Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Para 54% dos jovens navegar na internet é a principal atividade de lazer

Para 54% dos jovens navegar na internet é a principal atividade de lazer

08/11/2019 Divulgação

Estudo revela que grande maioria dos jovens de 18 a 24 se preocupa com a aparência física e com a autoimagem.

Para 54% dos jovens navegar na internet é a principal atividade de lazer

Imersos desde crianças num mundo mediado pelas telas dos smartphones e com possiblidade de acesso ininterrupto à informação, a Geração Z tem uma predileção por atividades de lazer on-line. É o que indica o estudo conduzido pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Dados do levantamento mostram que 54% dos jovens de 18 a 24 anos afirmam que nos momentos de lazer, a atividade mais comum é navegar na Internet. Seguido de ouvir música (53%) e assistir filmes, seriados, novelas e programas em geral (51%).

A constante conectividade e exposição desses jovens faz com que eles se preocupem com a aparência física e com a autoimagem, uma vez que 92% tomam alguma atitude para ficar mais bonitos e se sentir bem e confiantes. De acordo com a pesquisa, 47% dos jovens costumam comprar roupas, sapatos e acessórios. Enquanto 46% afirmam que cuidam dos dentes, 41% procuram se alimentar de forma saudável e 40% fazem atividades físicas. Somente 8% admitem não fazer nada com este objetivo.

Esses jovens também parecem dispostos a investir na qualidade de vida, uma vez que nove em cada dez entrevistados dizem que tomam algum cuidado com a saúde (94%), sendo que os principais são dormir bem (48%) e fazer exercícios físicos (45%) e evitar pensar em coisas negativas (44%).

CNDL/SPC Brasil



Novos tempos exigem mais investimento nos profissionais de cibersegurança

Qual será o principal desafio de tecnologia da sua empresa em dez anos?

Novos tempos exigem mais investimento nos profissionais de cibersegurança

Um aplicativo para as pessoas conhecerem melhor seus vizinhos

Um canal direto e seguro para vizinhos se ajudarem e negociarem objetivando a subsistência de grande parte da população.

Um aplicativo para as pessoas conhecerem melhor seus vizinhos

Número de usuários do WhatsApp cresceu 900% em 7 anos

Os dados apontam que, desde março deste ano, cerca de dois milhões de indivíduos estão conectados o mês inteiro no App.

Número de usuários do WhatsApp cresceu 900% em 7 anos

Programa de aceleração de startups Inovativa Brasil abre inscrições

Realizado de forma totalmente online, o programa é acessível para startups de qualquer região do país.

Programa de aceleração de startups Inovativa Brasil abre inscrições

O uso de dados e a vida depois da pandemia

Para muita gente, a pandemia do coronavírus tem gerado uma sensação de que nada mais será como antes.


Para uma melhor experiência do cliente, digitalizar é preciso

Quando fazemos uma compra virtual, queremos ter informações completas sobre o andamento da compra e quando vamos receber o produto.


Sete piores erros do e-commerce

O e-commerce brasileiro cresceu 75% em maio.

Sete piores erros do e-commerce

A transformação irreversível da digitalização

Há cerca de 6 anos, fui procurado por um ex-colega de consultoria que queria entender melhor a minha visão sobre transformação digital, para ajudar os seus clientes.


Cibercriminosos aproveitam a quarentena para acelerar suas atividades maliciosas

Segundo a GlobeNet, os ataques de negação de serviço (DDoS) aumentaram em mais de 300% nos primeiros cinco meses de 2020.

Cibercriminosos aproveitam a quarentena para acelerar suas atividades maliciosas

Sete dicas para poupar nas compras online

Com algumas estratégias de compra, é possível encontrar produtos mais em conta.

Sete dicas para poupar nas compras online

Serviços financeiros se reinventam para acompanhar demanda

A transformação digital anda de mãos dadas com os aplicativos e não é mais apenas uma frase de marketing atraente apenas.


A revolução do setor financeiro no Brasil vai muito além do WhatsApp

O mercado de meio de pagamentos foi balançado depois que o Facebook escolheu o Brasil para lançar o Facebook Pay, por meio do Whatsapp, uma nova modalidade que permite a transação de valores via aplicativo.

A revolução do setor financeiro no Brasil vai muito além do WhatsApp