Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Enem bate recorde de participação

Enem bate recorde de participação

18/09/2006 Da Redação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2006 registrou a maior participação de estudantes em números absolutos desde a implantação, em 1998, e o menor índice de abstenções desde a edição de 2000. 

Compareceram à nona edição do exame 2.803.328 estudantes - 74,89% dos 3.731.925 inscritos. No ano passado, foram 2,2 milhões de participantes. A prova foi aplicada em mais de 800 municípios

O balanço inicial de presença registrado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC) aponta que os estados com maior comparecimento foram Amapá (85,58%) e Acre (85,50%). A ausência mais significativa ocorreu em Roraima. Lá, 35,43% deixaram de comparecer ao exame. Das 27 unidades da Federação, 22 registraram índices de falta menores em relação ao ano passado. Outras 17 tiveram o menor percentual de ausentes das últimas cinco edições.

Os participantes desta edição do Enem receberão o boletim individual de resultados no período de 6 a 17 de novembro próximo, no endereço indicado na ficha de inscrição. A consulta ao boletim pela internet também estará disponível a partir de novembro na página eletrônica do Inep - http://www.inep.gov.br . O boletim traz notas da parte objetiva da prova e da redação.

Nos dois casos, o participante recebe uma nota global e outra para cada uma das cinco competências avaliadas, sempre de zero a cem, além de receber uma comparação entre o seu desempenho e a média nacional.

O Inep elaborou um quadro de apuração-http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/enem2006.pdf dos faltosos em cada estado brasileiro, com a evolução dos índices desde 2002.

Mais informações: imprensa@inep.gov.br  e pelos telefones (61) 2104-8037, 2104-8023, 2104-9563 e 9288-3893. (Assessoria de Imprensa do Inep)

Fonte: Assessoria de Imprensa do Inep



Agradeça a um professor hoje

O mundo mudou e, consequentemente, a Educação também.

Agradeça a um professor hoje

Intercâmbio no ensino médio enriquece currículo e prepara para o mercado

Entre os países mais procurados, Canadá e Estados Unidos aparecem no topo da lista, seguido por Inglaterra, Irlanda e Austrália.

Intercâmbio no ensino médio enriquece currículo e prepara para o mercado

Aluno não é todo mundo

“Você não é todo mundo”.


A importância da educação financeira na infância

Para quem acompanha os números do mercado, não há como negar: a ausência de uma educação financeira para as gerações anteriores foi bastante maléfica.


Como as crianças pequenas aprendem inglês?

Por se tratar de um dos idiomas mais falados no mundo, a língua inglesa facilitou de forma considerável a comunicação entre as pessoas.

Como as crianças pequenas aprendem inglês?

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

As vagas deverão ser ofertadas tanto no ensino médio quanto para jovens e adultos que já estão fora da escola.

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

MEC libera 679 bolsas de pós-graduação

Todas as bolsas serão ofertadas em cursos nota 4, com tendência de melhora.

MEC libera 679 bolsas de pós-graduação

Família e escola: mãos dadas pela educação

A grande verdade é que a educação das crianças é compartilhada entre pais e escola.

Família e escola: mãos dadas pela educação

Decifra-me ou te devoro: qual o futuro da educação superior

As primeiras análises dos dados do censo da Educação Superior, indicam que o segmento agora está sustentado e direcionado para o EAD - Educação a Distância.

Decifra-me ou te devoro: qual o futuro da educação superior

Cerca de 6% dos cursos avaliados no Enade 2018 tiraram nota máxima

A maior parte dos cursos é ofertada por instituições públicas federais.

Cerca de 6% dos cursos avaliados no Enade 2018 tiraram nota máxima

10 tópicos para entender e se preparar para o Novo Ensino Médio

Novo modelo passa a vigorar em 2021 em todas as escolas brasileiras.

10 tópicos para entender e se preparar para o Novo Ensino Médio

MEC anuncia desbloqueio de R$ 2 bilhões

Ministério da Educação vai destinar maior parte de verba desbloqueada para universidades.

MEC anuncia desbloqueio de R$ 2 bilhões