Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil

Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil

18/04/2019 Da Redação

Publicação mostra diferenças entre baleias, golfinhos e peixe-boi.

Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil

O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos (CMA), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), acaba de lançar o Guia Ilustrado de Identificação de Cetáceos e Sirênios do Brasil. A publicação mostra as principais diferenças físicas entre baleias, golfinhos e peixe-boi.

No guia, o interessado encontrará os tipos de nadadeiras (dorsal, caudal, peitoral), as características da cabeça, o peso, as medidas, além de hábitos alimentares de cada espécie. A publicação traz ainda as principais ameaças e o mapa de distribuição dos mamíferos aquáticos no Brasil.

O objetivo é permitir que leigos, amantes da natureza e pessoas que trabalham próximo ao habitat dos animais (turistas, pescadores, mergulhadores, salva-vidas, estudantes e outros) possam identificar, de forma rápida e eficiente, os cetáceos e sirênios.

Confira algumas curiosidades contidas no guia:

- Baleias são enormes, mas se alimentam de pequenos peixes ou krill (pequenos crustáceos). Algumas pessoas têm medo de baleias, pois pensam que elas podem atacar para se alimentar. Na verdade, a entrada do esôfago (garganta) não é larga o suficiente para engolir um humano.

- Peixe-boi não é peixe. É mamífero aquático (mamam quando filhotes). Possuem pulmões e por isso precisam ir a superfície para respirar. O nome peixe-boi vem da associação com dois outros animais: peixe, por viveram na água, e boi, por serem gordinhos e comerem apenas capim e plantas aquáticas.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente



Como transformar a nossa relação com a natureza?

Falar em meio ambiente não é algo abstrato.

Como transformar a nossa relação com a natureza?

Cerrado tem 5% da biodiversidade do mundo

O Cerrado é o segundo maior domínio brasileiro com um território de 1,5 milhão de km².

Cerrado tem 5% da biodiversidade do mundo

Alertas de desmatamento crescem 223% na Amazônia, segundo Inpe

Área desflorestada da Amazônia, em 2019, cresceu 92% ao registrado no mesmo período do ano passado.

Alertas de desmatamento crescem 223% na Amazônia, segundo Inpe

Oceanos são o verdadeiro pulmão do mundo, diz pesquisador

Em evento realizado no Rio de Janeiro, cientistas, atletas, jornalistas, influenciadores e artistas discutiram a importância dos ecossistemas marinhos para a sobrevivência na Terra.

Oceanos são o verdadeiro pulmão do mundo, diz pesquisador

Ambev seleciona startups com soluções socioambientais

As inscrições estão abertas para a 2ª edição do programa; o melhor projeto será premiado com R$ 100 mil.

Ambev seleciona startups com soluções socioambientais

A propósito das sacolas de plástico

O plástico é mais solução do que problema se for bem manejado e processado.

A propósito das sacolas de plástico

A água que você não vê

Feche a torneira ao escovar os dentes! Banho de 5 minutos! Lave o carro e o quintal com balde e não com mangueira!


Focos de queimadas batem recorde no Brasil

Queimadas no país já ultrapassam 70 mil pontos em 2019.

Focos de queimadas batem recorde no Brasil

Como a comunicação pode engajar a sociedade na preservação dos oceanos

Conexão Oceano abordará a relação do oceano com o nosso dia a dia e o papel da comunicação para a sensibilização da comunidade.

Como a comunicação pode engajar a sociedade na preservação dos oceanos

Julho de 2019 foi o mês mais quente da história mundial

2019 foi o ano com maiores temperaturas até o momento em partes da América do Sul e do Norte, Ásia, Austrália e Nova Zelândia.

Julho de 2019 foi o mês mais quente da história mundial

População de animais em florestas cai pela metade desde 1970

WWF aponta que a situação é particularmente crítica na Amazônia e em outras florestas tropicais.

População de animais em florestas cai pela metade desde 1970

A questão das embalagens na sustentabilidade

A questão dos cuidados com o meio ambiente é uma realidade.

A questão das embalagens na sustentabilidade