Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Adeus, Luzia!

Adeus, Luzia!

07/09/2018 Wagner Dias Ferreira

Adeus, Luzia. Perdoe o descaso.

Siga mais forte, agora na alma e no inconsciente coletivo do povo brasileiro. O crânio humano mais antigo das Américas. Encontrado na RMBH/MG, permaneceu cerca de 10.000 anos protegido pelo ambiente de grutas e pela natureza. Agora, destruído pelo homem.

Os civilizados não destruíram a mulher negra forte e resistente, aquela que lutou e existiu por milênios. Em menos de 200 anos, depois de ser retirada de onde foi encontrada, é cinza. Antes permanecesse aos cuidados da natureza e não da humanidade.

O crânio de Luzia é referência para identificar processos migratórios na Pré-História. É um crânio negroide. Demonstra que pertenceu a processos migratórios africanos que permitiram ao homo sapiens negro povoar o mundo. Central para entender o racismo no inconsciente coletivo. Primeiro grande processo migratório negroide em todo o mundo. Posteriormente, foi o de populações não negroides, que promoveram o enfrentamento dessas primeiras para se instalarem. Nascendo aí um sentimento racista.

Em Barão de Cocais/Minas, é possível encontrar o monumento da Pedra Pintada com pinturas rupestres, muito bem preservadas, e observar como aquelas populações viviam (as pinturas têm idade semelhante à Luzia).

Quando se visita o Museu Arqueológico de Xingó, em Sergipe, observam-se elementos de populações não negroides, parecidos com os índios brasileiros do tempo das invasões europeias. Mostrando como as migrações não negroides foram chegando em seguida àquelas que as precederam.

O Brasil é importante nas dinâmicas das migrações inclusive na teoria da transposição para as Américas pelo estreito de Berhing, primeiro as populações negroides, depois as não negroides. É grande o peso da perda que o mundo e a humanidade sofreram com o incêndio do Museu Histórico Nacional no Rio de Janeiro. Referido aqui, superficialmente, apenas os tópicos pré-históricos brasileiros.

Ao se avaliar todo o acervo perdido a única palavra que pode aproximar o sentimento de perda é incomensurável. Mais importante do que punir os negligentes, imprudentes e que agiram com falta de perícia no trato do acervo do museu é imediatamente estabelecer a prevenção de novos eventos dessa natureza. Certa feita, ao atuar em processo judicial (1991), foi necessário pleitear certidão de nascimento em Minas Gerais.

O cartório disse que os documentos da época haviam se perdido em um incêndio durante a Revolução de 30. Ao oficiar a paróquia da cidade para o Batistério, a igreja prestou a mesma informação. Então, o Brasil precisa superar a cultura de tolerar as perdas provocadas por incêndios. Isso não pode ser normal.

Urge promover uma intensa interação e integração do povo com o patrimônio histórico para que isso cause aos governantes o constrangimento necessário a uma permanente ação de preservação desses elementos que compõem a identidade, presente no inconsciente coletivo do brasileiro.

* Wagner Dias Ferreira é advogado e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MG.

Fonte: Wagner Dias Ferreira



Entenda como funciona a LGPD na relação de emprego

A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) determina regras e critérios sobre coleta, armazenamento e tratamento de dados pessoais.


Reforma Tributária e seus impactos no setor da saúde

Em 21 de julho de 2020 foi encaminhada ao Congresso Nacional a primeira proposta de Reforma Tributária, feita pelo ministro da economia Paulo Guedes.


Depoimento de presidentes da República – Tratamentos distintos

O ministro Celso de Melo, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, de forma inusitada, na sexta-feira (11), que o presidente da República prestasse depoimento de forma presencial, e não por escrito, à autoridade policial no inquérito que apura se houve interferência na Polícia Federal, segundo declarações do ex-ministro Sergio Moro.


O exercício da telemedicina antes e depois da pandemia

Com a necessidade do isolamento social decorrente da pandemia de Covid-19, a telemedicina, prática que fomenta o exercício da medicina à distância, utilizando-se de meios tecnológicos para tanto, ganhou notoriedade.


Holding familiar é uma boa alternativa

Devido a pandemia do novo coronavírus e suas consequências negativas, o brasileiro passou a refletir mais sobre planejamento sucessório, ocasionando um aumento de 134% de testamentos em cartórios.


Como aumentar a eficiência da Justiça brasileira?

A sobrecarga do Judiciário é um antigo problema no Brasil.


5 pontos sobre Direito Ambiental que a sua empresa precisa saber

O mau uso do meio ambiente por parte das empresas é algo já não mais aceito diante do mercado.


Imposto de Renda deveria ser justo, proporcionar retorno ao cidadão e diminuir a pobreza

A melhor solução para o Brasil passaria por uma revisão completa da tributação das pessoas jurídicas e físicas, incluindo a tributação de dividendos, adotando-se sistemáticas de imputação há décadas utilizadas por países membros da OCDE para evitar a dupla tributação.


Empresas que desistem de contratar após exame admissional podem ter implicações

O advogado André Leonardo Couto, que tem mais de 25 anos de experiência na área trabalhista, alerta que os contratantes devem se pautar pela boa-fé e honrar ofertas e compromissos, pois a responsabilidade civil do empregador não está limitada ao período contratual.


LGPD e os condomínios

Seus reflexos para os condomínios, edifícios e empresas terceirizadas (administradoras de condomínio, empresas terceirizadas de portaria virtual e remota, entre outros).


Fux, um STF discreto, imparcial e justo

Quando, em seu discurso de posse na presidência do Supremo Tribunal Federal, o ministro Luiz Fux condenou a “judicialização vulgar e epidêmica” de temas que os outros poderes República – Legislativo e Executivo – deveriam resolver dentro dos seus próprios limites, suas palavras ecoaram pelo Brasil inteiro.


Sisbajud: o novo sistema de busca de ativos pela Justiça

Em agosto de 2020, entrou em funcionamento o Sistema de Busca de Ativos do Poder Judiciário (SisbaJud) em substituição ao BancenJud.