Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Net Zero: como aplicar estratégias de redução de carbono para a sua empresa?

Net Zero: como aplicar estratégias de redução de carbono para a sua empresa?

25/10/2021 Divulgação

Entre as possibilidades de compensação estão o investimento em restauração e plantio de florestas, projetos de geração de energia renovável, entre outras.

Net Zero: como aplicar estratégias de redução de carbono para a sua empresa?

Imagine um atleta que tem como objetivo principal ganhar uma medalha de ouro nas Olimpíadas de 2028. E então, ao invés de treinar para chegar ao pódio, ele resolve comprar a medalha de um atleta que já a conquistou em uma Olimpíada anterior. Parece um absurdo, não é? Esse é o princípio do net zero, termo atribuído a uma organização que tem o compromisso de manter suas emissões de carbono líquidas iguais a zero a partir da compensação do gás emitido.

“Ao declarar uma meta net zero, uma organização assume o compromisso de garantir que suas emissões líquidas de dióxido de carbono (CO2) sejam iguais a zero até uma determinada data. Mas isso não é a mesma coisa que dizer que a empresa não vai mais emitir carbono, e sim que ela vai compensar o carbono emitido de alguma forma”, explica Mariana Schuchovski, professora de Sustentabilidade do ISAE Escola de Negócios e Fundadora da Verde Floresta. Entre as possibilidades de compensação estão o investimento em restauração e plantio de florestas, projetos de geração de energia renovável, entre outras.

Contudo, segundo a especialista, o que mais temos visto são empresas declarando suas metas carbono neutro até 2030, ou até 2050, sem sequer um plano atrelado. “Antes de se tornar net zero, é necessário que a empresa compreenda a magnitude de suas emissões de gases de efeito estufa a partir de três passos fundamentais: realize o inventário e monitoramento de suas emissões e os seus impactos; análise como evitar ou ao menos reduzir suas emissões; empreenda esforços para a neutralização das emissões que não foram passíveis de prevenção e mitigação”, destaca.

O mesmo acontece para os pequenos negócios. “Quanto menor um negócio, em tese, menores serão seus impactos. Assim, micro empresas emitirão menores quantidades de carbono e outros gases de efeito estufa e, portanto, terão menores demandas de compensação caso queiram se tornar neutras. Mas o caminho a seguir precisa ser o mesmo, passando pelas três etapas citadas anteriormente”, afirma Schuchovski.

Não dá para alcançar a medalha de ouro sem treinar. Assim como não dá para ser net zero sem uma estratégia atrelada. “Os recursos naturais se tornarão cada vez mais escassos e caros, independentemente de uma compensação empresarial. Por isso, é preciso refletir: o quanto o seu negócio está preparado para as consequências das mudanças climáticas? Afinal, tornar-se net zero é só a ponta do iceberg, o que vai realmente fazer a diferença ao planeta é a maneira como as empresas enxergam a sustentabilidade”, finaliza a especialista do ISAE Escola de Negócios.

Para mais informações sobre Meio Ambiente clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: P+G Comunicação Integrada



Degradação ambiental: recuperação de florestas, economia, saúde e vida

O Brasil se movimenta para discutir as questões ambientais, e diversos países já acenam para os investimentos vindos do setor privado.

Degradação ambiental: recuperação de florestas, economia, saúde e vida

Cultivo de árvores nativas brasileiras gera retorno ao investimento de até 28,4% ao ano

Estudo analisou 40 projetos em oito estados brasileiros. Quatro deles ficam em Minas Gerais.

Cultivo de árvores nativas brasileiras gera retorno ao investimento de até 28,4% ao ano

Mercado de créditos de carbono no Brasil

A solução mercadológica é criticada por parte dos ambientalistas.

Mercado de créditos de carbono no Brasil

Censo indica estabilidade de onças-pintadas na fronteira entre Argentina e Brasil

Caça, desmatamento, atropelamentos e redução de seu habitat são as principais ameaças da espécie.

Censo indica estabilidade de onças-pintadas na fronteira entre Argentina e Brasil

Colonização espacial será a nova fronteira da humanidade, afirma Biólogo brasileiro

"Em breve deveremos conhecer todas as espécies do planeta e seus DNAs."

Colonização espacial será a nova fronteira da humanidade, afirma Biólogo brasileiro

O gerenciamento de resíduos eletroeletrônicos pelas transportadoras

Depois da instituição do Decreto que obriga a coleta de produtos elétricos, transportadoras passam a incluí-los nos seus serviços de logística reversa.

O gerenciamento de resíduos eletroeletrônicos pelas transportadoras

Museu Nacional anuncia descoberta de dinossauro muito raro

Esqueleto foi encontrado em Cruzeiro do Oeste, noroeste do Paraná.

Museu Nacional anuncia descoberta de dinossauro muito raro

Pesquisa indica nível de evaporação de água de represas brasileiras

Evaporação em 2019 consumiu quase 28 trilhões de água em 2019.

Pesquisa indica nível de evaporação de água de represas brasileiras

Empresa transforma palha de trigo em lenços descartáveis, papel higiênico e guardanapos

Essity á a primeira companhia do setor de papel higiênico a utilizar essas sobras agrícolas em escala industrial.


Líderes mundiais prometeram conter o desflorestamento até 2030

Uma declaração conjunta será adotada por mais de 100 países onde se situam 85% das florestas mundiais.

Líderes mundiais prometeram conter o desflorestamento até 2030

Um ultimato para a humanidade

Uma prova do impacto da elevação da temperatura do planeta é a maior ocorrência dos chamados “eventos climáticos extremos”.

Um ultimato para a humanidade

Importância da COP 26 para o Brasil e o setor privado

A 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a ser realizada em Glasgow, na Escócia, de 31 de outubro a 12 de novembro deste ano, terá dois focos prioritários.

Importância da COP 26 para o Brasil e o setor privado