Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados em 17 estados

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados em 17 estados

18/11/2019 Divulgação

Segundo a Anatel, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada.

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados em 17 estados

As pessoas portadoras de telefones celulares pré-pagos que não atualizaram seus cadastros, após terem recebido notificação das operadoras, estão com suas linhas bloqueadas a partir desta segunda-feira (18/11), segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com a Anatel, a medida vale para os clientes dos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo.

A agência informou que menos de 1% dos 91 milhões de celulares pré-pagos dessas regiões apresenta alguma pendência cadastral. Alertou também que é a última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel.

Segundo a Anatel, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada, para evitar a ocorrência de fraudes de subscrição (linhas associadas indevidamente a CPFs) e, assim, ampliar a segurança dos consumidores.

Como atualizar o cadastro
Quem tiver a linha pré-paga bloqueada poderá atualizar os dados cadastrais na sua prestadora pelos canais de atendimento disponíveis como: call center e espaço reservado ao consumidor na internet.

Apessoa deve informar o nome completo e o endereço com o número do CEP. No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Fonte: Agência Brasil



Sete piores erros do e-commerce

O e-commerce brasileiro cresceu 75% em maio.

Sete piores erros do e-commerce

A transformação irreversível da digitalização

Há cerca de 6 anos, fui procurado por um ex-colega de consultoria que queria entender melhor a minha visão sobre transformação digital, para ajudar os seus clientes.


Cibercriminosos aproveitam a quarentena para acelerar suas atividades maliciosas

Segundo a GlobeNet, os ataques de negação de serviço (DDoS) aumentaram em mais de 300% nos primeiros cinco meses de 2020.

Cibercriminosos aproveitam a quarentena para acelerar suas atividades maliciosas

Sete dicas para poupar nas compras online

Com algumas estratégias de compra, é possível encontrar produtos mais em conta.

Sete dicas para poupar nas compras online

Serviços financeiros se reinventam para acompanhar demanda

A transformação digital anda de mãos dadas com os aplicativos e não é mais apenas uma frase de marketing atraente apenas.


A revolução do setor financeiro no Brasil vai muito além do WhatsApp

O mercado de meio de pagamentos foi balançado depois que o Facebook escolheu o Brasil para lançar o Facebook Pay, por meio do Whatsapp, uma nova modalidade que permite a transação de valores via aplicativo.

A revolução do setor financeiro no Brasil vai muito além do WhatsApp

O uso responsável da internet e seus recursos

As redes sociais têm rendido muita polêmica nos últimos tempos.

O uso responsável da internet e seus recursos

Encaminhamento de mensagens no WhatsApp diminui 25%

Plataforma vem testando ferramentas para diminuir o encaminhamento de informações falsas.

Encaminhamento de mensagens no WhatsApp diminui 25%

Como evitar ataques cibernéticos em home office

Caso ocorra roubo do equipamento, o acesso aos arquivos é impedido e somente os usuários autorizados conseguem visualizá-los.

Como evitar ataques cibernéticos em home office

Acesso à internet aumenta entre crianças e adolescentes

Mais da metade, 58%, acessam a internet exclusivamente pelo celular, indica pesquisa.

Acesso à internet aumenta entre crianças e adolescentes


Pesquisa revela aumento do consumo de notícias durante pandemia

Levantamento on-line foi feito entre os dias 12 e 19 de abril.

Pesquisa revela aumento do consumo de notícias durante pandemia