Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Regras e protocolos dos eventos virtuais

Regras e protocolos dos eventos virtuais

14/12/2020 Flávia Roberta Fernandes

Quais são as regras, os protocolos?

Regras e protocolos dos eventos virtuais

Embora estejamos há oito meses lidando com o isolamento social e participando de eventos virtuais quase que diariamente, ainda observamos alguns pontos de melhoria para prevenir gafes e manter a organização, que um evento de excelência exige. Ao falarmos de acontecimentos virtuais, existem alguns questionamentos: como devemos nos portar em um evento virtual? Como devemos se comportar frente as câmeras? Quais são as regras, os protocolos? Quais são as normas para que tudo isso aconteça?

É importante pensarmos que quando o grupo se reúne para fazer um bate-papo entre amigos, uma live informal, esses protocolos e regras de comportamento podem ser deixados de lado. Mas como muitos eventos institucionais, organizacionais, públicos passaram a acontecer virtualmente, exige-se, neste contexto, que regras e protocolos, assim como acontece em eventos presenciais, aconteçam e sejam adaptados para esta nova realidade. Por exemplo, quando falamos de evento promovido por uma instituição, seja ela de ensino, pública governamental, existem regras para que sejam respeitadas as hierarquias para as falas, os cargos dos indivíduos participantes e convidados. Então cabe ressaltar, para que não haja gafes, certos cuidados devem ser tomados tendo sempre em mente que, a internet promove a ideia de um ambiente informal e descontraído, mas cabe a atenção para que a informalidade não seja confundida com desorganização.

Neste sentido, aponto alguns elementos que são chaves para a organização de um evento virtual:

1) Defina um roteiro: descreva todas as etapas do desenvolvimento, considerando as fases pré, trans e pós-evento;

2) Tenha um indivíduo que assumirá a função de cerimonialista, conduzindo as atividades e orientando os participantes e convidados;

3) Defina de um discurso de abertura e encerramento;

4) Conheça seus palestrantes e convidados, apresente um breve currículo e atente para as boas maneiras de precedências hierárquicas para as falas de cada membro participantes;

5) Oriente os indivíduos sobre as formas de interagir durante o evento com os convidados, como realizar perguntas, comentários e considerações. Se esse diálogo será estabelecido com pausas no meio da fala desse palestrante, ou ao final, sendo filtrada ou selecionada pelo mediador;

6) Eventos longos devem considerar a realização de pausas e intervalos entre uma palestra ou outra, para que não seja gerado um desgaste ou sobrecarga aos participantes.

Como existe, neste momento, uma sobrecarga de eventos virtuais, de lives, reuniões e os indivíduos estão conectados a muitas ferramentas tecnológicas e redes sociais ao mesmo tempo, é importante pensarmos em eventos que não tenham uma duração prolongada, ou seja, que ultrapassem uma hora de palestra. Ou se, estes eventos forem estendidos para duas ou três horas, que haja pausas para que os participantes não se cansem, entendendo que, no período de isolamento, as pessoas estão, em sua maioria, no seu ambiente domiciliar administrando outras atividades paralelas.

Neste sentido, outro ponto importante a se pensar é o público ao qual o evento se destina. Se queremos atingi-lo, temos que pensar em elementos, como: quais são os horários e/ou melhor período do dia para as atividades virtuais propostas. E, por fim, cabe estabelecer uma interação antecipada com os participantes para que eles tenham informações prévias do evento, seu funcionamento e possam ter acesso a qualquer suporte necessário para acompanha-lo.

* Flávia Roberta Fernandes é professora dos cursos de Assessoria Executiva Digital e Gestão Empreendedora de Serviços do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Pg1 Comunicação



Anatel registra quase um milhão de reclamações no primeiro semestre de 2022

Relatório da Agência contabilizou queixas dos consumidores contra serviços de telefonia, internet e TV.

Anatel registra quase um milhão de reclamações no primeiro semestre de 2022

Telecom investiu R$ 8,3 bilhões no 1º trimestre de 2022

Nos três primeiros meses do ano o investimento apresentou uma alta nominal de 3,8% na comparação com o primeiro trimestre de 2021.

Telecom investiu R$ 8,3 bilhões no 1º trimestre de 2022

Disney supera número de assinantes da Netflix

Plataforma alcançou 221 milhões de assinantes no streaming,

Disney supera número de assinantes da Netflix

Cibersegurança é pré-requisito para empresas sustentáveis

Na esteira das conexões ultrarrápidas, a migração de dados para a nuvem passou a ser palavra de ordem para empresas.

Cibersegurança é pré-requisito para empresas sustentáveis

As mudanças do Whatsapp no mundo

Advogado especialista em Direito Digital explica que falta de regulamento abre discussão em torno da ferramenta.

As mudanças do Whatsapp no mundo

Cloud x on-premise: será que é preciso partir para um único caminho?

Em alguns cenários, um servidor local é obrigatório e, em outros, a melhor abordagem é a híbrida.

Cloud x on-premise: será que é preciso partir para um único caminho?

Empresa brasileira lança serviço para criação de avatares

Com o lançamento, empresa espera aproximar artistas, setor corporativo e metaverso.

Empresa brasileira lança serviço para criação de avatares

TV por assinatura perde quase 80 mil assinantes em apenas um mês

Nos últimos 8 anos a mídia perdeu cerca de 7 milhões de clientes.

TV por assinatura perde quase 80 mil assinantes em apenas um mês

Como evitar o desperdício de energia durante o inverno?

É necessário levar em consideração o atual momento socioeconômico do país, que enfrenta uma inflação desenfreada.

Como evitar o desperdício de energia durante o inverno?

App brasileiro de mensagens instantâneas chega ao mercado com novas funcionalidades

Entre os diferenciais, SayMe Messenger permite escolher quem pode ou não compartilhar mensagens.

App brasileiro de mensagens instantâneas chega ao mercado com novas funcionalidades

Facebook renova feed principal para atrair usuários mais jovens

Concorrência com rival TikTok motivou mudança.

Facebook renova feed principal para atrair usuários mais jovens

Brasil tem 10,5 milhões de influenciadores no Instagram e lidera ranking mundial

Dados são do Relatório Anual de Marketing da Nielsen.

Brasil tem 10,5 milhões de influenciadores no Instagram e lidera ranking mundial