Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Mantenha seus filhos seguros na internet

Mantenha seus filhos seguros na internet

20/10/2016 Fernando Amatte

Confira as dicas para proteger os pequenos em navegações on-line.

Mantenha seus filhos seguros na internet

O mês de outubro, conhecido por comemorações para as crianças, é um período bastante oportuno para refletir sobre os cuidados que devem ser tomados com as crianças para uma navegação segurança na internet.

Um levantamento do Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação) realizado com usuários da internet com idades entre 9 e 17 anos afirma que dos 82% dos respondentes que navegam diariamente na internet, 53% dos acessos correspondem aos smartphones – dispositivo que, muitas vezes, os pais não têm acesso para um controle direto.

A internet já faz parte da vida das crianças desde muito cedo e junto à inocência natural da infância, muitas brechas se abrem para situações perigosas que podem ser evitadas com instruções e acompanhamentos corretos dos pais. Se a internet guarda riscos para os adultos, a rede pode causar problemas ainda maiores para crianças e adolescentes.

Por mais difícil que pareça encontrar um ponto de equilíbrio entre a vida tecnológica dos dias atuais com normas para o uso de equipamentos eletrônicos, é essencial que os pais estabeleçam regras e conversem muito com seus filhos.

Uma boa saída é mostrar os problemas e riscos que aconteceram ou acontecem com outras crianças, sempre baseando com notícias reais.

Veja alguns alertas para ajudar a proteger os pequenos na internet:

• Orientação e conversa são as palavras-chave. Mostrar os riscos e manter sempre um diálogo de confiança é o primeiro passo para uma navegação segura.

• Olhe para si primeiro. Não adianta orientar e começar a impor regras se os próprios pais estão usando os dispositivos em excesso, o exemplo deve vir de casa.

• Ferramentas de monitoramento ou bloqueio de conteúdo. Atualmente existem muitas opções de antivírus que contemplam o filtro de conteúdo, em que os pais podem restringir por meio de senhas. É essencial deixar claro para a criança que não se trata de um bloqueio restritivo, que pode ser encarado como castigo, mas sim uma proteção contra cibercriminosos.

• Acompanhe-os nas redes sociais. Por mais que existam limites de idade para acessá-las, proibir a utilização muitas vezes pode não ser a melhor saída. Então o ideal é estar atendo às publicações e comentários feitos por eles. Além disso, é importante ter a senha das redes sociais e seus dispositivos.

• Estabeleça limites. Defina um horário para que as crianças possam jogar e passar tempo na internet.

• Esteja atento aos aplicativos baixados nos smartphones. Quando se trata de aplicativos para celular, em que é necessário aceitar termos e permissões, é muito importante saber o quão confiável eles são.

• Instale soluções de segurança nos dispositivos. Mantenha sempre ferramentas de antivírus atualizadas para evitar problemas de malwares em notebooks, tablets e smartphones.

*Fernando Amatte é gerente de pré-vendas da Cipher, empresa especializada em serviços de cibersegurança.

Fonte: DINO - Divulgador de Notícias

 



4 coisas que seu filho nunca deve fazer na internet e como protegê-lo

As crianças e adolescentes passam muito tempo na internet, mas a navegação pode ser segura e útil.

4 coisas que seu filho nunca deve fazer na internet e como protegê-lo

Um futuro cada vez mais orientado às Nuvens

Vamos direto ao ponto: o mundo está cada vez mais digital e nada sugere que estamos perto de frear esse movimento.


Smartphones e eletrônicos lideram compra de produtos usados pela internet

70% dos entrevistados destacam economia de gastos como principal razão para adquirir itens de segunda-mão na web, aponta estudo CNDL/SPC Brasil.

Smartphones e eletrônicos lideram compra de produtos usados pela internet

Brasileiro terá que trabalhar mais de 800 horas para comprar novo iPhone

Brasileiros terão que desembolsar até R$5.306,81 para comprar modelo 11 Pro Max do iPhone.

Brasileiro terá que trabalhar mais de 800 horas para comprar novo iPhone

Qual a diferença na cobertura das rede 3G, 4G e 5G?

Cada avanço no desempenho ou na capacidade da rede é chamado de “nova geração”.

Qual a diferença na cobertura das rede 3G, 4G e 5G?

Ciberataque: empresas solicitam ajuda somente depois de se tornarem vítimas

De acordo com o Relatório de Incident Response da Kaspersky, mais de 50% das solicitações de IR ocorrem depois que as organizações sofreram um ataque com consequências visíveis.

Ciberataque: empresas solicitam ajuda somente depois de se tornarem vítimas

Mais de 5 bilhões de pessoas usam aparelho celular no mundo

O número equivale a cerca de 67% da população mundial.

Mais de 5 bilhões de pessoas usam aparelho celular no mundo

“Tinder do Facebook” ganha integração com o Instagram

Facebook Dating agora permite o "match" também com os contatos do usuário no Instagram.

“Tinder do Facebook” ganha integração com o Instagram

Ser estratégico é cumprir a lei

Segurança da informação e privacidade de dados são questões estratégicas.


400 milhões de contas do Facebook são expostas

Segundo o Facebook, muitos dos contatos eram cópias e os dados eram antigos.

400 milhões de contas do Facebook são expostas

Twitter: você sabe proteger sua conta?

Segundo dados da Kaspersky, 21% dos brasileiros já tiveram alguma de suas contas hackeadas.

Twitter: você sabe proteger sua conta?

Experiências digitais que você pode oferecer aos seus clientes

Como os consumidores possuem infinitas oportunidades de fazer compras online, eles têm o luxo de ser extremamente exigentes.