Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O frisson pela exploração mineral

O frisson pela exploração mineral

04/08/2021 Tasso Mendonça

Não existe país em todo o mundo com uma política regulatória da extração mineral com tantos avanços, em tão pouco tempo, quanto a do Brasil.

O frisson pela exploração mineral

A implantação da Agência Nacional de Mineração (ANM) no Brasil ocorreu há apenas dois anos, mas seu impacto no setor extrativista do país chama a atenção de grandes, médios e até pequenos investidores. Os principais motivos são a disponibilização de novas áreas para pesquisa e lavra e a celeridade dos projetos que visam iniciar as operações de exploração e de produção mineral.

Outro ponto que tem chamado a atenção dos empreendedores   é o fato da ANM estar viabilizando a regulação para que os títulos minerários possam ser apresentados como ativos garantidores para o acesso a empréstimos bancários e para investimentos de capitais, ou seja, os investimentos poderão ter como garantia a própria área requerida.

O resultado é uma grande alta na expectativa de novos investimentos no setor. A estimativa é que haja uma maior injeção de capitais, além dos US$ 38 bilhões garantidos até 2024, que deverão vir de novos agentes interessados em apostar na mineração brasileira.

De fato, o balanço da indústria mineral brasileira alcançou números tão positivos que, desde o início da pandemia foi o que apresentou as melhores performances econômicas do país. Até março deste ano, suas exportações, sobretudo de minério de ferro, haviam crescido 11%, alcançando 371 milhões de toneladas em remessas e um faturamento R$ 70 bilhões – um superávit de US$ 10,7 bilhões* na balança comercial (* O saldo do setor mineral correspondeu a 135% do saldo Brasil no 1T21) Fonte: Comex Stat.

Vale ressaltar que grandes analistas e profissionais da mineração em âmbito global têm avaliado de forma positiva o cenário nacional, e atribuem parte disso à Agência e a ascensão de intensão dos investimentos em exploração e produção mineral no país nos próximos anos. Atualmente, não existe país em todo o mundo com uma política regulatória da extração mineral com tantos avanços, em tão pouco tempo, quanto a do Brasil. A oferta de áreas, a desburocratização e uma positiva agenda regulatória, onde a maioria dos temas prioritários serão tratados, constituem-se em um marco que atende aos anseios de investidores nacionais e internacionais, mas sem comprometer o meio ambiente e a segurança jurídica.

O Brasil pode e deve se gabar de ter encontrado um caminho para um equilíbrio entre os interesses econômicos e a sustentabilidade ambiental e social. Um dos méritos mais recentes da Agência foi ter liberado para exploração nada menos que dez mil novas áreas, através de edital, além novas formas de diálogo com a sociedade que é chamada a se manifestar nos temas relevantes da mineração, incluindo um intensivo programa de resolução de conflitos e regularização de áreas de garimpagem e de mineração de pequena escala. Não é por acaso que há um frisson em escala global pela exploração mineral no país. Os números tendem a ser bastante positivos daqui em diante.

* Tasso Mendonça - Diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM).

Para mais informações sobre Mineração clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Naves Coelho Comunicação



O que são mesmo as cidades inteligentes? A Mantiqueira ensina

Vivemos um momento histórico de perplexidade e ruptura com os nossos padrões.

O que são mesmo as cidades inteligentes? A Mantiqueira ensina

Mercado de gestão de créditos de carbono é a aposta da Ecofix

Agronegócio passa a contar com um novo sistema de gestão de commodities ambientais que comercializa e monitora créditos por Pagamentos de Serviços Ambientais.

Mercado de gestão de créditos de carbono é a aposta da Ecofix

O Brasil no coração da conservação mundial da natureza

O Congresso trouxe esperança para todos que estão comprometidos com a conservação da natureza em nosso país.

O Brasil no coração da conservação mundial da natureza

Brasil pode gerar até US$100bi em receitas de créditos de carbono até 2030

Projeção feita pela WayCarbon em estudo encomendado pela ICC Brasil aponta oportunidades para os trades de agro, florestas e energia até 2030, com recomendações ao governo brasileiro e ao setor privado.

Brasil pode gerar até US$100bi em receitas de créditos de carbono até 2030

Sérgio Bringel: “preservar a Amazônia é cuidar do futuro de todos”

Sérgio Bringel, CEO do Grupo Norte de Comunicação, lançou, neste mês, uma campanha para promover ações de sustentabilidade em homenagem à Amazônia. Intitulada de #BemVerde.

Sérgio Bringel: “preservar a Amazônia é cuidar do futuro de todos”

Projeto prevê revitalização na bacia do Rio Urucuia em Minas Gerais

Governo Federal lança projeto que prevê plantio de 4,5 milhões de mudas de espécies do Cerrado

Projeto prevê revitalização na bacia do Rio Urucuia em Minas Gerais

Verão na Europa foi um dos mais quentes já registrados

Temperatura entre junho e agosto foi 1º Celsius acima da média.

Verão na Europa foi um dos mais quentes já registrados

Estudo constata redução de 15% da superfície de água no Brasil em 36 anos

Para evitar queimadas, é preciso investir em conscientização ambiental

Os números são alarmantes e indicam que as condições de fogo em todos os cantos do Brasil serão catastróficas.

Para evitar queimadas, é preciso investir em  conscientização ambiental

Ambev transforma suas geladeiras em ecológicas

Além da redução das emissões de gás carbônico, operação desses refrigeradores geraram economia de até 50% de energia elétrica.

Ambev transforma suas geladeiras em ecológicas

A importância da economia circular

Economia circular é todo o processo de produção e descarte sustentável.

A importância da economia circular

Como frear o aquecimento global: a parte que cabe a cada um

Nesta semana, li uma anedota muito interessante. Uma conversa entre duas pessoas.

Como frear o aquecimento global: a parte que cabe a cada um