Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Autonomia e independência das crianças durante o isolamento

Autonomia e independência das crianças durante o isolamento

27/05/2020 Luciana Brites

As crianças podem aproveitar o período de isolamento, provocado pela pandemia da Covid-19, para desenvolver a autonomia e a independência.

Geralmente, os pais buscam fazer as coisas pelos filhos. Porém, com a nova rotina, alguns ficam sem tempo, porque precisam trabalhar redobrado de casa.

Com isso, as crianças acabam tendo que se virar. No entanto, isso é bom para o desenvolvimento delas.

Vale ressaltar que as crianças gostam de se sentir úteis. É bom que elas ajudem nas tarefas domésticas e, assim, ocupem o tempo.

Os pais podem destinar atividades como, por exemplo, arrumar a cama, terem a responsabilidade de colocar água para o bichinho de estimação, recolher os brinquedos após brincar e auxiliar em arrumar a mesa na hora das refeições.

No fim de semana, pode-se incentivar a autonomia com os pais deixando os filhos escolherem o filme que a família vai assistir.

Outra dica é reforçar a higienização de maneira lúdica e mais leve com músicas que incentivem esse hábito.

O personagem do ratinho do Castelo-Rá-Tim-Bum usa a canção “Banho é bom” para reforçar a importância do banho e de lavar o corpo todo. Aproveite e cante com as crianças a música durante o banho ou no momento de lavar as mãos.

Sobre os estudos, muitas escolas estão disponibilizando vídeos e aulas online. Crianças, por volta de 9 anos, conseguem acompanhar sozinhas.

Nas menores, os pais podem conversar com a escola sobre conteúdos para que elas aprendam brincando ou cantando. Assim, fica um pouco mais fácil delas se manterem atentas e interessadas.

Tente também entender as dificuldades dos filhos e incentive-os a não desistir. Entenda que cada um tem seu tempo.

* Luciana Brites é CEO do Instituto NeuroSaberepi em Londrina.

Fonte: Drumond Assessoria de Comunicação



Aprendizagem digital: os dois lados da moeda

A criação de conteúdos interessantes e motivação para estudar mais.

Aprendizagem digital: os dois lados da moeda

4 tendências para se adaptar e ensinar melhor online

Especialista esclarece estratégias para melhorar a experiência de lecionar no ambiente virtual.

4 tendências para se adaptar e ensinar melhor online

Preparatório oferece cursos gratuitos para pessoas em vulnerabilidade social

Escola de preparação para concursos públicos disponibiliza mais de 19.000 cursos online.


Curso gratuito prepara estudantes de todo o país para o Enem

Uninter oferece 345 aulas gravadas e 55 aulas inéditas.

Curso gratuito prepara estudantes de todo o país para o Enem

Sisu abre inscrições para mais de 51 mil vagas em instituições do país

Segundo cronograma divulgado pelo Mec, o resultado do Sisu será divulgado no dia 14 de julho.

Sisu abre inscrições para mais de 51 mil vagas em instituições do país

Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

As aulas on-line das crianças têm requisitado uma maior participação dos familiares.

Educação no isolamento social se torna oportunidade de aprendizado para qualquer idade

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

Orientar de modo equivocado pode causar estragos na aprendizagem.

Fatos sobre a lição de casa em tempos de aula à distância

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local.

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

A vida depois da graduação

O resultado esperado é um aprofundamento de carreira dentro de uma profissão.

A vida depois da graduação

Educação, pandemia e juventude

Hoje proponho uma reflexão acerca dos rumos que estamos dando à educação no Brasil e o que, de fato, desejamos de nossa atual juventude em sua maturidade.


Ensino remoto: a nova via da educação superior

É bastante improvável que a educação tradicional e presencial retorne antes de 2021.


A herança da pandemia na educação

A esta altura da pandemia, já se sabe que ela vai deixar, além da crise econômica que todos estamos vivendo, uma herança baseada em mudanças de hábitos e no uso mais intenso da tecnologia.