Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Com crise, juros para casa própria já estão mais altos

Com crise, juros para casa própria já estão mais altos

14/10/2008 Divulgação

O impacto da crise financeira internacional e da escassez de crédito que tomou conta do mercado já atinge o bolso do brasileiro que planeja comprar a casa própria. Os bancos começaram a elevar as taxas de juros e a cortar facilidades oferecidas nos financiamentos dos imóveis.No Bradesco, a taxa de juros anual para operações com recursos livres (sem dinheiro do FGTS ou da poupança) de até R$ 120 mil foi elevada de 9% para 10,5% ao ano. Nesta semana, o Itaú aumentou seu teto anual de 9% para 12%, e o Unibanco, de 11% para 12%.

Em reportagem do Jornal da Tarde, o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel de Oliveira, afirmou que o mercado de imóveis tende a adotar restrições semelhantes às que já estão em vigor para compra de automóveis a longo prazo. “Um exemplo são as taxas de juros diferenciadas nos primeiros três anos e o financiamento de 100% do imóvel. Além disso, os bancos terão cuidados adicionais na análise de renda”, avaliou.

Regras e limites
José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP, organismo que reúne os corretores de seguro, vê um cenário menos negativo. Viana encara o aumento das taxas como um dispositivo preventivo e não vê restrições na análise de crédito. Ele concorda, entretanto, que algumas facilidades tendem a desaparecer.

Já o diretor de economia do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), Eduardo Zaidan, diz que o impacto das medidas não será expressivo, pois o setor é regulamentado e as taxas não podem ultrapassar um teto máximo. “A concorrência fez as instituições criarem atrativos para clientes. O que estão fazendo agora é apenas voltar ao patamar de um ano atrás”, afirma Zaidan. l

Crescimento dos empréstimos deve desacelerar no semestre
O impacto da crise internacional no crédito imobiliário, bem como sua duração, ainda são difíceis de ser medidos, mas especialistas já prevêem desaceleração no crescimento dos empréstimos neste segundo semestre.

“Tenho certeza de que o crédito no setor irá crescer mais que no ano passado, mas irá haver uma desaceleração do crescimento previsto”, avalia Miguel de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). “E em 2009, vai crescer menos que este ano”, afirma Oliveira.

Fonte: www.endividado.com.br



Doença mental adquirida no exercício profissional pode ser considerada acidente de trabalho

Alguns tipos de transtornos mentais podem estar relacionados ao ambiente de trabalho.


Os paradigmas legais da greve dos jogadores do Cruzeiro

Os jogadores do elenco profissional do Cruzeiro anunciaram no dia 13 de outubro que estão em greve por conta do atraso no pagamento dos salários.


Nova Lei de Improbidade Administrativa separa o joio do trigo

Recentemente seguiu para sanção presidencial o projeto de lei, aprovado pelo Congresso Nacional, que modifica substancialmente a Lei 8429/90, conhecida como a Lei de Improbidade Administrativa.


O falso dilema do IRPJ e CSLL sobre a Selic no indébito tributário

O Supremo Tribunal Federal vem adiando sucessivamente o julgamento do RE nº 1.063.187/SC, que em sede de repercussão geral, poderá decidir tema de grande importância para os contribuintes.


Licença e afastamento do servidor público: Como funciona?

Você já sabe que para o servidor público, existem várias leis e regras diferentes dos trabalhadores da iniciativa privada; por isso, é importante ficar atento a essas normas.


Fraudes podem diminuir a chance do Green Card

Advogado especialista em direito internacional, Daniel Toledo explica o que fazer ao suspeitar de problemas com o investimento.


Queda do WhatsApp pode gerar indenização aos usuários que tiveram prejuízo

Para o especialista em Direito do Consumidor, Marco Antonio Araujo Junior, comunicador instantâneo se enquadra como serviço pelo Código de Defesa do Consumidor.


Revista de empregados: os limites do poder diretivo e disciplinar do empregador

A relação de emprego tem características inconfundíveis.


O STF desprestigiado pelas ações políticas

Realmente, tornou-se um nefasto hábito, os políticos acionarem o Judiciário quando não conseguem bem encaminhar seus projetos ou perdem votações no âmbito do Legislativo.


Trabalho escravo da fé e a relação entre pastores e igrejas no Brasil

Os tribunais brasileiros estão recebendo uma série de ações de pastores e ministros de igrejas contra o chamado “trabalho escravo da fé”.


Embate entre condomínio e proprietário para locação por aplicativo vai parar no STJ

Para especialista, muitas vezes as multas condominiais aplicadas aos usuários da locação por aplicativo não são suficientes para coibir abusos.


Honorários advocatícios não podem ser compensados, e rateados, podem?

Embora o Código de Processo Civil (20150) tenha trazido avanços consideráveis acerca dos honorários advocatícios, um dispositivo em especial me chama a atenção.