Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Jogos digitais fazem alunos gostarem de matemática

Jogos digitais fazem alunos gostarem de matemática

09/01/2019 Divulgação

Pesquisa mostra que 83% dos alunos passaram a “amar” matemática a partir destas plataformas.

Jogos digitais fazem alunos gostarem de matemática

Ensinar matemática pode ser um grande desafio, uma vez que a grande maioria dos alunos tem certa resistência com a matéria. Mas o resultado de uma pesquisa da Matific, empresa que atua com jogos matemáticos em cerca de 250 colégios públicos e privados no Brasil, realizada com aproximadamente 60 mil estudantes e 2 mil professores, mostra que é possível driblar este preconceito por meio de jogos educacionais voltados para o aprendizado.

Prova disso é que 83% dos alunos disseram que passaram a “amar matemática” depois de começar a jogar na plataforma da Matific. Fato comprovado pelas respostas de 99,5% dos professores, que disseram que há alunos em classe que agora “amam matemática” graças à ferramenta.

Outro dado relevante da pesquisa foi que 91% dos alunos disseram que aprenderam mais matemática ao jogar Matific e 87% dos professores disseram que depois de apenas uma semana de Matific a turma já está menos preocupada com a matéria.

Para a psicopedagoga Ana Paula Carmagnani, consultora da Matific Brasil, é preciso mudar a maneira de ensinar matemática. “O mundo evoluiu, ensinar matemática de forma rígida, baseado em decorar e memorizar, além de não funcionar, assusta. Os alunos precisam entender de forma prática como a matemática afeta a nossa vida no dia a dia e nada melhor do que jogos educacionais para demonstrar isso”, comenta.



Startup de educação realiza curso que incentiva independência nos estudos

A Semana do Filho Estudioso, organizada pela Piva Educacional, ocorre entre os dias 17 e 24 de janeiro com transmissão simultânea para o Brasil e exterior.


Aluna dos meus alunos

Tempo, partilha, generosidade.

Aluna dos meus alunos

Um debate sobre a valorização dos educadores

Quando falamos da importância da valorização dos profissionais da educação, diversos fatores devem ser considerados.

Um debate sobre a valorização dos educadores

Curso gratuito de programação vai capacitar 50 mil mulheres

Iniciativa criada pela escola de programação Kenzie Academy e a startup DUPLA quer reduzir a desigualdade de gênero na área de tecnologia.


4 pilares do processo de aprendizagem para 2022

Especialista aponta os principais pontos para promover ambientes dinâmicos e que estimulem o acesso ao conhecimento.

4 pilares do processo de aprendizagem para 2022

Diploma Digital deve ser adotado por todas instituições de ensino superior do Brasil

Medida trará mais eficiência, segurança e proporcionará redução de custos às instituições.

Diploma Digital deve ser adotado por todas instituições de ensino superior do Brasil

Seu filho já sabe programar? Se não, comece a prepará-lo para o futuro

Acesso ao aprendizado da linguagem de programação amplia a criatividade, pensamento crítico e matemático, além da capacidade de resolução de problemas.

Seu filho já sabe programar? Se não, comece a prepará-lo para o futuro

2021, o ano que (enfim) terminou

Faz praticamente dois anos que vivemos quase o dia da marmota, como no filme O Feitiço do Tempo.

2021, o ano que (enfim) terminou

UFMG tem 76 vagas de graduação para refugiados e apátridas

Para se candidatar é necessário ter feito o Enem entre 2017 e 2021.

UFMG tem 76 vagas de graduação para refugiados e apátridas

Área do meio ambiente oferece oportunidades crescentes em Ciências da Natureza

Área é impulsionada pela estruturação da legislação ambiental brasileira e crise mundial climática.

Área do meio ambiente oferece oportunidades crescentes em Ciências da Natureza

A semente da educação qualificada que garante a colheita de um futuro promissor

Dislexia e alfabetização

Em muitos casos de dislexia a suspeita inicia na fase da alfabetização.

Dislexia e alfabetização