Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Hábitos e atitudes que ajudam a combater o aquecimento global

Hábitos e atitudes que ajudam a combater o aquecimento global

25/01/2019 Da Redação

É cada vez mais nítida a influência dos níveis de poluição da atmosfera da terra no aumento da temperatura do planeta nas últimas décadas.

Hábitos e atitudes que ajudam a combater o aquecimento global

Existem muitas empresas que já estão se movimentando para tentar minimizar os impactos de seus negócios no meio ambiente, da mesma forma que em muitas cidades existem projetos, como as iniciativas de Campina Grande na Paraíba, que buscam conscientizar a população sobre os riscos que o aquecimento global traz para as próximas gerações.

Veja como você também pode contribuir para minimizar esses problemas num futuro próximo.

1 – Apagar as luzes quando sair dos ambientes

Num primeiro momento você pode achar que como a energia elétrica é gerada com o uso de água ela não tem nenhuma relação com o aquecimento do planeta.

O problema é que em determinados meses do ano, como no inverno, os níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas ficam com seus níveis muito baixos.

Com isso, para que não ocorram os famosos apagões as usinas termoelétricas são acionadas para absorver a demanda.

Ao apagar as luzes quando sair dos ambientes você ajuda a reduzir o consumo de energia que pode ter de ser gerada pelas termoelétricas, que acabam lançando grandes quantidades de poluentes na atmosfera.

E a sua conta também vai ficar mais barata.

2 – Diminuir sua produção de lixo

As cidades produzem cada vez mais lixo doméstico, que acaba tendo como destino os aterros sanitários já superlotados e a beira de um colapso.

Mesmo que você faça a separação correta do lixo na sua casa, separando o orgânico do reciclável, os dois tipos terão de ser transportados, seja para os centros de reciclagem ou para os aterros, com o uso de caminhões que lançam seus gases poluentes na atmosfera.

Por isso apenas separar corretamente seus resíduos não é o suficiente para contribuir com a redução na emissão de gases poluentes.

3 – Reduzir o consumo de carne

O desmatamento causado pela indústria de carne, principalmente bovina, é algo gigantesco.

Quanto mais as empresas desse mercado crescem e precisam aumentar sua produção maior é o espaço necessário para que o gado possa pastar e se desenvolver até o momento do abate.

Estima-se que mais de 60% de toda a produção de gases de efeito estufa produzido pelo Brasil tenha sua origem na agropecuária.

Por isso pode ser uma boa ideia reavaliar a sua alimentação.

Existem muitos estudos que mostram que a carne vermelha pode trazer sérios problemas de saúde no longo prazo.

Ao substituir a carne vermelha de suas refeições por outras fontes de proteínas você ajuda a melhorar a saúde do mundo, e a sua própria.

4 – Utilizar menos o carro

Enquanto os carros elétricos não dominam o mercado é altamente inteligente deixar o carro na garagem o maior número possível de dias.

Tanto o processo de produção dos automóveis de todos os tipos quanto o processo de combustão que eles utilizam são responsáveis para o aumento gigantesco nos níveis de poluição na atmosfera nas últimas décadas.

Utilizar o transporte público pode ser uma saída, mas ônibus e vans também emitem os mesmos poluentes.

O ideal é fazer percursos menores a pé, ou de bicicleta.

5 – Evitar o uso de materiais descartáveis

Materiais descartáveis, como copos e canudos, são péssimos para o meio ambiente.

Esse tipo de produto é usado por poucos minutos apenas, mas o seu processo de produção emite quantidades consideráveis de poluentes na atmosfera que contribuem muito para o surgimento de problemas relacionados ao aquecimento de todo o planeta.

Além disso, uma quantidade enorme desses produtos é descartada sem qualquer critério em ruas, e na própria natureza, levando muito tempo para que consigam se decompor.

Conclusão

Empresas e países são responsáveis diretos por grande parte do problema do aquecimento global, mas as pessoas comuns também podem fazer a sua parte.

Com essas pequenas atitudes é possível contribuir para deixar um mundo menos poluído e habitável para as próximas gerações.



Lei que proíbe canudos de plástico começa a valer em São Paulo

Multa no estado pode resultar em multa de até R$ 5,5 mil.

Lei que proíbe canudos de plástico começa a valer em São Paulo

Ações de reparação na bacia do rio Doce vão ultrapassar R$ 12 bilhões em 2020

Trabalho em andamento gera 6,2 mil empregos e R$ 128,7 milhões em impostos para as prefeituras; contratação local é prioridade.

Ações de reparação na bacia do rio Doce vão ultrapassar R$ 12 bilhões em 2020

Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico

Expectativa é que lavouras da Cenoura BRS sejam mais produtivas.

Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico

Startup brasileira apresenta na Bélgica solução para descarte ilegal de lixo após escândalo europeu

Em janeiro, a Malásia devolveu 42 contêineres de lixo plástico importados ilegalmente do Reino Unido.

Startup brasileira apresenta na Bélgica solução para descarte ilegal de lixo após escândalo europeu

Cidades devem planejar para enfrentar as águas

O verão 2019/2020 já entrou para a história como um dos mais marcantes pelos impactos causados pelas chuvas em importantes municípios brasileiros.

Cidades devem planejar para enfrentar as águas

Trabalho informal nos lixões: um risco à vida dos catadores

A falta da gestão de resíduos vai além dos impactos negativos na economia brasileira e na saúde pública.

Trabalho informal nos lixões: um risco à vida dos catadores

Para onde vai o lixo do material de limpeza?

Com a crise da água no Rio, especialista da empresa Oceano -- Gestão de Resíduos alerta para a importância do descarte responsável dos chamados micropoluentes.

Para onde vai o lixo do material de limpeza?

Reino Unido proibirá venda de novos carros a gasolina e diesel a partir de 2035

O Reino Unido também se comprometeu a alcançar a neutralidade de carbono até 2050.

Reino Unido proibirá venda de novos carros a gasolina e diesel a partir de 2035

Brasileiros acreditam que temperatura média global vai subir em 2020

Mesmo com o índice alto, Brasil está entre os países que menos se preocupa com o tema.

Brasileiros acreditam que temperatura média global vai subir em 2020

Emissões de gases podem elevar temperatura em 3 graus

Alerta é de Thelma Krug, do Painel sobre Alterações Climáticas.

Emissões de gases podem elevar temperatura em 3 graus

Crise climática favorece o desenvolvimento de mosquito da dengue

Somente em 2019, mais de 2,7 milhões de casos de dengue foram registrados na América Latina.

Crise climática favorece o desenvolvimento de mosquito da dengue

Economia circular é urgente

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que a utilização global de materiais triplicou nos últimos 50 anos.