Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Maior Hackathon do Brasil espera reunir 3.000 crianças e jovens

Maior Hackathon do Brasil espera reunir 3.000 crianças e jovens

19/09/2019 Divulgação

Maratona de programação traz como desafio traz como desafio o tema "Games na Educação".

Maior Hackathon do Brasil espera reunir 3.000 crianças e jovens

A Happy Code, maior escola de programação, maker e robótica do Brasil, abriu nesta semana o período de pré-inscrição para o 3º Hackathon Internacional Infanto-Juvenil Happy Code.

Poderão participar crianças (6 a 9 anos) e adolescentes (10 a 14 anos) do Brasil, Portugal e Angola, países onde a marca está presente. Para participar do hackathon não precisa ser aluno da escola. Por isso, a expectativa é que o evento reúna três mil participantes.

O 3º Hackathon Internacional Infanto-Juvenil Happy Code será realizado de 4 a 10 de novembro e terá como tema-desafio “Games na Educação”. Como as vagas serão limitadas de acordo com os espaços das escolas Happy Code, os interessados já devem fazer suas pré-inscrições pelo link http://cursos.happycodeschool.com/hackathon até o dia 30 de setembro, quando todos os pré-inscritos receberão uma mensagem para confirmar seus cadastros. De 1º a 31 de outubro será aberto o período oficial de inscrições para o evento, com a divulgação do desafio específico para os participantes.

Essa será a terceira vez que a Happy Code promove um hackathon. A última edição, realizada em junho passado, trouxe um desafio do youtuber Marco Túlio, do canal Authentic Games, para o desenvolvimento de um aplicativo de conscientização sobre segurança na internet. Participaram mais de 1.100 crianças de 14 Estados brasileiros.



Startup da HIPE tem crescimento mensal de 150% em meio à pandemia

A inovação transforma o dinheiro físico em digital.

Startup da HIPE tem crescimento mensal de 150% em meio à pandemia

Brasil ocupa 4º lugar do ranking de audiência do Facebook na quarentena

País tem cerca de 120 milhões de pessoas acessando a rede social diariamente.

Brasil ocupa 4º lugar do ranking de audiência do Facebook na quarentena

A evolução da IoT e os desafios de segurança

A IoT ainda está em desenvolvimento e precisamos de uma solução de segurança que aprenda junto com ela.


Conheça o primeiro app brasileiro de chá de bebê online

A BBchow foi disponibilizado no Google Play e App Store já contabiliza 10 mil downloads.

Conheça o primeiro app brasileiro de chá de bebê online

Google será o responsável por mais uma crise mundial

Com a pandemia da covid-19, o lockdown e o isolamento impostos a boa parte da população na tentativa de conter o vírus, o mundo inteiro se vê frente a um cenário de desaceleração econômica, desemprego e crise financeira generalizada.


Startup Day 2020 abordará inovação pós-crise

Além de palestras com especialistas, o evento trará um espaço virtual para exposição de cases de sucesso, oficinas, demoday e muita interação entre os participantes.

Startup Day 2020 abordará inovação pós-crise

Vendas de brinquedos e jogos pela internet crescem mais de 400%

Pandemia antecipou tendências que levariam anos para se consolidarem, aponta especialista.

Vendas de brinquedos e jogos pela internet crescem mais de 400%

Rede social indeniza por bloqueio de conta de usuária

Para o relator, faltou justificativa plausível para desligamento

Rede social indeniza por bloqueio de conta de usuária

Coronavírus faz disparar procura por tutoria online

Busca pelo serviço desde o começo do distanciamento social confirma a tendência de consolidação de novas formas de EaD.

Coronavírus faz disparar procura por tutoria online

Números de acessos à plataforma de telemedicina dobra em abril

Com a tecnologia, através da telemedicina é possível expandir a capacidade de atendimento.

Números de acessos à plataforma de telemedicina dobra em abril

Justiça mineira isenta empresas de internet

Justiça mineira isenta empresas de internet.

Justiça mineira isenta empresas de internet

Quais os limites da privacidade em tempos de pandemia?

É tempo de reavaliar e usar sim a tecnologia a favor do bem comum.

Quais os limites da privacidade em tempos de pandemia?