Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A importância de um ou mais idiomas para sua carreira

A importância de um ou mais idiomas para sua carreira

28/06/2016 Divulgação

O salário de uma pessoa fluente em inglês chega ser até 61% maior do que uma pessoa sem os conhecimentos da língua.

Em um mundo cada vez mais conectado, a grande presença de multinacionais em nosso país e um mercado cada vez mais competitivo, o que antes era visto como um diferencial, rapidamente se tornou uma exigência.

Falar outro idioma tornou-se um requisito essencial, exigido pela maioria das grandes empresas independentemente do cargo ou da profissão. Inclusive em muitas entrevistas de emprego, por exemplo, o entrevistado nem é questionado sobre a língua inglesa nas primeiras etapas do processo, parte-se do pressuposto que a maioria possui esse conhecimento.

Não se tratando de um fator determinante apenas na busca por um novo emprego, a fluência em outro idioma, também é uma iniciativa inteligente daqueles que buscam destaque profissional no trabalho atual.

Segundo uma pesquisa da Catho divulgada no portal do G1 no mês de abril deste ano aponta que, o salário de uma pessoa fluente em inglês chega ser até 61% maior do que uma pessoa na mesma função com conhecimentos básicos da língua, e de uma pessoa fluente em espanhol de 38 a 54% maior. Infelizmente, quando ocorre o esgotamento de profissionais com esse domínio, principalmente do inglês, os empregadores são obrigados a recorrer à mão de obra estrangeira. O inglês é considerado a língua universal e consequentemente o idioma mais exigido e falado nas grandes corporações, seguido do espanhol.

De acordo com um estudo realizado pelo Instituto Cervantes em 2015, já existem mais de 559 milhões de falantes da língua espanhola ao redor do mundo. É o segundo idioma mais falado no mundo, atrás somente do mandarim e é também o segundo idioma de comunicação internacional, depois do inglês. Calcula-se que em 2030, aproximadamente 7,5% da população mundial estará se comunicando em língua castelhana.

A proficiência de um novo idioma também se apresenta como a melhor alternativa para conhecer e interagir com outras culturas. Ferramenta importante para entender tendências, fenômenos mundiais e para refletir melhor sobre nosso próprio país. Além dos inúmeros benefícios para a carreira profissional, aprender outro idioma, acarreta inúmeros benefícios para a saúde mental do indivíduo, segundo análises feitas ao redor do mundo. Uma delas desenvolvida pela Universidade de Northwestern dos USA, aponta que pessoas bilíngues tem a capacidade de se concentrar melhor em ambientes agitados e barulhentos, do que aqueles que falam apenas um idioma. Isso porque, estudar outras línguas fortalece áreas do cérebro que também são usadas para perceber e diferenciar sons e ruídos. Uma pesquisa do Centro Público de Pesquisa de Luxemburgo, afirma que as pessoas que falam mais de dois idiomas apresentam menos risco de desenvolver problemas de memória ou Alzheimer.

O Instituto Mindset ciente de todos os benefícios da aprendizagem de um novo idioma garante que, todos eles são conquistados juntamente com sucesso o profissional almejado por seus alunos. Dispondo de um método exclusivo, dinâmico e diferenciado, o Instituto possui cursos específicos para cada área de atuação e personaliza seus cursos de acordo com a necessidade e ambição de cada um, que vão de cursos intensivos até cursos a distância. Os profissionais do Instituto Mindset, são preparados e acreditam no esforço, dedicação e comprometimento de todos em busca de um único objetivo, o sucesso de seus alunos.



Startup brasileira de educação realiza curso que incentiva independência de crianças e adolescentes nos estudos

A Semana do Filho Estudioso, organizada pela Piva Educacional, ocorre entre os dias 17 e 24 de janeiro com transmissão simultânea para o Brasil e exterior.


Aluna dos meus alunos

Tempo, partilha, generosidade.

Aluna dos meus alunos

Um debate sobre a valorização dos educadores

Quando falamos da importância da valorização dos profissionais da educação, diversos fatores devem ser considerados.

Um debate sobre a valorização dos educadores

Curso gratuito de programação vai capacitar 50 mil mulheres

Iniciativa criada pela escola de programação Kenzie Academy e a startup DUPLA quer reduzir a desigualdade de gênero na área de tecnologia.


4 pilares do processo de aprendizagem para 2022

Especialista aponta os principais pontos para promover ambientes dinâmicos e que estimulem o acesso ao conhecimento.

4 pilares do processo de aprendizagem para 2022

Diploma Digital deve ser adotado por todas instituições de ensino superior do Brasil

Medida trará mais eficiência, segurança e proporcionará redução de custos às instituições.

Diploma Digital deve ser adotado por todas instituições de ensino superior do Brasil

Seu filho já sabe programar? Se não, comece a prepará-lo para o futuro

Acesso ao aprendizado da linguagem de programação amplia a criatividade, pensamento crítico e matemático, além da capacidade de resolução de problemas.

Seu filho já sabe programar? Se não, comece a prepará-lo para o futuro

2021, o ano que (enfim) terminou

Faz praticamente dois anos que vivemos quase o dia da marmota, como no filme O Feitiço do Tempo.

2021, o ano que (enfim) terminou

UFMG tem 76 vagas de graduação para refugiados e apátridas

Para se candidatar é necessário ter feito o Enem entre 2017 e 2021.

UFMG tem 76 vagas de graduação para refugiados e apátridas

Área do meio ambiente oferece oportunidades crescentes em Ciências da Natureza

Área é impulsionada pela estruturação da legislação ambiental brasileira e crise mundial climática.

Área do meio ambiente oferece oportunidades crescentes em Ciências da Natureza

A semente da educação qualificada que garante a colheita de um futuro promissor

Dislexia e alfabetização

Em muitos casos de dislexia a suspeita inicia na fase da alfabetização.

Dislexia e alfabetização