Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

22/10/2021 Yan Navarro

A escolha da escola deve estar vinculada ao que o aluno anseia para seu futuro.

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

Nos últimos meses, um assunto tem aparecido com bastante frequência para as famílias com filhos em idade escolar, sobretudo aqueles que estão finalizando o ciclo de ensino no Fundamental: o Novo Ensino Médio, consequência da reforma na Educação Básica expressa na Lei 13.415 de 2017, que promoveu alterações na Lei de Diretrizes e Bases (LDB), a fim de flexibilizar o currículo e tornar, aos olhos da corrente que defende as alterações, a escola mais atrativa. O Governo Federal tem divulgado na imprensa esse tema como uma benéfica inovação que trará maior autonomia para o estudante na escolha de seu percurso nesta etapa, prometendo também um salto na qualidade da educação

Cabe, portanto, analisarmos os problemas do “antigo” Ensino Médio que motivaram o desenvolvimento desse novo modelo. O debate partiu do princípio de que o atual formato apresentava baixa qualidade e altos índices de evasão escolar e reprovação, o que demonstrava a necessidade de torná-lo mais atrativo para os estudantes. Infraestrutura inadequada das escolas, necessidade dos jovens entrarem prematuramente no mercado de trabalho para auxiliar a renda familiar, violência doméstica, gravidez na adolescência, bullying e questões relacionadas ao currículo escolar são algumas das adversidades enfrentadas pelos jovens hoje e que podem perdurar mesmo com a reforma proposta caso ela não seja implementada adequadamente. 

Dessa forma, fica-nos o questionamento se apenas as mudanças curriculares poderão tornar o colégio de fato mais atrativo aos alunos. Da maneira como está sendo estruturado esse novo modelo, creio que sim. O aumento da carga horária de 2400 horas para 3000 horas já mostra a intenção de aumentar a convivência dos estudantes com a comunidade escolar, o que também gera uma responsabilidade extra da escola, que deve ter um olhar maior de acolhimento para dar-lhes apoio e orientações. Cria-se, nessa situação, a necessidade de desenvolver projetos que avaliam toda a trajetória do estudante ao longo da vida escolar, a fim de auxiliá-los e ampará-los nesta que é uma das primeiras decisões que precisa tomar. 

O desenvolvimento dos projetos de vida parece-nos fundamental, pois será o momento de convidá-los à reflexão sobre o que se deseja e espera para o futuro. Para tanto, a instituição deverá criar espaços e tempos de diálogo com os estudantes, tornando-os protagonistas de suas escolhas, mostrando as possibilidades que podem se abrir, avaliando seus interesses e orientando-os. O desenvolvimento do projeto de vida dos alunos permitirá que eles sejam capazes de fazer escolhas responsáveis e conscientes, em diálogo com seus anseios e aptidões, mas, para isso, a escola deve também estar aberta a recebê-los, ouvi-los e guiá-los na escolha dos itinerários formativos. 

De acordo com a Lei que cria o Novo Ensino Médio, os itinerários formativos são o conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações de trabalho, que os estudantes poderão escolher no ensino médio. Os itinerários formativos podem se aprofundar nos conhecimentos de uma área do conhecimento (Matemáticas e suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas) e da educação técnica e profissional (ETP) ou mesmo nos conhecimentos de duas ou mais áreas e da ETP. As escolhas dos itinerários serão realizadas pelas redes de ensino considerando um processo que envolva a participação de toda a comunidade escolar, o que mostra a disposição de se ouvir e entender os mais envolvidos no processo. 

Dessa forma, a escolha da escola deve estar vinculada ao que o aluno anseia para seu futuro. Avalie os itinerários oferecidos e qual o real valor que a escola dará ao desenvolvimento dos projetos de vida. As famílias devem conversar com os gestores para entender os processos desse novo modelo que foi formatado para abrir o diálogo com a comunidade escolar e mantê-lo assim ao longo de toda a trajetória do estudante. A reforma do Ensino Médio é uma oportunidade de melhorar essa etapa da educação básica que não pode ser desperdiçada, pois já passou da hora de oferecer oportunidades que podem de fato levar a transformações na vida profissional dos nossos jovens e impactar positivamente a sociedade de uma forma geral.

* Diretor da rede de Escolas Luminova, Yan Navarro é doutor em Didáticas específicas pela Universidade de Valência, na Espanha, e doutor em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Para mais informações sobre Ensino Médio clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!​

Fonte: Markable Comunicação



A educação é o caminho da liberdade

O atendimento socioeducativo ao adolescente em conflito com a lei é um desafio e necessita de um olhar resiliente e reflexivo, visto que é considerado um momento oportuno de mudanças.


Não são apenas números

Vinte e duas redações receberam nota mil, 95.788, nota zero, e a média geral de 634,16.


Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

As inscrições começam no dia 10 de maio e se encerram no dia 21.

Enem divulga datas das provas para os estudantes em 2022

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Conspiração Mineira pelo Plantio de Árvores é apresentada pela ACMinas.

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Essa é a primeira competição nacional a incluir estudantes tão novos.

Olimpíada Mirim de Matemática abrange alunos do 2º ao 5º do fundamental

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Correções detalhadas podem ser conferidas na internet.

Enem 2021: 22 estudantes tiraram nota máxima na redação

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

Evento será transmitido pela SEDA College, no dia 12 de abril.

Webinar gratuito apresenta oportunidades de estudo e trabalho na Irlanda

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Primeira turma do curso de aperfeiçoamento tecnológico será em julho.

MEC lança projeto para aproveitamento de estudos de cursos técnicos

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Além da formação profissional gratuita, o Governo de Minas fornece ajuda de custo para transporte e alimentação dos alunos do programa, que chega a sua segunda edição.

Inscrições para cursos técnicos gratuitos pelo Trilhas de Futuro vão de 7 a 25 de abril

Governo de Minas oferece curso gratuito de programação e tecnologia

TecPop Minas, programa da Sede-MG que amplia as políticas de inclusão digital e capacitação profissional, se une a startup para formação de desenvolvedores.


CBCA abre inscrições de concursos para estudantes de engenharia e arquitetura

Vencedores de ambas as áreas dividirão prêmio de R$ 10 mil entre equipe participante e professor orientador.


A pandemia revelou o futuro da educação

No princípio da pandemia, era o caos.

A pandemia revelou o futuro da educação