Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

07/03/2017 Da Redação

Organização Mundial da Saúde divulga estudo e faz alerta para reduzir riscos ambientais no mundo.

Poluição ambiental mata 1,7 milhão de crianças por ano

Mais de uma em cada quatro mortes de crianças menores de 5 anos em todo o mundo são atribuídas a ambientes considerados insalubres.

Todos os anos, riscos ambientais – como poluição do ar, água não tratada, falta de saneamento e higiene inadequada – tomam a vida de 1,7 milhão de crianças nessa faixa etária. O alerta é da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O estudo Herdando um Mundo Sustentável: Atlas sobre a Saúde das Crianças e o Meio Ambiente (tradução livre) revela que grande parte das causas mais comuns de morte entre crianças com idade entre um mês e 5 anos – diarreia, malária e pneumonia – pode ser prevenida por meio de intervenções já conhecidas para reduzir riscos ambientais, como o acesso à água tratada.

“Um ambiente poluído é um ambiente mortal, particularmente para crianças pequenas”, disse a diretora-geral da OMS, Margaret Chan. “Seus órgãos em desenvolvimento e sistemas imunológicos, além de seus pequenos corpos e vias aéreas, as tornam especialmente vulneráveis ao ar sujo e a água contaminada”, afirmou.

As exposições prejudiciais, segundo a entidade, podem começar já no útero materno, o que aumenta o risco de parto prematuro. Além disso, quando bebês e crianças em idade pré-escolar são expostos à poluição do ar em ambientes internos e externos e à fumaça de cigarro, o risco de pneumonia na infância aumenta, assim como a chance de desenvolver doenças respiratórias crônicas, como asma.

Principais causas de morte entre crianças

Dados da OMS sobre as cinco principais causas de morte entre crianças menores de 5 anos ligadas ao ambiente em que vivem alertam que, todos os anos:

- 570 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de infecções respiratórias como pneumonia, atribuídas à poluição de ambientes internos e externos e à fumaça de cigarros;

- 361 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de diarreia, como resultado do baixo acesso à água tratada, ao saneamento e a condições adequadas de higiene;

- 270 mil crianças morrem durante o primeiro mês de vida por conta de condições como a prematuridade, que poderia ser prevenida por meio do acesso à água tratada, ao saneamento e a unidades de saúde;

- 200 mil mortes de crianças menores de 5 anos provocadas por malária poderiam ser prevenidas por meio de ações ambientais, como a redução de focos de reprodução de mosquitos e melhorias no armazenamento de água potável;

- 200 mil crianças menores de 5 anos morrem em razão de lesões não intencionais atribuídas ao ambiente em que vivem, como envenenamento, quedas e afogamento.

Fonte: Agência Brasil



Exposição apresenta elementos da pré-história no DF e em Santa Catarina

A exposição Arqueologia e Habitantes da Pré-História pode ser vista no Museu de Geociências da Universidade de Brasília (UnB)

Exposição apresenta elementos da pré-história no DF e em Santa Catarina

Insetos como alternativa para ração animal

A mais moderna fazenda de insetos da Europa acaba de ser inaugurada na Holanda. Empresa aposta na produção em grande escala para alimentar animais. Quais são as vantagens desta fonte de proteína?

Insetos como alternativa para ração animal

Ameaças à fauna marinha estão aumentando, diz SeaWorld

Metade dos peixes-bois resgatados na costa da Flórida desde 2015 estavam em perigo

Ameaças à fauna marinha estão aumentando, diz SeaWorld

Plataforma facilita doação de matéria-prima e reaproveitamento de resíduos sólidos

No site é possível anunciar diversos tipos de materiais como alumínio, metal e madeira

Plataforma facilita doação de matéria-prima e reaproveitamento de resíduos sólidos

Cuidar do ar importa

No ano de 1972 na Suécia, a sociedade dava um grande passo em relação as questões ambientais, através da Conferência de Estocolmo.

Cuidar do ar importa

Brasil e Alemanha assinam acordo para repatriar ararinhas-azuis

Projeto inédito vai levar de volta ao país 50 aves que vivem num criadouro alemão. Apenas 163 ararinhas-azuis existem no mundo.

Brasil e Alemanha assinam acordo para repatriar ararinhas-azuis

Desmatamento é principal preocupação do brasileiro, revela pesquisa

Em seguida aparecem a poluição da água e como lidar com os resíduos produzidos

Desmatamento é principal preocupação do brasileiro, revela pesquisa

Saneamento precisa de um rumo

O governo federal precisa dar um norte para o saneamento brasileiro para atender às antigas demandas da população por melhor qualidade de vida.


Inscrições abertas para o Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade

O prêmio é uma realização da Revista Ecológico em parceria com a Fiemg


O papel dos jovens frente a escalada da destruição da natureza

Estimular os jovens ao exercício da cidadania não teria momento mais oportuno do que o atual.


Clima gera prejuízo de US$ 1 trilhão a grandes empresas

Relatório mostra como grandes corporações como Nestlé, Unilever, Apple e Microsoft podem perder com as mudanças climáticas e deveriam fazer mais para reduzir emissões de CO2.

Clima gera prejuízo de US$ 1 trilhão a grandes empresas

Como está o ar que respiramos?

A poluição do ar reflete também na poluição do solo por meio da emissão do gás ozônio.

Como está o ar que respiramos?