Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Alunos do SESI-MG são destaques no PISA for Schools

Alunos do SESI-MG são destaques no PISA for Schools

25/06/2019 Da Redação

O PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudante) analisa a aprendizagem dos estudantes das melhores escolas do Brasil

Alunos do SESI-MG são destaques no PISA for Schools

A Escola SESI Alvimar Carneiro de Rezende, de Contagem, foi destaque no PISA for Schools. A avaliação internacional avalia estudantes de 15 anos de idade, do 1º e 2º ano do ensino médio, com questão de Ciências, Matemática e Leitura.

O PISA (Programa Internacional de Avaliação de Estudante), aplicado em 2017 em 46 escolas públicas e privadas, teve como objetivo analisar a aprendizagem dos estudantes das melhores escolas do Brasil, comparando com uma referência internacional, além de mapear os pontos fortes dessas escolas avaliadas e o que pode ser aperfeiçoado. Além do Brasil, os Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Espanha e Moscou participam do programa.

Ao todo, 83 alunos do Ensino Fundamental realizaram a prova na Escola SESI Alvimar Carneiro de Rezende. O resultado foi surpreendente. Em Matemática, a escola teve uma pontuação média de 564,1 pontos, que é uma nota superior à média de Cingapura (564,0), país com o mais alto rendimento na última edição do Pisa, em 2015. No Brasil, a média é 377.  Já em Leitura, a pontuação foi de 525,2 pontos, número 29% superior à média brasileira (407,0) e também próximo a Cingapura (535,0). Em Ciências, a unidade de ensino conseguiu 514,5 pontos, que é uma nota comparável com a do Reino Unido e superior a da Polônia, Portugal EUA e Rússia.

Na Escola Alvimar Carneiro de Rezende, 32% dos estudantes possuem os níveis mais elevados de proficiência - este percentual é três vezes superior à média alcançada pelos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que concentra apenas 10,7% dos alunos nestes níveis. Comparativamente, 1% dos alunos das escolas de todo o Brasil e 35% dos alunos de Cingapura atingem essas médias.

Fonte: Sistema FIEMG



O brincar: da imaginação ao conhecimento

O mês das crianças propõe uma reflexão e um momento de olhar para a infância.

O brincar: da imaginação ao conhecimento

Inep divulga os locais de provas do Enem

Recomendação é que estudante imprima cartão de confirmação.

Inep divulga os locais de provas do Enem

Governo de Minas nomeia mais de mil novos professores

Foram nomeados os professores classificados nos concursos realizados em 2014 e 2017.

Governo de Minas nomeia mais de mil novos professores

Agradeça a um professor hoje

O mundo mudou e, consequentemente, a Educação também.

Agradeça a um professor hoje

Intercâmbio no ensino médio enriquece currículo e prepara para o mercado

Entre os países mais procurados, Canadá e Estados Unidos aparecem no topo da lista, seguido por Inglaterra, Irlanda e Austrália.

Intercâmbio no ensino médio enriquece currículo e prepara para o mercado

Aluno não é todo mundo

“Você não é todo mundo”.


A importância da educação financeira na infância

Para quem acompanha os números do mercado, não há como negar: a ausência de uma educação financeira para as gerações anteriores foi bastante maléfica.


Como as crianças pequenas aprendem inglês?

Por se tratar de um dos idiomas mais falados no mundo, a língua inglesa facilitou de forma considerável a comunicação entre as pessoas.

Como as crianças pequenas aprendem inglês?

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

As vagas deverão ser ofertadas tanto no ensino médio quanto para jovens e adultos que já estão fora da escola.

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

MEC libera 679 bolsas de pós-graduação

Todas as bolsas serão ofertadas em cursos nota 4, com tendência de melhora.

MEC libera 679 bolsas de pós-graduação

Família e escola: mãos dadas pela educação

A grande verdade é que a educação das crianças é compartilhada entre pais e escola.

Família e escola: mãos dadas pela educação

Decifra-me ou te devoro: qual o futuro da educação superior

As primeiras análises dos dados do censo da Educação Superior, indicam que o segmento agora está sustentado e direcionado para o EAD - Educação a Distância.

Decifra-me ou te devoro: qual o futuro da educação superior