Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Entenda a segurança por trás dos bancos digitais

Entenda a segurança por trás dos bancos digitais

30/06/2021 Marcelo Pereira

Especialista em fintechs explica por que bancos digitais são tão seguros quanto os tradicionais.

Entenda a segurança por trás dos bancos digitais

Eles tiveram, em maio deste ano, quase três vezes mais downloads que os bancos tradicionais, são mais práticos, têm taxas atrativas, mas ainda há quem duvide da segurança dos bancos digitais. Pesquisa recente mostrou que essa dúvida é o motivo pelo qual muita gente não se rendeu à praticidade dos digitais.

O que muitos não sabem é que a segurança é praticamente a mesma que a de um banco tradicional.

O administrador com foco em economia, banco digital e fintechs Marcelo Pereira afirma que não há diferença entre o sistema de segurança de um banco digital para um tradicional. “Todos seguem regras estabelecidas pelo Banco Central do Brasil e obedecem à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sob risco de serem penalizados caso descumpram algum ponto previsto”, explica.

Segundo o especialista, o sistema é totalmente seguro, mesmo sendo utilizado pelos celulares ou pelos computadores. “Muitos têm medo de vazamento de dados, mas esse risco não existe, o dado só vai vazar se a própria pessoa passar suas informações fora do aplicativo ou fora da plataforma oficial da instituição”, afirma Pereira.

O administrador acrescenta que os sistemas estão evoluindo cada vez mais para evitar inclusive os ataques hackers.

Desconfiança

A dúvida sobre a segurança, segundo a pesquisa da MUV em parceria com a Power-Fi, agências de marketing e publicidade, é mais frequente entre o público das classes C, D e E. De acordo com o levantamento, 55% das pessoas entrevistadas (majoritariamente de baixa renda) disseram que não utilizam bancos pelo celular. Dentre os motivos, 82% apontaram que não confiam nesse formato.

Mesmo dentre os usuários de bancos digitais, muitos ainda têm receio de manter todo o seu dinheiro em uma conta digital e acabam também utilizando os bancos tradicionais para dividir suas economias entre eles.

Mas, segundo Marcelo Pereira, você pode sim manter todo o seu dinheiro somente em uma conta digital, que não há riscos de perdê-lo. “E mesmo que o banco venha a falir, por exemplo, seguindo as regras do Banco Central do Brasil, você conseguirá resgatar o valor guardado ali em uma outra instituição bancária que será indicada”, informa.

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) ressarce o cliente em até R$ 250 mil em caso de falência do banco.

Como saber se uma conta digital é segura?

Caso haja dúvida quanto à segurança de uma conta digital, o especialista aconselha realizar pesquisas na internet sobre a reputação da empresa e conferir se ela tem cadastro no Bacen. “O Banco Central do Brasil possui uma relação de instituições em funcionamento no país. Esse é um indicativo de que a instituição é séria e segue as regras do mercado”, conclui.

Popularidade

Uma pesquisa do Bank of America, que acompanha dados da Apple Store e Google Play, revelou que em maio de 2021 os bancos digitais tiveram 20,880 milhões de downloads, uma alta de 2,3% em relação a abril.

Segundo o levantamento, entre os bancos tradicionais, os downloads totalizaram 7,451 milhões no mesmo mês, uma queda mensal de 8,7%.

* Marcelo Pereira é administrador com foco em economia, banco digital e fintechs

Para mais informações sobre Bancos Digitais clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: AKM Comunicação



Instagram e Facebook vão inserir rótulos em postagens sobre eleições

Objetivo é rebater notícias falsas com informações oficias do TSE.

Instagram e Facebook vão inserir rótulos em postagens sobre eleições

Metrô de Moscou lança pagamento por meio de reconhecimento facial

Moscou é a metrópole que mais aplica pagamentos com biometria no mundo. Dentro deste contexto, na última semana o Metrô da cidade lançou o serviço Face Pay.

Metrô de Moscou lança pagamento por meio de reconhecimento facial

Novas possibilidades para os games

Os games invadiram nosso cotidiano de maneira avassaladora.

Novas possibilidades para os games

Marco Legal do Câmbio: como as novas tecnologias podem revolucionar as transações internacionais?

A modernização não pode ficar para trás, já que o mercado de câmbio cresce no Brasil há tempos.

Marco Legal do Câmbio: como as novas tecnologias podem revolucionar as transações internacionais?

Como negociar dívidas pelo WhatsApp

Ferramenta traz uma grande vantagem para o mundo dos negócios, principalmente para a recuperação de crédito.

Como negociar dívidas pelo WhatsApp

Bancos e carteiras digitais registram quase 18 milhões de downloads em setembro

Destaque para Nubank, PicPay, Banco Pan, C6 Bank e PagBank.

Bancos e carteiras digitais registram quase 18 milhões de downloads em setembro

Apagão da internet, pior que o da luz

O “apagão” do Facebook, WhatsAPP e Instagram, registrado na segunda-feira, revelou-se tão impactante quanto o da eletricidade.

Apagão da internet, pior que o da luz

Aprenda a medir a velocidade da sua conexão

Em meio a pane nas redes sociais, usuários relatam instabilidade no sinal de internet.

Aprenda a medir a velocidade da sua conexão

4 formas de empreender na era digital

O modelo de negócio conhecido como dropshipping é uma das maneiras mais fáceis de começar a empreender pela internet.

4 formas de empreender na era digital

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Acesso passa a ser realizado com CPF e senha do beneficiário.

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Como proteger o infoproduto e o conteúdo digital e ficar seguro na Internet

A opção clássica é fazer o registro na Biblioteca Nacional garantindo uma proteção mais efetiva.

Como proteger o infoproduto e o conteúdo digital e ficar seguro na Internet

Plataformas digitais faturam equivalente a 48,8% do PIB brasileiro

FENAJ apresenta proposta de taxar parte para financiar jornalismo.

Plataformas digitais faturam equivalente a 48,8% do PIB brasileiro