger a diversidade biológica marinha; disciplinar o turismo ecológico, científico e cultural; fortalecer e estimular atividades econômicas sustentáveis no local; proteger o patrimônio arqueológico marinho; e assegurar o uso responsável dos recursos naturais.

Foto: Braulio Santos
Fonte: Agência Brasil



Alertas de desmatamento crescem 223% na Amazônia, segundo Inpe

Área desflorestada da Amazônia, em 2019, cresceu 92% ao registrado no mesmo período do ano passado.

Alertas de desmatamento crescem 223% na Amazônia, segundo Inpe

Oceanos são o verdadeiro pulmão do mundo, diz pesquisador

Em evento realizado no Rio de Janeiro, cientistas, atletas, jornalistas, influenciadores e artistas discutiram a importância dos ecossistemas marinhos para a sobrevivência na Terra.

Oceanos são o verdadeiro pulmão do mundo, diz pesquisador

Ambev seleciona startups com soluções socioambientais

As inscrições estão abertas para a 2ª edição do programa; o melhor projeto será premiado com R$ 100 mil.

Ambev seleciona startups com soluções socioambientais

A propósito das sacolas de plástico

O plástico é mais solução do que problema se for bem manejado e processado.

A propósito das sacolas de plástico

A água que você não vê

Feche a torneira ao escovar os dentes! Banho de 5 minutos! Lave o carro e o quintal com balde e não com mangueira!


Focos de queimadas batem recorde no Brasil

Queimadas no país já ultrapassam 70 mil pontos em 2019.

Focos de queimadas batem recorde no Brasil

Como a comunicação pode engajar a sociedade na preservação dos oceanos

Conexão Oceano abordará a relação do oceano com o nosso dia a dia e o papel da comunicação para a sensibilização da comunidade.

Como a comunicação pode engajar a sociedade na preservação dos oceanos

Julho de 2019 foi o mês mais quente da história mundial

2019 foi o ano com maiores temperaturas até o momento em partes da América do Sul e do Norte, Ásia, Austrália e Nova Zelândia.

Julho de 2019 foi o mês mais quente da história mundial

População de animais em florestas cai pela metade desde 1970

WWF aponta que a situação é particularmente crítica na Amazônia e em outras florestas tropicais.

População de animais em florestas cai pela metade desde 1970

A questão das embalagens na sustentabilidade

A questão dos cuidados com o meio ambiente é uma realidade.

A questão das embalagens na sustentabilidade

ONU faz alerta sobre produção global de alimentos

Relatório sugere a redução do consumo de carne por meio de dietas com base em plantas.

ONU faz alerta sobre produção global de alimentos

Paris quer se tornar mais verde até 2020

A ideia é criar novos parques e jardins urbanos com o plantio de 20 mil novas árvores na cidade.

Paris quer se tornar mais verde até 2020