Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como melhorar a produtividade das equipes de TI

Como melhorar a produtividade das equipes de TI

23/03/2019 Romulo Cioffi

Para as equipes de TI, a nova era também ampliou a demanda por agilidade e atualização contínua.

A aposta em estratégias ágeis tornou-se uma prática recorrente para as organizações que buscam executar suas atividades diárias com mais rapidez, aumentando a competitividade e a satisfação de seus clientes.

A demanda por inovações e decisões mais rápidas, contudo, não muda apenas a área de negócios das empresas. Para as equipes de TI, a nova era também ampliou a demanda por agilidade e atualização contínua.

Hoje, as organizações não podem mais aguardar um ano para ter a nova versão de um software à disposição - como era usual no passado. A Engenharia de Software, com suas novas metodologias, técnicas e práticas, também precisa se adequar aos avanços, com o objetivo de tornar o processo de desenvolvimento de novas soluções mais rápido e assertivo.

Avanços como a conexão 5G, a maturidade das soluções em Nuvem e o crescimento das redes de Internet das Coisas (IoT) estão impulsionando as demandas empresariais por mais agilidade. Felizmente, existem várias alternativas que podem ser adotadas pelas organizações para corresponder a essas expectativas.

Todo o processo atual de TI está baseado em infraestrutura e na capacidade de rede. Assim, a adoção cada vez maior de soluções em Nuvem, IoT e serviços de ponta continuarão sendo grandes tendências nos próximos anos e também o foco dos líderes, como um meio de ajudar suas equipes a aumentar a produtividade e atender as demandas com mais agilidade.

As metodologias ágeis, sustentadas por valores e princípios claros, tornam mais estreita a relação entre TI e cliente, trazendo à tona uma série de elementos que contribuem para a melhoria desse cenário.

Contudo, apenas a utilização dessas propostas não garante a entrega de soluções mais rápidas e com melhor qualidade. Mais do que isso, também é preciso escolher as soluções corretas para otimizar a produtividade das equipes de TI.

A Computação em Nuvem trouxe diversas soluções que contribuem para a melhoria da eficiência das equipes de TI, por apresentar serviços que facilitam a criação, manutenção e evolução do ambiente tecnológico, incluindo os chamados serviços digitais de infraestrutura (IaaS).

Com esses recursos, é possível provisionar, em poucos minutos, um ambiente completo de servidores para execução de aplicações, sem a necessidade de aquisição de equipamentos e infraestrutura física.

Outra opção que vem sendo implantada fortemente pelas empresas é a adoção de tecnologias baseadas em robotização, com a substituição da mão de obra humana.

No mercado automotivo, por exemplo, já temos empresas que contam com mais de 50% da linha de produção automatizada por robôs. Esse tipo de solução oferece, além de mais rapidez no processo, uma margem menor de erro, evitando retrabalho e aumentando a produtividade.

No caso da construção do software, as plataformas como serviço (PaaS) são opções que também ajudam a melhorar os processos, a produtividade e os resultados dos negócios. As plataformas desse tipo disponibilizam ferramentas e frameworks para agilizar e automatizar tarefas como análise de negócio, codificação, testes e processo de hospedagem (build e deploy).

A adoção de soluções modernas facilita a execução de atividades que até então eram feitas manualmente e tomavam um tempo valioso das equipes. Além da agilidade, as organizações ganham mais assertividade em seus processos e, com isso, se tornam mais competitivas.

Combinar as melhores ferramentas e saber tirar o máximo proveito dessa sinergia, sem dúvida, é uma vantagem competitiva para as empresas quando o assunto é aumentar o desempenho da entrega das equipes de TI.

Para isso, as companhias devem tomar as decisões corretas, no momento certo. Somente assim irão garantir um lugar à frente da concorrência na corrida pela satisfação dos clientes.

* Romulo Cioffi é Vice-Presidente de Operações da Squadra Tecnologia.

Fonte: PLANIN



Digitalização e humanidade

Como olhar para o futuro e ver um mundo que ainda não existe? Não há tecnologia que possa fazer esse trabalho.


Mobilidade digital: transformação e oportunidade

Os desafios do futuro encorajam as fábricas a repensar seu papel no presente.

Mobilidade digital: transformação e oportunidade

Por que a cibersegurança é estratégica para profissionais de TI e negócios?

Evitar falhas, ataques cibernéticos e vazamento de informações é uma preocupação de todos os departamentos e da alta cúpula das empresas.


Concurso da Alemanha busca jovens inovadores no Brasil

Candidatos de todas as áreas do conhecimento podem se inscrever no Falling Walls Lab até 31 de julho

Concurso da Alemanha busca jovens inovadores no Brasil

Estudo mostra que o Brasil é pouco ou muito pouco inovador

Em pesquisa da CNI, quase metade dos entrevistados concorda que o Brasil carece de inovação na indústria

Estudo mostra que o Brasil é pouco ou muito pouco inovador

Afinal, Neymar cometeu “crime digital”?

O principal assunto dos últimos dias é o caso Neymar.

Afinal, Neymar cometeu “crime digital”?

Brasil já tem 138 milhões de celulares 4G

A cobertura de 4G já está em 4.503 municípios, onde moram 95,8% da população brasileira

Brasil já tem 138 milhões de celulares 4G

Vai viajar? Cuidado com as armadilhas

Kaspersky levanta alguns cuidados que os viajantes precisam ter antes e durante o passeio.

Vai viajar? Cuidado com as armadilhas

Projeto voltado para o café seleciona 26 startups em Minas Gerais

Projeto oferece soluções tecnológicas que promovam a acessibilidade dos agentes do setor cafeeiro a diversas informações

Projeto voltado para o café seleciona 26 startups em Minas Gerais

Mindset digital: o futuro chegou!

O mindset digital é uma necessidade.


Buraco Negro e a Análise de Dados

As lições do Buraco Negro e da Análise de Dados para o ambiente corporativo.


Golpes financeiros em dispositivos móveis crescem 58%

No primeiro trimestre de 2019 a Kaspersky detectou cerca de 30 mil modificações das diversas famílias de trojans bancários nas 312.235 tentativas de ataque contra usuários únicos.

Golpes financeiros em dispositivos móveis crescem 58%