Portal O Debate
Grupo WhatsApp


5G, a nova fronteira do desenvolvimento

5G, a nova fronteira do desenvolvimento

05/08/2019 Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves

A 5G deverá tornar desnecessária a utilização de cabos entre os provedores e os assinantes.

5G, a nova fronteira do desenvolvimento

Não bastassem as reformas estruturais que o país carece para eliminar o atraso e manter sustentabilidade e competitividade no mundo globalizado, ainda existe, no campo tecnológico, a inaceitável reação do antigo contra o moderno. Noticia-se que as operadoras de celular e internet – hoje com padrões 3G e 4G – vêem com preocupação a entrada da internet de quinta geração (5G), que o cronograma prevê a disponibilidade ao assinante brasileiro em 2022. Com velocidade largamente maior que as de 3 e 4G, que hoje abrangem 98% do sistema nacional, a 5G deverá tornar desnecessária a utilização de cabos entre os provedores e os assinantes, pois sua distribuição se fará por torres de celular. Também tornará dispensáveis as operadoras de TV por assinatura, já que tudo poderá estar na rede, diretamente do produtor para o consumidor. Mesmo com o 4G, de menor velocidade, já existem disputas judiciais entre operadoras e produtoras que almejam eliminar a presença do intermediário.

A questão da televisão, ainda, é a menor. Pela sua eficiência – a grosso modo 100 vezes mais rápida que a 4G – a internet 5G abrirá acesso à chamada internet das coisas. Através dela funcionarão automóveis sem motorista, câmeras de segurança, fechaduras eletrônicas, casas inteligentes, indústrias e estabelecimentos de saúde com operação remota, inclusive para procedimentos de alta complexidade. Será uma revolução tão ou maior que a chegada da própria internet, que reduziu o mundo à sonhada aldeia global em que o tráfego de informações e imagens, antes dependente de transporte postal, passou a ocorrer na velocidade da luz.

A meta do governo é leiloar as concessões do 5G no primeiro trimestre do próximo ano. É importante que esse cronograma seja mantido, apesar das apreensões dos operadores do sistema atual. É a inexorável evolução tecnológica que, com sua chegada, elimina processos  antigos em favor de novos mais eficientes e econômicos. Assim já ocorreu com o cinema, a fotografia, o aparelho de fax, as máquinas de escrever e calcular, a gráfica tradicional, e centenas de outras coisas outrora fundamentais. Muitas delas foram segmentadas e o formato tradicional hoje tornou-se peça de museu. É o novo assumindo o lugar do antigo, com vantagens trazidas pela tecnologia.

 Esperamos a mão forte e especializada do ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes – nosso astronauta e cientista vinculado à NASA – garantindo a fluidez do processo e a disponibilização da tecnologia 5G aos brasileiros. Que se procure resolver as aflições dos atuais operadores e, sempre que possível, inseri-los nos novos processos, mas nunca aceite ou permita que possam, por interesses corporativos, atrasar o acesso às novas plataformas. Delas dependem a competitividade nacional, a renda, a produção e o bem-estar da população.

* Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves - dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares de São Paulo)

Fonte: ASPOMIL




Saiba porque não precisa programar para criar loja online

Além da construção de sua loja E-commerce, a rentabilização das redes sociais é crucial para o sucesso de sua empresa online.

Saiba porque não precisa programar para criar loja online

Fake News e o atentado ao Riocentro

Vivemos uma enxurrada de notícias e informações que, em alguns casos, são mentiras ou fake news, como se diz modernamente.


Impactos do 5G na cibersegurança

Mais velocidade e maior capacidade para transferência de dados certamente levarão ao aumento no número de dispositivos conectados.

Impactos do 5G na cibersegurança

Startup de impacto social é reconhecida por mudar a forma de fazer doações no Brasil

Ao abordar doações não mais como um privilégio mas sim como um mercado acessível de alto impacto, a startup Ribon chama a atenção da mídia e do mercado internacional.

Startup de impacto social é reconhecida por mudar a forma de fazer doações no Brasil

Whatsapp atinge 2 bilhões de usuários

Em 2014 o aplicativo de mensagens tinha 500 milhões de usuários.

Whatsapp atinge 2 bilhões de usuários

Anatel recebe quase 3 milhões de reclamações em 2019

O serviço de banda larga fixa e a telefonia móvel pós-paga são os que sofreram mais queixas dos consumidores.

Anatel recebe quase 3 milhões de reclamações em 2019

Brasil ativa 24 milhões de novos celulares 4G em 2019

As redes de quarta geração estão em 4.777 municípios, onde moram 97% da população.

Brasil ativa 24 milhões de novos celulares 4G em 2019

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

As tecnologias de detecção da Kaspersky encontraram malwares disfarçados de documentos com informações sobre o coronavírus.

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

Uma breve história do mercado de chatbots no Brasil

Dois eventos que participamos no 2º semestre de 2019 nos fizeram refletir sobre o mercado nacional de chatbots e os processos de consolidação experimentados nos últimos anos.


Nova York, Bogotá e Barcelona são os destinos do StartOut Brasil em 2020

Durante o ano, estes ecossistemas receberão até 20 startups brasileiras interessadas em internacionalizar seus negócios.

Nova York, Bogotá e Barcelona são os destinos do StartOut Brasil em 2020

Tinder lança botão de pânico para emergências

Usuário poderá alertar as autoridades sobre situações perigosas.

Tinder lança botão de pânico para emergências