Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fenômenos distantes podem afetar incêndios no Brasil

Fenômenos distantes podem afetar incêndios no Brasil

19/11/2020 Divulgação

Pesquisador aborda onda de incêndios na Amazônia e Pantanal e seus motivadores em diferentes escalas.

Fenômenos distantes podem afetar incêndios no Brasil

Você sabe o que é teleacomplamento e como isso pode ajudar a explicar a relação de eventos em locais e épocas diferentes com os incêndios no Brasil? O termo designa repercussões ambientais e socioeconômicas que ocorrem em consequência de sistemas naturais ou influenciados pelo homem que estão operando em locais distantes entre si.

"É uma junção teórica que empresta ideias de globalização da economia e de processos físicos naturais, como o clima em escala global", detalha o biólogo Alexander Vicente Christianini, professor do Departamento de Ciências Ambientais (DCA-So) do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

A partir do conceito de teleacomplamento, o pesquisador explica, por exemplo, como o comércio entre Brasil e China pode estar relacionado a incêndios em áreas naturais. "Uma demanda aumentada de carne e grãos por parte da China, por exemplo, favorece a conversão de áreas utilizadas originalmente para outros cultivos ou até mesmo a conversão de áreas de floresta para pastagens na Amazônia e a intensificação da pecuária no Pantanal. Parte dessas motivações está por trás da grande onda de incêndios que temos presenciado este ano nestas duas regiões do Brasil", alerta o docente da UFSCar.

Mas, os incêndios que transformam áreas naturais em pastagens podem prejudicar a agropecuária. Segundo o professor, há sinais de que a perda de floresta na Amazônia pode comprometer a chuva no Centro-Sul do Brasil, que responde por boa parte do agronegócio de exportação e da economia do País. "Todas essas mudanças geram ao mesmo tempo pressões conflitantes na sociedade, seja pela intensificação da exploração agropecuária de áreas naturais, seja pela conservação ou exploração mais racional dessas áreas", diz ele.

O assunto foi tema do texto "Arde el Brasil de Bolsonaro: contexto global de un desastre ecológico", escrito em parceria com o professor Daniel García, da Universidad de Oviedo, na Espanha, e publicado no Jornal TheConversation (de livre acesso), que pode ser acessado na íntegra em https://bit.ly/2IQYaSr. A publicação faz parte das atividades de Christianini em discutir conflitos entre conservação e desenvolvimento econômico, e conta com colaborações de estudiosos que pesquisam o impacto do fogo na vegetação e fauna do Cerrado. O docente também participa de um grupo de trabalho em políticas públicas da Associação Brasileira de Ciência Ecológica e Conservação (Abeco).

Fonte: UFSCar



Réptil de 225 milhões de anos não é pterossauro, mostra estudo

Conclusão é de pesquisadores brasileiros em artigo na revista PeerJ.

Réptil de 225 milhões de anos não é pterossauro, mostra estudo

Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Conspiração Mineira pelo Plantio de Árvores é apresentada pela ACMinas.

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Estudo avalia a situação hídrica da Bacia do Rio da Prata, em Presidente Olegário

Diagnóstico de Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP) faz parte das ações do Programa Restaurar, estruturado pelo Sebrae Minas, no noroeste do estado.

Estudo avalia a situação hídrica da Bacia do Rio da Prata, em Presidente Olegário

Brasil registra reciclagem de 98,7% de latas de alumínio em 2021

Índice é o maior já alcançado pelo setor.

Brasil registra reciclagem de 98,7% de latas de alumínio em 2021

Onça-parda é vista em área onde era considerada extinta no Rio de Janeiro

Reserva ambiental fica em Maricá, na região metropolitana.

Onça-parda é vista em área onde era considerada extinta no Rio de Janeiro

Livro mostra biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu

Publicação tem imagens e infográficos para explicar como é o trabalho de conservação na região e curiosidades sobre espécies.

Livro mostra biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu

Acordo prevê remuneração para conservação de florestas

Estudo de viabilidade será feito em duas etapas.

Acordo prevê remuneração para conservação de florestas

Copasa prevê investir R$ 34 milhões na recuperação de nascentes em 2022

Investimento no programa Pró-Mananciais é recorde; nos últimos cinco anos, companhia empregou R$ 62 mi na revitalização de minas, córregos e rios.

Copasa prevê investir R$ 34 milhões na recuperação de nascentes em 2022

Inmet lança documento com informações meteorológicas de 30 anos

Dados do Inmet mostram elevação das temperaturas e maior frequência de chuvas intensas no Brasil.

Inmet lança documento com informações meteorológicas de 30 anos

Apenas 7% dos rios da Mata Atlântica apresentam água de boa qualidade

Dados são divulgados no Dia Mundial da Água, comemorado neste 22 de março.

Apenas 7% dos rios da Mata Atlântica apresentam água de boa qualidade

São Paulo inaugura programa que plantará um milhão de árvores pelo Brasil

União Química, em parceria com a ONG Ipê e o Centro de Educação Ambiental de Guarulhos, já começa a plantar 100 mil mudas de árvores nativas no estado.

São Paulo inaugura programa que plantará um milhão de árvores pelo Brasil