Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

04/12/2019 Divulgação

Sucesso nessa atividade às vezes leva tempo e dá trabalho, mas é viável e vale a pena.

Seis passos para quem deseja empreender como influenciador digital

O Brasil já tem mais de 50 mil influenciadores digitais quando inclui os “influencers” que possuem entre 5 e 100 mil seguidores, segundo dados da APEX e da Squid. E quando a empresa foca seu produto num “digital influencer” de indicações costuma dar certo, afinal, segundo pesquisa da Nielsen, 84% dos consumidores tomam decisões com base nas opiniões de fontes confiáveis ou influentes. Além disso, o internauta brasileiro fica, em média, nove horas e 14 minutos por dia conectado.

Nenhuma pessoa quer errar na hora de comprar (decidir por A ou B) e uma forma de minimizar a chance de erro na hora de escolher, é confiar em alguém que já comprou e aprovou.

A seguir, 6 passos para impulsionar os resultados como influenciador:

1- Identidade
Criar e promover uma identidade singular. É preciso que o profissional se diferencie dos concorrentes, principalmente daqueles que tem perfis semelhantes. Divulgar o nome e sobrenome, por exemplo, e não optar apenas por usar o primeiro nome. A chance dos nomes se repetirem ou serem parecidos é grande, o que pode, inclusive, confundir os seguidores. Desta forma, a dica é usar o sobrenome também. Vale, inclusive, pensar num bordão, slogan ou frase de efeito que o público se identifique e reconheça.

2- Edição 
Caprichar na edição. Uma forma de ganhar ainda mais a audiência nos vídeos é editá-los, incluindo legendas, textos e imagens. Isso torna-os mais poderosos e envolventes, pois reforça o conteúdo apresentando. Hoje já existem programas bem fáceis e até gratuitos que fazem isso.

Outra forma de engajar os internautas é interagir, ou seja, além de afirmações, vale a pena fazer perguntas durante o vídeo ou pedir sugestões. Assim, aumenta o engajamento do público com mais comentários dos vídeos e posts.

3- Gatilho mental
É importante utilizar gatilhos mentais na abordagem, ou seja, estímulos cerebrais que influenciam diretamente a tomada de decisão. Exemplos de “gatilhos” que impactam ainda mais os vídeos:

- Histórias: conectam emocionalmente as pessoas e memorizam por mais tempo;
- O poder da palavra “imagine”: uma palavra poderosa! Quando se diz: “Imagine a seguinte situação”, por exemplo, a pessoa começa mesmo a imaginar a cena e a chance de convencê-la aumenta consideravelmente;
- Senso de urgência: tem que ser agora, ou perderá. As pessoas compram por 2 motivos racionais: pela vontade de possuir ou pelo medo de perder a chance.

4- Depoimentos
Para atrair mais clientes e fechar mais vendas, pode-se utilizar a técnica dos depoimentos, ou seja, gravar vídeos com alguns clientes que já contrataram os serviços de indicação e obtiveram ótimos resultados. Eles podem relatar como isso melhorou o negócio e impulsionou as vendas. É uma forma poderosa e gratuita para se conquistar novos clientes.

Um potencial cliente costuma ser mais influenciado por esse tipo de testemunho do que pelos próprios vendedores da empresa, afinal, o vendedor sempre afirma que o produto oferecido é bom.

5- Network
Apostar numa boa rede de contatos. Quanto mais pessoas souberem sobre o tipo de serviço oferecido, maior a chance de crescimento nesse nicho de mercado. Então, é necessário investir parte do tempo participando de eventos sociais e comerciais, ser visto por quem já segue a marca e se envolver com outras pessoas que gostem dos mesmos assuntos da área que a empresa atua. E, o principal: manter contato pós-evento por telefone, e-mail ou redes sociais. Cada novo contato é uma oportunidade para aprender algo e realizar novos negócios.

6- Pesquisa
Para aqueles que estão pensando em entrar nesse segmento, além de gostar deste tipo de atividade, vale a pena se atentar a 2 pontos importantes antes de empreender:

1- É indicado fazer um levantamento de dados, pesquisar o mercado, descobrir quantos profissionais já atuam na região desejada que também indicam produtos ou serviços, e pensar num diferencial que poderá ser agregado.

2- Planejar uma transição financeira é essencial. O ideal é iniciar uma atividade sem precisar dessa fonte financeira, ou seja, os vídeos começam como um hobby e aos poucos podem crescer e se tornar a principal renda.

Conclusão: às vezes leva tempo e dá trabalho, mas é viável e vale a pena.

Texto: Erik Penna - palestrante, especialista em vendas e motivação, autor de 5 livros e mais de 1.000 palestras realizadas.

Fonte: RZT Comunicação



Cultura organizacional e o sucesso das estratégias de segurança digital

As pessoas são o maior patrimônio de uma empresa.


Empreendedores menos escolarizados têm mais dificuldade de digitalizar os negócios

Pesquisa mostra resistência ou desinformação desses empresários sobre vendas pela internet.

Empreendedores menos escolarizados têm mais dificuldade de digitalizar os negócios

Faça backup das conversas do WhatsApp de Android para iPhone

Você comprou um novo iPhone e pretende copiar todas as suas conversas do seu antigo android para este novo smartphone?

Faça backup das conversas do WhatsApp de Android para iPhone

Startups em logística: um novo negócio

No meio acadêmico, universidades já orientam os estudantes para essa tendência.

Startups em logística: um novo negócio

Brasil, o país do podcast

Já sabemos que podcasts estão em alta.

Brasil, o país do podcast

Twitter lança ferramenta de combate à violência doméstica

Recurso pode ser usado por vítimas e por testemunhas.

Twitter lança ferramenta de combate à violência doméstica

Inbound x Outbound: qual o melhor para o seu negócio

Venha descobrir neste post sobre as maiores vantagens e desvantagens do Inbound e Outbound Marketing para o seu negócio!

Inbound x Outbound: qual o melhor para o seu negócio

Brasil teve mais de 1,6 bilhão de ataques cibernéticos em três meses

OMS, Departamento de Saúde dos Estados Unidos e outras organizações também foram alvos dos hackers nos últimos meses.

Brasil teve mais de 1,6 bilhão de ataques cibernéticos em três meses

Consumidores que compraram alimentos pela internet chegam a 53%

Isolamento social causado pela covid-19 influencia pesquisa.

Consumidores que compraram alimentos pela internet chegam a 53%

A crise no boicote ao Facebook

O problema disso é que a única forma de monetização do Facebook é com anúncios.

A crise no boicote ao Facebook

TikTok, Covid-19 e Cyberwar: nunca fomos tão vigiados

Como no filme “A vida de Truman”, o cidadão comum é cada dia mais vigiado, não só no Brasil, mas, de modo geral, em todos os lugares do mundo.


Os avanços da tecnologia antifraude para as transações on-line

Em tempos de coronavírus e de isolamento social, estamos utilizando mais do que nunca o comércio eletrônico.

Os avanços da tecnologia antifraude  para as transações on-line