Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Cresce interesse de brasileiros por celulares chineses

Cresce interesse de brasileiros por celulares chineses

15/04/2019 Da Redação

Smartphones de Xiaomi e Huawei ganham atenção do consumidor brasileiro

Cresce interesse de brasileiros por celulares chineses

2019 é o ano em que as chinesas voltam a vender smartphones no mercado brasileiro. Não é a primeira vez nem da Xiaomi nem da Huawei no Brasil, mas agora as empresas vêm com estratégias diferentes.

A Xiaomi se aliou à brasileira DL e vende seus produtos de gama intermediária no varejo, em vez de tentar vender por conta própria e em operadoras. Já a Huawei volta com apenas os seus modelos mais sofisticados, entrando na briga contra Galaxy S10 e iPhone Xs.

Um levantamento feito pelo comparador de preços online Zoom indica que o brasileiro já está interessado nos novos aparelhos trazidos pelas chinesas. Dados da empresa mostram aumento de 253% no número de pesquisas sobre a Xiaomi e de 195% no caso da Huawei.

Os números foram coletados de janeiro a março e comparados com os do mesmo período no ano passado – quando as empresas não tinham produtos oficiais no mercado, mas já podiam ser encontrados importados e sem garantia oficial das respectivas marcas.

No ranking mensal elaborado pelo Zoom sobre os 10 smartphones mais buscados no seu site e aplicativo, o smartphone Xiaomi Mi 8 Lite conquistou a sexta posição – um aparelho que não tem a DL por trás e, portanto, não tem garantia oficial. Os modelos P30 e P30 Lite, da Huawei, ainda não apareceram na lista, mas os primeiros aparelhos oficiais da marca chegam só em maio deste ano ao mercado formal.

Fonte: Exame



Advocacia 4.0: o futuro é agora

A primeira revolução industrial mobilizou a mecanização da produção usando água e energia a vapor.


A inovação digital no setor de Óleo & Gás

Ao longo dos últimos anos, acompanhamos diversos avanços em áreas-chave da economia global, com a inovação mudando a vida das pessoas e alterando por completo a rotina das empresas.



Saiba porque não precisa programar para criar loja online

Além da construção de sua loja E-commerce, a rentabilização das redes sociais é crucial para o sucesso de sua empresa online.

Saiba porque não precisa programar para criar loja online

Fake News e o atentado ao Riocentro

Vivemos uma enxurrada de notícias e informações que, em alguns casos, são mentiras ou fake news, como se diz modernamente.


Impactos do 5G na cibersegurança

Mais velocidade e maior capacidade para transferência de dados certamente levarão ao aumento no número de dispositivos conectados.

Impactos do 5G na cibersegurança

Startup de impacto social é reconhecida por mudar a forma de fazer doações no Brasil

Ao abordar doações não mais como um privilégio mas sim como um mercado acessível de alto impacto, a startup Ribon chama a atenção da mídia e do mercado internacional.

Startup de impacto social é reconhecida por mudar a forma de fazer doações no Brasil

Whatsapp atinge 2 bilhões de usuários

Em 2014 o aplicativo de mensagens tinha 500 milhões de usuários.

Whatsapp atinge 2 bilhões de usuários

Anatel recebe quase 3 milhões de reclamações em 2019

O serviço de banda larga fixa e a telefonia móvel pós-paga são os que sofreram mais queixas dos consumidores.

Anatel recebe quase 3 milhões de reclamações em 2019

Brasil ativa 24 milhões de novos celulares 4G em 2019

As redes de quarta geração estão em 4.777 municípios, onde moram 97% da população.

Brasil ativa 24 milhões de novos celulares 4G em 2019

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

As tecnologias de detecção da Kaspersky encontraram malwares disfarçados de documentos com informações sobre o coronavírus.

Coronavírus chega à internet: cibercriminosos aproveitam surto para disseminar malware

Uma breve história do mercado de chatbots no Brasil

Dois eventos que participamos no 2º semestre de 2019 nos fizeram refletir sobre o mercado nacional de chatbots e os processos de consolidação experimentados nos últimos anos.