Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

07/03/2017 Da Redação

Organização Mundial da Saúde divulga estudo e faz alerta para reduzir riscos ambientais no mundo.

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

Mais de uma em cada quatro mortes de crianças menores de 5 anos em todo o mundo são atribuídas a ambientes considerados insalubres.

Todos os anos, riscos ambientais – como poluição do ar, água não tratada, falta de saneamento e higiene inadequada – tomam a vida de 1,7 milhão de crianças nessa faixa etária. O alerta é da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O estudo Herdando um Mundo Sustentável: Atlas sobre a Saúde das Crianças e o Meio Ambiente (tradução livre) revela que grande parte das causas mais comuns de morte entre crianças com idade entre um mês e 5 anos – diarreia, malária e pneumonia – pode ser prevenida por meio de intervenções já conhecidas para reduzir riscos ambientais, como o acesso à água tratada.

“Um ambiente poluído é um ambiente mortal, particularmente para crianças pequenas”, disse a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. “Seus órgãos em desenvolvimento e sistemas imunológicos, além de seus pequenos corpos e vias aéreas, as tornam especialmente vulneráveis ao ar sujo e a água contaminada”, afirmou.

As exposições prejudiciais, segundo a entidade, podem começar já no útero materno, o que aumenta o risco de parto prematuro. Além disso, quando bebês e crianças em idade pré-escolar são expostos à poluição do ar em ambientes internos e externos e à fumaça de cigarro, o risco de pneumonia na infância aumenta, assim como a chance de desenvolver doenças respiratórias crônicas, como asma.

Principais causas de morte entre crianças

Dados da OMS sobre as cinco principais causas de morte entre crianças menores de 5 anos ligadas ao ambiente em que vivem alertam que, todos os anos:

- 570 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de infecções respiratórias como pneumonia, atribuídas à poluição de ambientes internos e externos e à fumaça de cigarros;

- 361 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de diarreia, como resultado do baixo acesso à água tratada, ao saneamento e a condições adequadas de higiene;

- 270 mil crianças morrem durante o primeiro mês de vida por conta de condições como a prematuridade, que poderia ser prevenida por meio do acesso à água tratada, ao saneamento e a unidades de saúde;

- 200 mil mortes de crianças menores de 5 anos provocadas por malária poderiam ser prevenidas por meio de ações ambientais, como a redução de focos de reprodução de mosquitos e melhorias no armazenamento de água potável;

- 200 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de lesões não intencionais atribuídas ao ambiente em que vivem, como envenenamento, quedas e afogamento.

Fonte: Agência Brasil



Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil

Publicação mostra diferenças entre baleias, golfinhos e peixe-boi.

Guia ensina a identificar mamíferos aquáticos do Brasil

Plano de Segurança Hídrica prevê investimentos de R$ 26,9 bilhões

Plano pretende reduzir de 50% para 11% risco de segurança hídrica no país até 2035

Plano de Segurança Hídrica prevê investimentos de R$ 26,9 bilhões

Pesquisadores registram imagens de buraco negro pela 1ª vez

O buraco negro está a 55 milhões de anos-luz da Terra

Pesquisadores registram imagens de buraco negro pela 1ª vez

Primeiro parque nacional marinho do Brasil completa 36 anos

Abrolhos guarda a mais rica biodiversidade do Atlântico Sul, além de contribuir para o desenvolvimento da economia local

Primeiro parque nacional marinho do Brasil completa 36 anos

Campanha volta a recolher óleo de cozinha em várias cidades do País

A ação conta com mais de 350 revendas parceiras na coleta de óleo de cozinha usado para produção de sabão biodegradável e biodiesel.

Campanha volta a recolher óleo de cozinha em várias cidades do País

Estudo prevê crescimento de 24% do consumo de água até 2030

Somente a agricultura irrigada é responsável por 52% de toda a água retirada no país.

Estudo prevê crescimento de 24% do consumo de água até 2030

10% do lixo plástico nos oceanos vêm de pesca fantasma

São os equipamentos de pesca abandonados que ameaçam as espécies, diz ONG

10% do lixo plástico nos oceanos vêm de pesca fantasma

Plano visa proteção da Mata Atlântica em Minas Gerais

Foram assinados termos de parceria para fortalecimento dos conselhos municipais de meio ambiente para conservação e recuperação do bioma da Mata Atlântica

Plano visa proteção da Mata Atlântica em Minas Gerais

Parlamento Europeu aprova banir plástico descartável

Medida proíbe produtos plásticos descartáveis aos quais existem alternativas no mercado, como canudos, copos e cotonetes.

Parlamento Europeu aprova banir plástico descartável

Inscrições abertas para o Prêmio de Boas Práticas Ambientais

Para premiação, serão analisados trabalhos com resíduos sólidos agropecuários, industriais e minerários


Petrobras realiza maior ação de soltura de peixes-bois da Amazônia

Projeto Mamíferos Aquáticos da Amazônia devolveu aos rios na região 12 animais resgatados e reabilitados.

Petrobras realiza maior ação de soltura de peixes-bois da Amazônia

Água para o desenvolvimento sustentável

A gestão preventiva dos problemas ambientais é muito mais adequada, além de ser mais barata.

Água para o desenvolvimento sustentável