Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

22/10/2021 Yan Navarro

A escolha da escola deve estar vinculada ao que o aluno anseia para seu futuro.

Correções no ‘antigo’ Ensino Médio proporcionam um novo futuro para os jovens

Nos últimos meses, um assunto tem aparecido com bastante frequência para as famílias com filhos em idade escolar, sobretudo aqueles que estão finalizando o ciclo de ensino no Fundamental: o Novo Ensino Médio, consequência da reforma na Educação Básica expressa na Lei 13.415 de 2017, que promoveu alterações na Lei de Diretrizes e Bases (LDB), a fim de flexibilizar o currículo e tornar, aos olhos da corrente que defende as alterações, a escola mais atrativa. O Governo Federal tem divulgado na imprensa esse tema como uma benéfica inovação que trará maior autonomia para o estudante na escolha de seu percurso nesta etapa, prometendo também um salto na qualidade da educação

Cabe, portanto, analisarmos os problemas do “antigo” Ensino Médio que motivaram o desenvolvimento desse novo modelo. O debate partiu do princípio de que o atual formato apresentava baixa qualidade e altos índices de evasão escolar e reprovação, o que demonstrava a necessidade de torná-lo mais atrativo para os estudantes. Infraestrutura inadequada das escolas, necessidade dos jovens entrarem prematuramente no mercado de trabalho para auxiliar a renda familiar, violência doméstica, gravidez na adolescência, bullying e questões relacionadas ao currículo escolar são algumas das adversidades enfrentadas pelos jovens hoje e que podem perdurar mesmo com a reforma proposta caso ela não seja implementada adequadamente. 

Dessa forma, fica-nos o questionamento se apenas as mudanças curriculares poderão tornar o colégio de fato mais atrativo aos alunos. Da maneira como está sendo estruturado esse novo modelo, creio que sim. O aumento da carga horária de 2400 horas para 3000 horas já mostra a intenção de aumentar a convivência dos estudantes com a comunidade escolar, o que também gera uma responsabilidade extra da escola, que deve ter um olhar maior de acolhimento para dar-lhes apoio e orientações. Cria-se, nessa situação, a necessidade de desenvolver projetos que avaliam toda a trajetória do estudante ao longo da vida escolar, a fim de auxiliá-los e ampará-los nesta que é uma das primeiras decisões que precisa tomar. 

O desenvolvimento dos projetos de vida parece-nos fundamental, pois será o momento de convidá-los à reflexão sobre o que se deseja e espera para o futuro. Para tanto, a instituição deverá criar espaços e tempos de diálogo com os estudantes, tornando-os protagonistas de suas escolhas, mostrando as possibilidades que podem se abrir, avaliando seus interesses e orientando-os. O desenvolvimento do projeto de vida dos alunos permitirá que eles sejam capazes de fazer escolhas responsáveis e conscientes, em diálogo com seus anseios e aptidões, mas, para isso, a escola deve também estar aberta a recebê-los, ouvi-los e guiá-los na escolha dos itinerários formativos. 

De acordo com a Lei que cria o Novo Ensino Médio, os itinerários formativos são o conjunto de disciplinas, projetos, oficinas, núcleos de estudo, entre outras situações de trabalho, que os estudantes poderão escolher no ensino médio. Os itinerários formativos podem se aprofundar nos conhecimentos de uma área do conhecimento (Matemáticas e suas Tecnologias, Linguagens e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e Sociais Aplicadas) e da educação técnica e profissional (ETP) ou mesmo nos conhecimentos de duas ou mais áreas e da ETP. As escolhas dos itinerários serão realizadas pelas redes de ensino considerando um processo que envolva a participação de toda a comunidade escolar, o que mostra a disposição de se ouvir e entender os mais envolvidos no processo. 

Dessa forma, a escolha da escola deve estar vinculada ao que o aluno anseia para seu futuro. Avalie os itinerários oferecidos e qual o real valor que a escola dará ao desenvolvimento dos projetos de vida. As famílias devem conversar com os gestores para entender os processos desse novo modelo que foi formatado para abrir o diálogo com a comunidade escolar e mantê-lo assim ao longo de toda a trajetória do estudante. A reforma do Ensino Médio é uma oportunidade de melhorar essa etapa da educação básica que não pode ser desperdiçada, pois já passou da hora de oferecer oportunidades que podem de fato levar a transformações na vida profissional dos nossos jovens e impactar positivamente a sociedade de uma forma geral.

* Diretor da rede de Escolas Luminova, Yan Navarro é doutor em Didáticas específicas pela Universidade de Valência, na Espanha, e doutor em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Para mais informações sobre Ensino Médio clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!​

Fonte: Markable Comunicação



Vlibras amplia em mais de 30% o número de sinais em 2 anos

Sistema de tradução do português para Libras conta com 21 mil sinais.

Vlibras amplia em mais de 30% o número de sinais em 2 anos

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem 2021

Exame teve mais de 3,1 milhões de inscritos.

Inep divulga gabaritos oficiais do Enem 2021

Matrícula e mensalidade escolar: hora de buscar bons descontos

O planejamento na hora de definir sobre a matrícula em uma escola deve levar em conta diversos pontos, que vão além das questões geográficas e financeiras.

Matrícula e mensalidade escolar: hora de buscar bons descontos

Empreendedorismo na escola: aprendizagem por meio de erros

Novos modelos de negócios são criados a todo momento e a demanda on-line cresce aceleradamente.

Empreendedorismo na escola: aprendizagem por meio de erros

Aluna se inspira nos próprios aparelhos auditivos para escrever livro sobre inclusão

Estudante que convive com uma condição auditiva e neurológica atípica reflete acerca da aceitação e da discriminação no livro que produziu em programa literário realizado pela escola.

Aluna se inspira nos próprios aparelhos auditivos para escrever livro sobre inclusão

Faop será expandida para Guaxupé, no Sul de Minas

Presença da fundação estadual no município vai garantir formação qualificada em cursos de restauro.


A importância da educação em momentos de crise

A educação, que não teve tanto foco como as outras pastas, também foi diretamente impactada por essa crise.

A importância da educação em momentos de crise

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Metaverso trata-se de envolver-se em espaços virtuais compartilhados, manifestados como ambientes 3D ou de realidade virtual imersiva.

Metaverso: a nova fronteira do ensino

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Nas escolas, são frequentes os relatos dos professores sobre os olhares dos estudantes “se perdem”, diante das explicações.

Desatenção na sala de aula: uma solução para este problema constante

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Programa busca desenvolver soluções inovadoras para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Samsung anuncia vencedores da 8ª edição do Solve For Tomorrow

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

Estudo foi encomendado por instituições privadas de educação superior.

Aumenta interesse de estudantes por ensino superior, diz pesquisa

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens

Jogos tradicionais e brincadeiras infantis são uma parte fundamental da cultura de um povo.

“Round 6” e a saúde emocional de nossos jovens