Portal O Debate
Grupo WhatsApp


A chance do primeiro emprego através da educação

A chance do primeiro emprego através da educação

24/10/2006 Divulgação

O MEC realiza de 5 a 8 de novembro, em Brasília, a 1ª Conferência Nacional de Educação Profissional e Tecnológica. O Ministério da Educação quer aumentar o acesso dos jovens no mercado de trabalho, e para isso pretende ampliar a educação tecnológica.

O evento vai elaborar uma política nacional para o setor e pretende integrar as redes: federal, estadual, municipal, privada e comunitária que oferecem ensino profissionalizante. Com a baixa incidência de jovens de 18 a 24 anos que chegam a Universidade, o Ministério da Educação revogou o decreto de 2005 que desassociava o ensino médio do ensino profissionalizante, passando agora a serem integrados. Com essa medida pretende-se investir na criação de mais cursos profissionalizantes e mais oportunidades no mercado de trabalho.

O diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica do Piauí (Cefet-PI), Francisco das Chagas Santana, diz que os alunos da instituição são muito procurados por empresas da região. Atualmente, cerca de mil estudantes fazem estágio em empresas que procuram o Cefet em busca de técnicos operacionais em áreas como mecânica, eletrônica, elétrica, edificações, meio ambiente, refrigeração, informática, entre outros. "Todos os alunos de mecânica que se formam este ano já têm emprego garantido na Schincariol que funciona no Maranhão", comemora.


Fonte: Ministério da Educação e Cultura



Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

As aulas on-line das crianças têm requisitado uma maior participação dos familiares.

Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

Orientar de modo equivocado pode causar estragos na aprendizagem.

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local.

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

A vida depois da graduação

O resultado esperado é um aprofundamento de carreira dentro de uma profissão.

A vida depois da graduação

Educação, pandemia e juventude

Hoje proponho uma reflexão acerca dos rumos que estamos dando à educação no Brasil e o que, de fato, desejamos de nossa atual juventude em sua maturidade.


Ensino remoto: a nova via da educação superior

É bastante improvável que a educação tradicional e presencial retorne antes de 2021.


A herança da pandemia na educação

A esta altura da pandemia, já se sabe que ela vai deixar, além da crise econômica que todos estamos vivendo, uma herança baseada em mudanças de hábitos e no uso mais intenso da tecnologia.


A pedra no sapato do Ensino Superior brasileiro

Mais da metade dos que ingressam nas universidades trocam de turma, curso ou instituição, ou abandonam os estudos.

A pedra no sapato do Ensino Superior brasileiro

Pandemia não desanima maioria a cursar faculdade em 2020

Estudo  mediu o impacto da covid-19 nas matrículas para o 2° semestre de 2020 e 65% seguirá com o projeto universitário.

Pandemia não desanima maioria a cursar faculdade em 2020

Pesquisa aponta que 28% dos jovens não voltarão às aulas após pandemia

Levantamento questionou 33.688 jovens de todo o país.

Pesquisa aponta que 28% dos jovens não voltarão às aulas após pandemia

O novo normal na educação: o que era diferencial se tornou um pré-requisito essencial

O isolamento social necessário por causa da pandemia do novo coronavírus obrigou escolas no Brasil e no mundo a se adaptarem.

O novo normal na educação: o que era diferencial se tornou um pré-requisito essencial

Arranjos de Desenvolvimento: um tema importante para os secretários municipais de educação

O dia a dia da administração de uma rede de ensino é pesado e complexo.

Arranjos de Desenvolvimento: um tema importante para os secretários municipais de educação