Portal O Debate
Grupo WhatsApp


LinkedIn se torna aliado na recolocação profissional

LinkedIn se torna aliado na recolocação profissional

28/05/2018 Da Redação

Presente em 200 países, conta com 500 milhões de usuários no mundo e 45 milhões no Brasil

LinkedIn se torna aliado na recolocação profissional

No primeiro trimestre de 2018, a taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil chegou a 27,7 milhões de pessoas que se dividem entre desempregados, subocupados, desalentados e pessoas que não podem assumir uma vaga de trabalho no momento, de acordo com o IBGE.

Este cenário desafiador e incerto de desemprego, faz surgir uma maior procura por ferramentas que ajudam na recolocação profissional, e uma delas são as redes sociais, mais precisamente o LinkedIn, – presente em 200 países, conta com 500 milhões de usuários no mundo e 45 milhões no Brasil – que se tornou o principal espaço para o desenvolvimento de projetos, divulgação de artigos e estímulo de contatos profissionais.

Com o objetivo de intensificar a construção de uma interação mais próxima entre candidatos a vagas de emprego e headhunters ou profissionais de Recursos Humanos no LinkedIn, a consultora e diretora da empresa Leaders HR-Consultants, Astrid Vieira aponta algumas funções da plataforma e as principais atitudes que devem ser tomadas por parte dos profissionais, para que consigam notoriedade e visibilidade dentre os recrutadores.

Astrid explica que uma pequena parcela das pessoas se habituaram a acessar e fazer uso das ferramentas do LinkedIn de maneira cotidiana, mas que a inclusão na rede vem aumentando.

“Trabalho há mais de 20 anos com profissionais que estão desempregados e nos últimos anos realizo workshops sobre o LinkedIn. O que percebo claramente é que a rede social se tornou mais um grande instrumento na área de recolocação, pois contribui de forma direta para a geração de contatos profissionais consistentes e eficientes”, afirma.

Segundo a consultora, apesar do aumento do uso dessa rede social, alguns recursos ainda são poucos conhecidos pela maioria dos usuários no Brasil. “Algumas pessoas veem a plataforma como uma forma de divulgação de currículo, outras já sabem interagir nos grupos do LinkedIn, mas a maioria ainda não sabe usar a rede social para a busca de uma nova colocação profissional”, pontua.

De acordo com Astrid Vieira, as pessoas que procuram transformar o perfil do LinkedIn em um currículo, podem fazer uso da ferramenta Resume Builder. Além desse recurso, a rede social também dispõe de outros aplicativos e abas funcionais, que podem facilitar a divulgação de qualificações profissionais e a interação assertiva entre usuários.

Astrid ressalta que o LinkedIn também permite a segmentação e organização de contatos, por meio do uso da aba “Conexões”; a busca por vagas de emprego na área de formação do candidato, por meio do uso da aba “Empregos”; e a inserção de palavras-chave relacionadas a área de trabalho do candidato. “O LinkedIn também é uma ferramenta de buscas baseada em palavras-chave. Então, quanto mais o usuário fizer uso de palavras-chave relacionadas a sua área de trabalho, maiores serão as possibilidades do seu perfil ser encontrado por algum recrutador”, explica.



Netflix pode perder 4 milhões de assinantes nos EUA em 2020

Estados Unidos têm mais de um terço do número assinantes do total global.

Netflix pode perder 4 milhões de assinantes nos EUA em 2020

WhatsaApp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa

79% dos entrevistados disseram receber notícias sempre pela rede social.

WhatsaApp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa

Como resolver a complexidade da infraestrutura de TI em Nuvem?

Uma importante mudança está acontecendo agora em algumas das principais organizações de todo o mundo: independentemente de seus setores e mercados, elas estão transformando suas operações em verdadeiras empresas de software.


Brasil já tem mais de 151 milhões de celulares 4G

Ao todo já são 4.651 municípios com cobertura de quarta geração

Brasil já tem mais de 151 milhões de celulares 4G

Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

Sucesso nessa atividade às vezes leva tempo e dá trabalho, mas é viável e vale a pena.

Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

Os desafios na Gestão de TI

A vida do gestor de TI não é fácil ou simples.


Pesquisa indica efeitos negativos causados por videogames

Depressão, dificuldade para dormir, demissão são alguns dos efeitos negativos indicados pelo estudo.

Pesquisa indica efeitos negativos causados por videogames

Ser on-line é saber da importância do off-line

“É lindo ver o mundo se tornar digital, mas todos nós precisamos vigiar para que ele nunca deixe de ser humano e pessoal.”


Cresce o número de consumidores que devem comprar na Black Friday se preços valerem a pena

Pesquisa mostra que houve um aumento sete pontos percentuais entre os que vão avaliar ofertas antes de fechar negócio, apontam CNDL/SPC Brasil.

Cresce o número de consumidores que devem comprar na Black Friday se preços valerem a pena

O que falta para o Brasil avançar na área de cibersegurança?

Links suspeitos, malwares, vazamento de dados, privacidade digital.


WhatsApp baniu 400 mil contas do Brasil nas últimas eleições

As contas foram banidas entre 15 de agosto e 28 de outubro de 2018.

WhatsApp baniu 400 mil contas do Brasil nas últimas eleições

Google e Facebook lançam serviços financeiros

Não apenas uma, mas duas gigantes de tecnologia lançaram serviços financeiros nesta semana.

Google e Facebook lançam serviços financeiros