Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A Inteligência Artificial não substitui a essência humana

A Inteligência Artificial não substitui a essência humana

19/08/2023 Evandro Aléssio

Você vai a uma exposição de arte e lá encontra uma pintura fabulosa, cujo artista demorou longos anos para terminá-la.

A Inteligência Artificial não substitui a essência humana

Ao lado desta obra, uma pintura, igualmente linda, cujo resultado foi obtido por uma codificação textual oferecida à Inteligência Artificial e cuja impressão foi feita em pouco mais de cinco minutos. Para você, ambas as obras deveriam ter valores semelhantes?

Leonardo da Vinci demorou cerca de quatro anos para finalizar sua “Monalisa”. Michelângelo, quarenta anos até que desse por terminado a escultura de “Moisés”, e ainda mais três anos de trabalho contínuo para que “David” estivesse pronto. O que esses dois artistas tinham em comum? A resposta é quase óbvia: uma eterna busca pela perfeição.

Assistir a essa busca entre os humanos é quase que uma obsessão de nós, simples mortais. É assim no futebol, numa corrida de automóveis ou quando encontramos uma história que nos dá a sensação de ter valido a pena o esforço de estar na plateia. Mas e se os jogadores fossem robôs? E se os carros de corrida não precisassem de pilotos? Será que sentiríamos a mesma emoção? Vibraríamos da mesma forma com a vitória do nosso time de coração? Choraríamos com “tema da vitória” que nos motivava a acordar mais cedo nas manhãs de domingo?

E se o livro que você comprar tivesse sido escrito por um software de ajuntamento de palavras? Um ajuntamento que até fizesse sentido, mas você gostaria de dedicar horas ou dias de leitura para tentar descobrir quem a Inteligência Artificial (I.A.) escolheu para ser o vilão ou o herói?

Foi pensando nessa enormidade de questões que decidi estampar no meu mais recente livro “A menina e o trem”, um selo que mostra a não utilização da I.A, com a frase “100% escrita criativa humana”, na contracapa. A ideia é dar ao futuro leitor uma informação que ele vai querer saber a partir de agora.

Não sou contra a Inteligência Artificial, muito pelo contrário. Mas há lugares que, ao meu ver, ela não deveria entrar, sob o risco de nos tornarmos cada vez menos humanos. Não quero ser influenciado por robôs, não quero chorar por histórias perfeitas escritas em um minuto.

Demorei cerca de 16 anos desde a concepção à finalização deste meu livro. Foram mais de dez mil horas de dedicação, afastamento de amigos e família, madrugadas a fio para conseguir terminá-lo. Entrevistei inúmeras pessoas, visitei cenários, gravei mais de mil áudios de ajustes e inspirações. Sorria e chorava em várias passagens que escrevia. Busquei a perfeição e sei que não a encontrei, mas dei o melhor de mim. Mas de que adiantaria buscá-la se soubesse que, em um minuto, ela poderia estar pronta à minha frente? Qual estímulo daremos aos humanos se dissermos que o melhor do futuro não será feito por eles? Não vou me emocionar se um robô disser que me ama.

* Evandro Aléssio é Tenente-Coronel do Quadro de Saúde da Força Aérea Brasileira, membro da Academia Barbacenense de Letras e autor de “A Menina e o Trem”.

Para mais informações sobre Inteligência Artificial clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: LC Agência de Comunicação



Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

No período, ocorreram 3,7 milhões de tentativas de fraudes, redução de 28,3% em relação ao ano anterior.

Autor: Divulgação

Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$ 34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes, como, por exemplo, reembolso sem desembolso, além de desperdícios com procedimentos desnecessários no país.

Autor: Claudia Machado


Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

Um dos métodos comuns envolve a criação de perfis falsos em aplicativos de mensagens ou redes sociais, além de outros.

Autor: Denis Furtado

Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

A importância da segurança cibernética na manufatura

Estimativas indicam que mais de 60% das empresas de manufatura esperam sofrer tentativas de ataques este ano.

Autor: Ricardo Macchiavelli

A importância da segurança cibernética na manufatura

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

De acordo com dados do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente 2023, mais de 1 bilhão de interações pelo chat foram registradas no país.

Autor: Divulgação

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

O armazenamento de dados e informações em nuvem é uma solução rápida e eficaz para organizações de diferentes portes e ramos de atividade.

Autor: Wellington Monaco

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Em um relatório divulgado pela Kaspersky, o Brasil é o país mais afetado por golpes financeiros.

Autor: Paula Renata Nogueira de Souza,

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Segurança digital e o tempo de reação

A crescente interconexão e dependência de tecnologia no mundo corporativo tornam organizações de todos os tamanhos suscetíveis a ataques cibernéticos.

Autor: Denis Furtado

Segurança digital e o tempo de reação

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados

Abrimos o ano de 2024 com cenários mais complexos e desafiadores para segurança de dados, iniciando um novo capítulo na corrida contra a indústria do cibercrime.

Autor: Alexandre Armellini

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados

Golpes virtuais: como as empresas podem se proteger?

Especialista oferece dicas de boas práticas para organizações se protegerem contra golpes e invasões virtuais.

Autor: Divulgação

Golpes virtuais: como as empresas podem se proteger?

Criminosos lavaram mais de US$22 bilhões em criptomoedas em 2023

Volume representa queda de 30% ante 2022; a maior parte dos fundos (72%) foram enviados para apenas 5 serviços de off-ramping.

Autor: Divulgação

Criminosos lavaram mais de US$22 bilhões em criptomoedas em 2023

VPN móvel: como garantir segurança e privacidade no celular?

Ao utilizar redes wi-fi domésticas, pontos de acesso públicos ou redes móveis, qualquer pessoa está exposta a ameaças cibernéticas.

Autor: Marijus Briedis

VPN móvel: como garantir segurança e privacidade no celular?